ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

domingo, 21 de março de 2010

ATÉ O FINAL DE MARÇO PREFEITURA DE SÃO PAULO ACEITARÁ ALVARÁS APENAS PELA INTERNET

Secretário, Rodrigo Garcia (quarto da esq. para a dir); presidente do CRC SP, Domingos Orestes Chiomento (quinto da esq. para a dir.) ladeados pelos integrantes do Conselho Diretor do CRC SP, Jairo Pinto, Luiz Fernando Nóbrega, Gildo Freire de Araujo, Claudio Avelino Mac-Knight Filippi, Joaquim Carlos Monteiro de Carvalho

Anúncio aconteceu nesta segunda-feira, 15 de março, pelo secretário de Modernização, Gestão e Desburocratização da Prefeitura de São Paulo, Rodrigo Garcia, que esteve na sede do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo.
O secretário de Modernização, Gestão e Desburocratização da Prefeitura de São Paulo, Rodrigo Garcia, em visita ao CRC SP, declarou que todos os alvarás de funcionamento de baixo risco, NR1 e NR2, para imóveis de até 1.500 metros quadrados, necessariamente deverão ser feitos pela internet até o fim do mês de março, quando o prefeito, Gilberto Kassab, assinará o decreto. Contudo, a medida já está em funcionamento na cidade há mais de sete meses. “O serviço eletrônico é mais rápido e eficaz, por isso a criação dessa medida, que visa induzir os proprietários de imóveis a utilizarem o meio eletrônico para obter resultados mais imediatos”, explicou o secretário.

Segundo Garcia, anualmente, são recebidos de 35 a 40 mil pedidos de alvarás na cidade de São Paulo, sendo que destes apenas 10% são atendidos, ou seja, cerca de cinco mil. Com o sistema on-line, o objetivo é desburocratizar e atender o maior número possível de pedidos.

O presidente do CRC SP, Domingos Orestes Chiomento, disse que essa medida é muito bem-vinda para a Classe Contábil, já que na maioria dos casos os Contabilistas são responsabilizados pelos atrasos nos pedidos de alvarás.

O secretário participou do plenário da Casa, onde estavam presentes diretores e conselheiros do CRC SP e, na oportunidade, conheceu também o Centro de Memória da Contabilidade Paulista e parte das novas instalações do Conselho.