Nossos Vídeos

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Alicia Bianchini inaugura seu canal no Youtube com recordações de família


A cantora Alicia Bianchini saiu do anonimato para integrar o grupo de artistas inovadores que se reinventam a cada dia com uma proposta musical nas redes sociais. Desde menina que Alícia tem contato com a música, com as canções e as letras dos maiores compositores brasileiros.

Como a carreira de advogada e mãe sempre ocuparam muito tempo em sua vida, a música caminhava platonicamente ao seu lado.

Agora, Alicia Bianchini respirou fundo, encheu os pulmões de ar, criou coragem e resolveu encantar mais pessoas com a sua voz e sensibilidade. 

Perguntamos à ela: - Como foi o seu despertar? e ela respondeu:

- "Música nasce na família e  meus pais formaram o meu gosto musical nas muitas  noites de música em família, onde cada um tocava um instrumento. Mas minha mãe, Ondina Azenha, tocava divinamente o piano. Meu pai, a voz maviosa e grave cantava serestas.  

Ao longo do tempo, criei um repertório de músicas brasileiras e por escutar  elogios ao cantar nas festas de família, encorajei-me em subir ao palco  pelos inúmeros  convites sempre generosos da cantora Aninha Barros, de Piracicaba. 

Conheci Cacilda Mehmari há alguns anos atrás e em 28 de fevereiro de 2019 fui por ela convidada para cantar "Lua Branca" no Bistrô Quinto Pecado. 

Desse encontro, outros tantos sucederam. Nesta noite de fevereiro conheci Maria Maugui Pereira, o maestro Adylson Godoy e sua esposa, Claudia Souza. Feliz coincidência que a vida trouxe pois com estas pessoas, vieram outras e,  em especial, David Pasqua e Clayber de Souza. 


Quero ter vida e saúde para estar sempre perto das notas musicais que nos uniram."

Alícia Bianchini inaugurou recentemente o seu canal no Youtube, aonde espera compartilhar mais momentos inesquecíveis com a sua bela voz e de presente para o público está relembrando a música "Lua Branca" da compositora, instrumentista e maestrina brasileira "Chiquinha Gonzaga".






Quem foi Chiquinha Gonzaga, compositora de Lua Branca?




Francisca Edwiges Neves Gonzaga, mais conhecida como Chiquinha Gonzaga (Rio de Janeiro, 17 de outubro de 1847Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 1935) foi uma compositora, instrumentista e maestrina brasileira.

Foi a primeira pianista chorona (musicista de choro), autora da primeira marcha carnavalesca com letra ("Ó Abre Alas", 1899) e também a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil.

domingo, 17 de maio de 2020

Hipertensão é fator de risco para Covid 19 e afeta mais as mulheres


Fator de risco para covid-19, hipertensão é mais comum entre mulheres e afeta mais de 50 milhões de brasileiros

Segundo Ministério da Saúde, prevalência de pressão alta no país aumenta conforme idade e acomete seis em cada dez adultos com 65 anos ou mais





Foi através de uma consulta de rotina que a professora Izabel Gonçalves, 61, descobriu a hipertensão. De acordo com a avaliação médica, o sedentarismo, a rotina da profissão e o histórico familiar foram os fatores que a levaram a ter pressão alta. 

De imediato, Izabel conta que não deu muita importância à doença. Anos depois, começou a ter obstrução nas veias do coração em decorrência da hipertensão. 

“Comecei a ter cansaço e fui ao médico. Fiz vários exames e foi constatado que estava com as veias entupidas. Fiz duas pontes de safena e uma mamária (artéria). Sete meses depois a veia obstruiu novamente e tive que fazer outra cirurgia”, conta Izabel.

A pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônica por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde apontou que o percentual de brasileiros com hipertensão subiu de 22,6%, em 2006, para 24,5%, em 2019. A doença, segundo o levantamento, é mais comum entre as mulheres (27,3%) em comparação aos homens (21,2%).

Outro dado que chama a atenção é que a prevalência da hipertensão no Brasil aumenta conforme a idade e chega a acometer 59,3% dos adultos com 65 anos ou mais.

É o caso da professora aposentada Maria Vasconcelos, de 65 anos. Há 15, ela descobriu a hipertensão após sentir uma forte dor de cabeça e procurar um especialista. Além da rotina de atividade física e boa alimentação, Maria toma remédio diariamente para controle da pressão. 

“Sei que é uma doença silenciosa que a gente precisa tomar bastante cuidado. Além da alimentação, o exercício físico me ajuda muito a manter a pressão controlada. Caminho todas as manhãs por pelo menos 25 minutos. Mas tem também o fator emocional. Qualquer preocupação, qualquer aborrecimento, eu sinto minha pressão subir”, relata.





Alimentação 

A alimentação saudável, aliada a exercícios físicos, é um dos principais fatores que levam ao controle da pressão arterial. O que muitos brasileiros têm dúvida é como manter uma dieta balanceada em meio à rotina e quais alimentos devem ser consumidos.

