Nossos Vídeos

domingo, 3 de novembro de 2019

Má postura pode desencadear gordura localizada e celulite

Desvio de coluna diminui a circulação de sangue no organismo

Uma das consequências mais comuns da postura incorreta é a dor nas costas. No entanto, o desalinhamento do corpo pode ter relação direta com o aparecimento de gordura localizada e celulite.

“Quando há desvios de coluna, o espaço entre as vértebras é comprimido, dificultando a circulação sanguínea e dos vasos linfáticos. Com problemas na circulação, o corpo acumula gordura e líquidos, resultando no aparecimento de celulites e gorduras localizada”, comenta Ingrid Peres, gerente cientifica e fisioterapeuta dermato-funcional da ONODERA Estética.

Para ter um melhor equilíbrio e harmonia corporal, a especialista indica a prática de atividades físicas regulares, como Yoga e Pilates, além de avaliação periódica com especialistas. “No caso das pessoas que já possuem gordura localizada e celulite e gostariam de diminuir esses incômodos, uma boa opção é apostar nos tratamentos estéticos, como a Criolipólise Plus, que diminui a gordura em até 45% e o Shock Wave, técnica que ameniza a celulite até o grau III”, finaliza Ingrid.

Sobre a Onodera Estética
Com mais de 38 anos de tradição em sua área de atuação e uma completa equipe multidisciplinar, a ONODERA Estética oferece serviços e tratamentos estéticos exclusivos voltados para a beleza, entre eles, serviços de tratamento corporal, facial e medicina estética. Atualmente, são mais de 1200 colaboradores dedicados ao bom atendimento de seus clientes, além das cerca de 50 unidades localizadas em 10 regiões do país.

www.onodera.com.br

sábado, 2 de novembro de 2019

Halloween - Baile da Bruxa reúne celebridades

Aconteceu na última quinta feira, 31/10, o Baile da Bruxa, realizado pelas revistas Quem e Marie Claire. A festa foi uma grande celebração à liberdade e ao poder feminino e reuniu, no hotel Four Seasons São Paulo, um time de celebridades que arrasou nas produções mais glamurosas. A grande maioria dos convidados optou para looks na pegada dark e mística do mundo das bruxas, entrando no universo da festa.

Isabelli Fontana arrasou no maior estilo místico com um vestido exclusivo desenhado especialmente para a festa em parceria com a Colcci, Aline Wirley optou por um modelo mais sóbrio, mas com caimento impecável da Tufi Duek, já a modelo Bárbara Berger usou uma peça tomara que caia Vitor Zerbinato branco. Sophia Abrahão usou dois looks durante a noite, o primeiro foi um modelo fechado com decote profundo Vitor Zerbinato e o segundo, um modelo mais tradicional preto Tufi Duek. Não foram apenas as mulheres que se produziram para o baile, Daniel Grah usou um look clássico de terno completo, com colete, ambos pretos e desenhados pela Aramis.

Claro que em uma produção de gala não podiam ficar de fora as jóias e bijuterias statement, Bárbara Tavares e Giuliana Campos completaram suas produções com peças do atelier Swarovski, Bárbara ainda optou por um vestido vermelho glamuroso Vitor Zerbinato. Já Adriana Ferreira, Maria Laura Neves, de vestido extravagante Vitor Zerbinato, e a cantora Glória Groove escolheram peças da Camila Klein, enquanto Fernanda Moura fez um mix de peças das duas marcas, com anéis Camila Klein e brincos Swarovski, criando um look maravilhoso junto a um vestido branco rendado do Vitor Zerbinato.