“Colocar alimentos mais ‘in natura’ na mesa, e não alimentos que vem dentro de uma caixa, de um pacote. Isso caracteriza alimentação saudável. Mas mesmo alimento saudável não quer dizer que possa sair comendo, porque mesmo o alimento saudável tem caloria. É importante procurar um nutricionista para ver, com base em um cálculo para cada indivíduo, a quantidade de caloria que cada um pode comer”, explica o nutricionista Daniel Oliveira. 

O consumo de sódio é um dos principais hábitos alimentares que levam à hipertensão. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a quantidade de sódio não seja superior a dois gramas por dia – o que equivale a cinco gramas de sal. A média global, ainda segundo a OMS, é de 9 a 12 gramas por dia. “Tudo que for de caixinha, tudo que for embalado, geralmente tem bastante sódio. Até porque auxilia na conservação”, aponta Oliveira. 


“Se a gente conseguir reduzir o consumo de sal, na população, vamos ter um impacto muito grande no controle da pressão e também na redução das doenças cardiovasculares. Dá para fazer. É preciso iniciativa das sociedades médicas e do governo”, garante o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), Luiz Bortolotto. 

Segundo o Ministério da Saúde, a hipertensão é um dos fatores de risco para a covid-19. A doença não aumenta a chance da pessoa se contaminar, mas pode desencadear complicações mais graves caso seja infectada pelo novo coronavírus. 

“Tem que se cuidar, principalmente, o paciente hipertenso que tem também doenças cardiovasculares. Esse grupo tem um risco ainda maior. O importante para o hipertenso é adotar as mesmas medidas de prevenção que todo mundo. É preciso manter a pressão controlada, manter o tratamento e não suspender o medicamento para pressão [por conta própria]”, orienta Bortolotto. 

Em abril, a cardiopatia, o diabetes e doenças que afetam os pulmões foram as três principais comorbidades entre os brasileiros que contraíram a covid-19, segundo dados oficiais. 

SUS

A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlada. Somente um profissional de saúde especializado pode determinar o melhor método para cada pessoa.

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e pelo programa Farmácia Popular. Para retirar os remédios, é necessário a apresentar receita médica dentro do prazo de validade de 120 dias, CPF e documento oficial com foto. A receita pode ser prescrita tanto por um profissional do SUS quanto por profissionais da rede privada.


"Se você não está conseguindo retirar seus medicamentos gratuitamente no SUS, deixe nos comentários a sua cidade 
e faça o seu relato. "

quarta-feira, 13 de maio de 2020

QUANTO TEMPO O COVID19 FICA NO CORPO?


O coronavírus é uma doença causada por um vírus que ataca o sistema respiratório das pessoas. De acordo com as informações do Ministério da Saúde, o período de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 2 a 14 dias. Então, é preciso ficar atento porque uma pessoa doente normalmente não apresenta os sintomas antes desse período. É isso o que nos explica a médica pneumologista da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), Patrícia Canto Ribeiro.

“A gente calcula em 14 dias, o que a gente chama desse período de incubação do vírus. Então, se uma pessoa entrar em contato com o vírus, hoje, por exemplo, até daqui a 14 dias ela pode ou desenvolver a doença ou mesmo desenvolver anticorpos. Porque a gente sabe, hoje em dia, que nem todos que têm o contato vão adoecer de forma grave, às vezes a pessoa tem doença leve ou mesmo é imune à doença”.

Segundo o Ministério da Saúde, a transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de toque do aperto de mão, gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro e objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, maçanetas, brinquedos, teclados de computador, entre outros. Por isso, não abra mão da distância mínima de 2 metros entre você e as outras pessoas nos estabelecimentos comerciais, além do uso de máscara. Lave bem as mãos e faça uso do álcool em gel depois de manusear objetos e equipamentos. A melhor forma de evitar o coronavírus é se protegendo. Se você tem dúvida se está com coronavírus, basta ligar para 136 ou acessar no chat pelo site saude.gov.br/coronavírus.

segunda-feira, 4 de maio de 2020

Bolsonaro amplia lista de serviços essenciais durante a quarentena

O decreto do presidente Jair Bolsonaro que amplia a lista de serviços públicos e atividades essenciais que podem funcionar durante a crise causada pelo novo coronavírus está valendo desde a última quarta-feira (29). Publicado no Diário Oficial da União (DOU), o texto traz alterações para se adequar à decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF).

Entre as inclusões, passam a ser considerados essenciais o comércio de bens e serviços na beira das estradas; as atividades das indústrias químicas e petroquímicas de matérias-primas ou produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas; a mineração em todas as suas etapas; siderúrgicas e fabricantes de alumínio, cerâmica e vidro, por exemplo. O decreto considera essenciais outras atividades, a saber, aquelas de “desenvolvimento de produtos e serviços, incluídas aquelas realizadas por startup.

O decreto também permite o funcionamento das atividades necessárias para processar o seguro-desemprego e benefícios relacionados. Segundo especialistas, a permissão para que essas atividades funcionem presencialmente é positiva. Isso porque, há relatos de pessoas que enfrentaram problemas para dar entrada no seguro-desemprego pelo site e pelo número de telefone 158.