DOENÇAS SEXUAIS TRANSMISSÍVEIS E FATAIS


Algumas dessas doenças silenciosas podem apresentar sintomas apenas em um estágio mais avançado da infecção, o que dificulta o tratamento e traz maior sofrimento

Muitas vezes silenciosas, as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) podem ficar meses e até anos sem apresentarem sinais e sintomas. Se não forem diagnosticadas e tratadas, podem levar a graves complicações para a saúde das pessoas, como infertilidade, câncer, ou até mesmo a morte. As camisinhas masculina e feminina ainda são o meio mais simples e prático de se proteger do HIV, gonorreia e da sífilis, por exemplo. Até porque, basta uma relação desprotegida para que a pessoa seja infectada

Algumas dessas doenças silenciosas podem apresentar sintomas apenas em um estágio mais avançado da infecção, o que dificulta o tratamento e traz maior sofrimento para a pessoa acometida pela doença. Um exemplo de infecção silenciosa é a clamídia. Cerca de 90% das mulheres e 74% dos homens que têm a doença não sentem nada, nenhum sintoma, logo, não sabem que estão infectados. Sem saberem, a chance de transmissão do vírus para os parceiros com sexo sem proteção é muito maior. É dessa forma que o risco de transmissão dessas doenças aumenta significativamente

Conheça algumas Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), que mostram como vale a pena optar por uma relação sexual protegida:








sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Aonde tratar a tuberculose?



#tuberculose #doencarespiratoria #doençainfectocontagiosa

As pessoas que vivem com o HIV têm 25 vezes mais chances de desenvolver tuberculose - doença infectocontagiosa que afeta os pulmões - do que uma pessoa que não tem o vírus. Isso acontece por causa da fragilidade do sistema imunológico, que é responsável por defender o organismo contra diversas doenças. Atualmente, o Brasil conseguiu reduzir o número de casos entre tuberculose e HIV. É o que afirma Patricia Bartholomay, coordenadora substituta do Programa Nacional de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde.

“Menos casos de HIV acontecendo, a gente tem menos caso de pessoas adoecendo por tuberculose que causou a redução. E além disso, há outras campanhas que acontece para o HIV, principalmente a campanha teste trate. Então as pessoas que tem o diagnóstico do HIV elas começam a tratar rapidamente para doença, tem a recomendação de já começar a tratar, e isso faz com que elas fiquem menos vulneráveis a desenvolver doenças oportunistas, uma delas no caso da tuberculose”

Nosso país está conseguindo diminuir as infecções pelo vírus do HIV e da tuberculose por causa da ampliação do diagnóstico e do tratamento gratuito que estão disponíveis no SUS, como explica Patricia Bartholomay.

“O tratamento para tuberculose ele é oferecido somente pelo serviço público, só no Sistema Único de Saúde que a gente consegue tratar tuberculose. Quando a pessoa é diagnosticada em um caso da doença, a pessoa recebe a medicação gratuitamente pelo SUS. Ao todo são seis meses de tratamento e é muito importante que a pessoa não abandone o tratamento no meio desse período porque no início do tratamento as pessoas não têm mais os sinais e sintomas e acha que estão melhores da doença, mas precisa continuar para ela eliminar realmente a tuberculose, para que a gente consiga curar aquela doença a gente tem que tratar o final”.

As pessoas devem ficar atentas aos principais sintomas da tuberculose, que são tosse com ou sem catarro, por mais de três semanas; febre baixa no final do dia; muito suor durante a noite e emagrecimento inexplicável. Qualquer pessoa com esses sintomas deve procurar uma unidade de saúde para fazer o diagnóstico.




terça-feira, 29 de outubro de 2019

Qual o segredo para um relacionamento de amizade e respeito entre pais e filhos?

Espaço Buticabeira


Na era digital, cada vez mais pais vem estudando formas para se relacionar melhor com os filhos


Numa realidade tão conectada como a de hoje em dia, a correria do trabalho e a rotina talvez sejam as maiores dificuldades em passar mais tempo de qualidade com a família. Por isso, os pais vêm buscando recursos que os ajudem a educar, entender e a melhorar a convivência em família.

“O relacionamento entre pais e filhos tem grande impacto na família, os pais não precisam ser “perfeitos” – então um vínculo saudável é tudo que necessitam” diz Renata Lima, que é formada em Antropologia pela PUC e em Administração de Empresas pela FGV.

Ela acredita que nutrir o relacionamento é muito importante pois quando os filhos estiverem com um problema ou chateados, automaticamente pensarão em ter uma conversa com os pais. E lembra “Se isso te faz pensar na última vez em que levantou a voz ou foi para a cama sem perguntar ao seu filho como foi o dia dele, não tenha medo – o relacionamento não tem a ver com perfeição”.

Ela dá 5 dicas iniciais para ajudar o relacionamento:
Em vez de culpar ou mandar, descreva o que você vê ou sente.
Em vez de acusar ou insultar, dê informação.
Não se apresse em dar respostas: deixe seu filho refletir um pouco.
Em vez de falar muito ou "dar sermão", fale com poucas palavras.
Não faça muitas perguntas.

Renata além de antropóloga e administradora também é mãe de dois filhos e oferece workshops sob a temática do livro “Como falar para seu filho ouvir e como ouvir para seu filho falar” das autoras americanas Adele Faber e Elaine Mazlish. Ela conta que aprender dicas práticas mudaram a dinâmica na casa dela “Em vez de um campo de batalhas, de conseguir as coisas "no grito", passamos a ter menos embates, mais conversas, mais combinados feitos e, principalmente, cumpridos”. E é isso que ela busca passar em seus workshops.

Renata Lima
O primeiro workshop abordou o tema "Como lidar com sentimentos negativos com empatia e limites" no Espaço Buticabeira. "No primeiro dia começamos a aprender uma nova forma de se comunicar e um novo jeito de reagir a esses conflitos diários que temos com nossos filhos. É bom para nós e para nossos filhos. A parceria com o Buticabeira é muito feliz por duas razões; a primeira porque o espaço é lindo e super agradável, e a segunda porque eles acreditam no poder da educação e nessa troca entre os pais que é tão rica. Te espero lá!" convida Renata.

Os próximos workshops também acontecerão no Espaço Buticabeira, maior buffet infantil à céu aberto de São Paulo, até 04 de dezembro. Confira as datas e temas das próximas sessões:

21/08 – Como lidar com sentimentos negativos, com empatia e limites.

11/09 – Como incentivar a cooperação, substituindo ameaças e ordens.

09/10 – Como resolver conflitos com formas alternativas ao castigo.

30/10 – Como estimular a autonomia, desenvolvendo a independência.

13/11 – Como construir uma autoestima positiva e realista.

04/12 – Como liberar os filhos dos “rótulos” e estereótipos.

Veja também o depoimentos de pais que já participaram dos workshops:

“O workshop é um espaço em que entramos em contato com novas perspectivas de como lidar com nossos filhos. Não existe uma resposta certa, mas as dicas são preciosas e, em pouco tempo, conseguimos criar um canal um pouco mais efetivo com eles”.

Administradora, mãe de 2 filhos

“São muitas dicas práticas, e uma outra forma de pensar, que realmente funcionam, e te fazem mudar por dentro. Ter um grupo para poder rever e discutir situações ajuda muito. Como pai pensei que meu timing de aprender tudo isso estava bom, pois tenho filhos pequenos, mas hoje penso que seria tão bom ter aprendido isso antes de casar... funciona para qualquer relação, seja de amigos, namorada ou filhos”.

Professor de dança, pai de 2 filhos

“Com uma base teórica sólida, aproveitando técnicas de comunicação não violenta, empatia, neurolinguística e teoria da mente, o curso funciona. Os resultados podem não ser imediatos, o que valida mais ainda o processo: para ser duradouro, deve ser gradual.

No começo, depois de ter reagido com as crianças, é que nos lembramos que poderíamos ter falado diferente. Aos poucos, as opções vêm à mente antes das ações, até serem incorporadas”.

Médica, mãe de 2 filhos

Os workshops levantarão discussões sobre as falas automáticas que aprendemos com os nossos pais, os impactos causados nos filhos dessa nova geração e trará propostas para fazermos diferente. Assim como atividades individuais, em dupla e em grupo serão propostas para que as situações sejam vivenciadas.

Sobre o Buticabeira

Na década de quarenta, um homem que, mais tarde, teria uma netinha chamada Vera, plantou um pé de jabuticabeira no quintal de casa. Após décadas, durante uma conversa, Vera e sua amiga Fernanda perceberam a necessidade de um local charmoso e intimista para realizar a festa de seus filhos. Foi aí que nasceu o espaço Buticabeira, hoje considerado o maior buffet infantil a céu aberto de São Paulo.

Bem diferente dos buffets convencionais, fliperama e eletrônicos saem de cena e dão lugar a circuito de arvorismo com tirolesa de carrinho, ponte de corda, escadinha suspensa, teia de aranha e uma parede de escalada com seis metros de altura, tudo isso dividindo espaço com árvores frondosas e frutíferas. O mais legal é que todas as atividades atendem crianças e adultos. Além de festas infantis, o quintal com cobertura retrátil recebe eventos sociais e corporativos, com ambiente familiar e toque de elegância.

Workshop – Como falar para seu filho ouvir e como ouvir para seu filho falar

Datas: 21/08, 11/09, 09/10, 30/10, 13/11, 04/12

Horário: Quartas-feiras das 8h00 às 10h00

Local: Espaço Buticabeira

Endereço: Rua Francisco Leitão, 383 – Pinheiros - São Paulo (SP)

Inscrições e confirmação de presença: (11) 99990-6004 por ligação ou WhatsApp



quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Mulheres que fizerem os exames de mamografia receberão antúrios rosas no Hospital de Amor


As flores serão distribuídas amanhã, sexta-feira, 25 de outubro, a partir das 10h, para cerca de 300 pacientes. A ação faz parte do Outubro Rosa, campanha voltada para a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e foi idealizada pelo grupo de produtores de antúrios da Cooperativa Veiling Holambra.

Como forma de homenagear e agradecer às mulheres que cuidam da saúde e realizam preventivamente os exames de diagnóstico do câncer de mama, o grupo de produtores de antúrios da Cooperativa Veiling Holambra distribuirá cerca de 300 vasos dessas flores, em tons variados de cor-de-rosa, no Hospital de Amor, em Campinas, amanhã, sexta-feira (25 de outubro), a partir das 10h.

A ação faz parte do Outubro Rosa, campanha voltada para a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Além da distribuição, a recepção do Hospital será decorada também com grandes vasos de antúrios cor-de-rosa e mesclados.

Homenagear com flores é sempre um gesto de carinho. A proposta da Cooperativa Veiling Holambra foi escolher uma flor que tem a forma de coração – o antúrio – para demonstrar todo o carinho e homenagear as mulheres que amam a vida e se preocupam com a saúde, realizando exames preventivos, como os que podem identificar precocemente o câncer de mama, aumentando as possibilidades de tratamento e as chances de cura.

Outubro Rosa

A unidade fixa do Hospital de Amor de Campinas programou atividades diferentes para cada dia de outubro, incluindo desde intervenções culturais até oficinas de maquiagem. Uma das duas unidades móveis está percorrendo vários pontos da cidade durante o mês, intensificando a proposta de conscientização. Ao longo das quatro semanas do mês, a carreta se instalou na Sanasa, no Instituto Padre Haroldo, na Avenida das Amoreiras (ao lado da unidade fixa) e na Assembleia de Deus (nesta semana).

Desde o primeiro dia de outubro, as duas unidades móveis do Hospital de Amor têm atendido, em média, 104 mulheres por dia, o que representa um aumento de 73% em relação aos atendimentos em outras datas. De acordo com a enfermeira responsável pela campanha Outubro Rosa do Hospital do Amor, Thayla Cobacho, o ideal seria que a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama acontecesse todos os meses, mas a campanha é útil para lembrar a mulher sobre os exames.

Thayla lembra a importância do autoexame, mas ressalta que apenas o toque não é suficiente para detectar nódulos, por exemplo. “A forma de diagnóstico capaz de atestar sobre a existência ou não do câncer é a mamografia, que deve ser feita anualmente por todas as mulheres, entre os 40 e os 69 anos de idade”.

Sobre o Hospital de Amor de Campinas

A unidade do Hospital de Amor em Campinas foi inaugurada em 18 de julho de 2017 e funciona na Avenida das Amoreiras, 860, próximo ao Hospital Municipal Mário Gatti. Além dessa unidade, conta com dois postos móveis, que atendem, geralmente, no Centro Esportivo Tancredo de Almeida Neves (Tancredão) e no Taquaral.

O atendimento é voltado às mulheres da cidade para a realização da mamografia e do papanicolau (recomendado para idades entre 25 e 64 anos), ambos feitos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). São atendidas cerca de 160 mulheres por dia na unidade fixa e 60 nas unidades móveis.

Assim que o laudo é liberado, o Hospital telefona para a paciente, se necessário, para agendar os exames complementares. No caso dos exames negativos para o câncer, é feito acompanhamento e são sugeridas novas consultas a cada seis meses. Para os resultados positivos, as pacientes são encaminhadas para os hospitais Mário Gatti e Celso Pierro (Hospital da PUC) para o tratamento.




terça-feira, 22 de outubro de 2019

Smile de Charles Chaplin virou exposição por Mi Castelani

Exposição Sorria - por Mi Castelani no Shopping Frei Caneca


Obras estão no Shopping Frei Caneca até novembro


Até o dia 17 de novembro, 19 obras da artista plástica Mi Castelani estão em exposição no Piso 1 do Shopping Frei Caneca. Inspirada na canção Smile criada para o filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin, a artista traduziu em cores vibrantes e esculturas de papel machê, os sentimentos e desejos por um mundo mais iluminado.

Além de Smile, que fala do poder e da importância do sorriso mesmo em situações adversas, a magia circense não poderia ficar de fora do olhar de Castelani. Palhaço, bailarina e malabares vão despertar sorrisos do público que for conferir a Exposição Sorria, que é gratuita e para todas as idades.

Sobre Mi Castelani

Artista Plástica e educadora, Mi Castelani é formada em Pedagogia com especialização em Orientação Educacional e Magistério nas áreas de História, Sociologia e Psicologia da Educação. Participou de diversas exposições coletivas e individuais, nacionais e internacionais, com premiações em muitas delas. Suas obras ocupam espaços públicos brasileiros e estão em coleções particulares em vários países.

Exposição Sorria – Mi Castelani
Quando: Até 17 de novembro
Onde: Piso 1 – Shopping Frei Caneca
Livre
Exposição Gratuita





segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Empresa escolhida pela Prefeitura de SP fraudou reuniões do Plano Diretor do Parque Ibirapuera

Ver. Gilberto Natalini
Vereador Natalini defende anulação do processo e da concessão


Em parecer à 6ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo encaminhado nesta sexta-feira (11 de outubro), o Vereador Gilberto Natalini (PV-SP) manifestou-se contra o processo de “audiências”, “oficinas” e “encontros” promovido pela Prefeitura de São Paulo (PMSP) para elaborar o Plano Diretor (PD) do Parque Ibirapuera, cujo objetivo deveria ter sido reunir os elementos que norteariam a conduta da Construcap, empresa selecionada pela administração municipal para gerenciar o Ibirapuera e mais cinco parques da Cidade por um período de 35 anos.


Natalini denunciou que as reuniões foram fraudadas pela Construcap, cujos funcionários somaram 62,58% dos presentes que se disseram “usuários” do Parque. Ao todo, 83 pessoas vinculadas ou ligadas à concessionária participaram das atividades de “participação popular” como se fossem frequentadoras da área verde e de lazer. Todo o processo ficou maculado. Como exemplos de participações indevidas estão a do executivo Samuel Henrique Cornélio Lloyd, que se disse “personal trainner” apesar de trabalhar para a Construcap em Belo Horizonte, e de Patrícia de Araújo Levy, a “usuária” assídua nas reuniões que, na verdade, é advogada do presidente da Construcap, Roberto Ribeiro Capobianco.

Em seu parecer, o Vereador questiona se a pequena divulgação das reuniões e o baixo comparecimento de verdadeiros usuários foi proposital, com a finalidade de “esvaziar os encontros que poderiam dificultar a linha de desenvolvimento de PD traçada pela PMSP/Construcap”. Nesse sentido, “o PD não passaria de um plano de gestão para atender às conveniências da Construcap”.

Entre as pessoas e entidades que enviaram manifestações corroborando as denúncias de Natalini estão a Deputada Estadual Janaína Paschoal, o Arquiteto Nabil Bonduki, a Associação dos Moradores e Amigos do Jardim Lusitânia (Sojal), o coletivo Fórum Verde Permanente de Parques e Áreas Verdes, Martha Argel (Doutora em Ecologia), Ivan Carlos Maglio (Doutor em Saúde Ambiental) e cerca de 150 pessoas da sociedade civil paulistana que fizeram questionamentos sobre a falta de clareza e as intenções da PMSP/Construcap para arrecadar R$ 71 milhões anuais no atual Pavilhão das Culturas Brasileiras.

“Não somos contra a concessão, no entanto exigimos um plano diretor que garanta a manutenção dos serviços ambientais do parque”, disse Natalini.



quinta-feira, 3 de outubro de 2019

QUAL A DOENÇA DE DUSTIN DE STRANGER THINGS?



Displasia cleidocraniana: Conheça a doença do personagem Dustin, de Stranger Things

Mal genético impede o crescimento de dentes permanentes


Quem é fã da série Stranger Things acompanha a trajetória do personagem Dustin, que esbanja todo o seu carisma e se tornou um dos personagens mais queridos dos telespectadores. Mas afinal por que o ator mesmo com 16 anos não tem os dentes?

Segundo o dentista Denis Panhota, da JP Odonto, o ator sofre de displasia cleidobraniana; uma doença genética rara, sem cura e que atinge uma pequena parcela da população mundial. “Em média há 1 caso em cada 1 milhão de pessoas. A doença afeta o crescimento dos ossos da criança e faz com que ela até desenvolva os dentes de leite, mas os mesmos não crescem”, explica o especialista.

A displasia cleidocraniana promove um atraso no desenvolvimento ósseo do crânio e dos ombros e é mais comum em indivíduos que o pai, a mãe ou ambos possuem a doença. Mas há casos de mutação genética em que filhos desenvolvem a displasia mesmo não sendo o caso dos pais.

“A demora do crescimento dos dentes permanentes geralmente acontece devido a deformações nas raízes e coroa dentária. É muito comum a doença afetar a mastigação, a fala e até a respiração”, esclarece Panhota.

Outra característica de quem sofre com este mal é a formação de vários dentes dentro dos ossos maxilares, onde os mesmos acabam não tendo espaço para crescer.

“Como a displasia cleidocraniana não interfere no desenvolvimento das crianças, geralmente indicamos o tratamento a partir dos 12 anos de idade, onde cirurgias de reposicionamento dos ossos, extração de dentes que não cresceram e a colocação de próteses acabam sendo a melhor alternativa”, finaliza.






segunda-feira, 30 de setembro de 2019

EXPO LONGEVIDADE DESPERTA ATENÇÃO DE FORNECEDORES PARA NOVOS GRUPOS



Idoso? Não! Longevo!!



Idealizador e empreendedor de eventos de grande sucesso, como a Couromoda, Hospitalar Feira+Fórum e Hair Brasil, o empresário Francisco Santos assume um novo desafio e lança o Longevidade Expo + Fórum, um evento que promete movimentar um mercado cada vez mais importante no cenário econômico brasileiro e global.

Francisco Santos, 71, é um empresário gaúcho e paulistano que sempre atuou no segmento de promoção comercial e que reúne em seu currículo a criação de grandes eventos como a Couromoda, a Feira Hospitalar e a Hair Brasil, além de larga atuação no mercado internacional. É um self made man. No final dos anos 60, iniciou-se no marketing, propaganda e produções audiovisuais. Nos anos seguintes, passou a trabalhar no segmento calçadista, no Rio Grande do Sul, sempre na área de promoção comercial. Em 1973 fez a sua estréia no mercado externo, participando da Brazil Export em Bruxelas, na Bélgica, e ficou 30 dias na Europa, onde começou a desenvolver idéias sobre novos métodos de promoção dos produtos brasileiros em mercados internacionais. De volta ao Brasil, preparou o lançamento da Couromoda, projeto internacional e inovador de promoção comercial na área de couros e calçados e que se tornaria uma referência no mercado de feiras e eventos. A primeira edição foi realizada em 1975, no Rio de Janeiro.

Em 2018, ao completar 70 anos, Francisco Santos aguçou o faro para, mais uma vez, inovar. Desta vez, seu olhar voltou-se para um segmento de mercado em franco crescimento, mas ainda pouco atendido e, em alguns aspectos, pouco compreendido: o público 50+. Para Francisco, trata-se de uma realidade que vem demandando um novo olhar da sociedade. “Hoje vivemos mais tempo e com mais qualidade. Precisamos pensar em como queremos construir este novo futuro. A longevidade será a megatrend do século, uma revolução que vai sacudir empresas, instituições, governos e sociedade. Estamos criando um palco, uma plataforma, onde as idéias, produtos e inovações estarão presentes, onde os líderes poderão expor soluções e alternativas para uma mudança desta magnitude nos parâmetros sociais e econômicos. 

Os 50+ são pessoas que possuem renda própria, em sua maioria, exigentes na escolha de produtos e serviços e com tendência à fidelização por marcas. No mundo são responsáveis pela movimentação de um mercado de US$ 15 trilhões ao ano. No Brasil, segundo o IBGE, já contabilizam 50% do mercado consumidor e movimentam anualmente, R$ 1,8 trilhão. Foi neste cenário crescente e global, que Francisco Santos formatou a Longevidade Expo + Fórum, que terá sua edição conceito de 29 de setembro a 1º de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo, devendo manter-se como evento do calendário nos próximos anos, sempre coincidindo com o Dia Internacional do Idoso, data instituída pelas Nações Unidas e comemorada em 1 de outubro. 


"Nós, os longevos, não nos reconhecemos mais com a imagem estereotipada do idoso frágil e dependente. Estamos falando de um público ágil, empreendedor, que cuida de sua saúde, investe em lazer e em cultura, consome moda e define estilo e tendências, faz uso da tecnologia e tem muito a contribuir com a sociedade. A longevidade é um ativo importante a ser considerado. É um novo retrato da sociedade e queremos ser disruptivos criando esta plataforma para dar visibilidade e trazer o tema para o centro da mesa" conclui o empresário.

Realizado em uma área de 14 mil m2 do Expo Center Norte, em São Paulo, o evento reunirá empresas e especialistas de sete segmentos: saúde e bem-estar; turismo, lazer e destinos; finanças, seguros e trabalho; conhecimento, cultura e tecnologia; casa, consumo e facilities; gastronomia e nutrição; e moda, beleza e pro age. São esperados mais de 200 expositores de produtos e serviços, desde startups até grandes empresas. A expectativa da organização é atrair 20 mil visitantes nos três dias de evento.

A entrada é franca para maiores de 50 anos e tem transporte gratuito até o pavilhão com vans saindo do Shoppinho do Metrô Tietê - Rua Voluntários da Pátria. 

Mais informações, acesse o site www.longevidade.com.br