Deborah Gontijo, advogada trabalhista, entende que o texto tenta evitar dificuldades para alguns setores, devido à incerteza quanto ao fim da pandemia do coronavírus. Segundo ela, há indústrias em que o trabalho é técnico e é inviável que o trabalhador opere de casa. Além disso, a advogada explica que há o risco de produtos perecerem, o que poderia gerar impacto ao bolso do consumidor a longo prazo.

“O que se vislumbra com a atitude do governo federal é que, ao longo do tempo, essas atividades que estavam paradas e não eram consideradas essenciais para a sociedade, hoje são vista de modo diferente. Não necessariamente pelo impacto imediato, no que vai interferir no cidadão comum hoje. Mas, a longo prazo, pode causar um efeito macro na economia, pode ter um impacto mais direto no consumidor, ficar um pouco mais cara.”

De acordo com o texto, as atividades essenciais acrescidas foram ‘objeto de discussão e avaliação multidisciplinar por colegiado’, que contava com representantes das áreas da vigilância sanitária, da saúde, do abastecimento de produtos alimentícios e de logística.

A publicação ressalta a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que há duas semanas garantiu aos estados e municípios o poder para definir as regras de isolamento, quarentena e transporte em meio à pandemia da Covid-19.

Segundo Bolsonaro, o texto “não afasta a competência ou a tomada de providências normativas e administrativas pelos estados, municípios e pelo Distrito Federal, no âmbito de suas competências e de seus respectivos territórios”.

Rodrigo Veiga, advogado, avalia que o momento é de instabilidade, pois o governo, ao mesmo tempo em que “acerta ao editar decretos e medidas provisórias” com a rapidez que a crise exige, “peca pela constitucionalidade da norma”. Ele avalia que o texto deixa claro que o executivo não quer invadir as atribuições de estados e municípios e faz um aceno à divisão dos poderes.

“Essa regulamentação dada por esse novo decreto, mencionando a decisão do Supremo Tribunal Federal, é uma forma de demonstrar que as esferas continuam independentes, que há respeito entre um ente federativo e outro e um poder e outro. O STF fez uma interpretação conforme a Constituição e isso foi reproduzido na alteração do decreto”.

As alterações se somam aos serviços e atividades essenciais permitidos pelo primeiro decreto do tipo, publicado no dia 20 de abril. Entre eles estão: assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares; atividades de segurança pública e privada; telecomunicações e internet; serviços bancários e postais e comércio eletrônico de produtos de saúde, higiene, limpeza, alimentos, bebidas e materiais de construção.

terça-feira, 21 de abril de 2020

CORONAVÍRUS: Pierre Fabre doa cremes cicatrizantes para profissionais da saúde



Depois do álcool gel, Pierre Fabre doa cremes cicatrizantes para profissionais da saúde


Grupo está doando Cicalfate, creme cicatrizante de Avène, uma de suas marcas no Brasil

O grupo francês de dermocosméticos Pierre Fabre se mobilizou para doar cremes cicatrizantes para profissionais de saúde. A demanda veio dos profissionais europeus, que sinalizaram a necessidade de cuidados especiais com a pele, devido ao uso de mais equipamentos de proteção individual (EPIs). Com isso, a empresa que já havia transformado sua fábrica brasileira para a produção de álcool gel, voltou seu olhar aos novos “heróis” que estão na linha de frente contra o coronavírus e decidiu ampliar sua doação.

O primeiro hospital a receber os produtos – álcool gel Soapelle (Darrow) e Cicalfate (Avène) - foi o INCA, no Rio de Janeiro. Nos próximos dias, outros hospitais da cidade e unidades públicas de São Paulo também serão contemplados. No total, serão entregues mais de 100 mil produtos, cerca de R$ 1,5 milhão em doações.

terça-feira, 7 de abril de 2020

Dicas para os motoristas de app trabalhar em tempos de quarentena

JP Galvão, co-fundador da da Vai.Car reforça que medidas simples de higiene ajudam na prevenção contra contágio


São Paulo, março de 2020 - Em meio à pandemia do novo Coronavírus e a indicação de quarentena pela Organização Mundial da Saúde, muitos empresas liberaram seus colaboradores de trabalhar Home Office. Algumas profissões, porém, não conseguem utilizar a tecnologia a seu favor para performar de casa. Entre elas, os motoristas de aplicativos. Para que não precisem paralisar suas corridas, correndo o risco de diminuírem sua renda mensal ou ficarem muito suscetíveis ao vírus - já que esta tem sido uma modalidade bastante usada pelos brasileiros para evitarem transportes de grande aglomeração -, os motoristas precisam redobrar a atenção, pois trabalham por horas em um espaço fechado e lidam diretamente com um público rotativo que frequenta locais diversos como aeroportos e rodoviárias.


Diante deste cenário, JP Galvão, co-fundador da Vai.Car, principal plataforma de compartilhamento de carros no Brasil, listou algumas dicas de como os motoristas de app podem se prevenir durante a corrida. Confira:

1- Disponibilize álcool em gel nos carros: Devido a grande rotatividade de passageiro, JP Galvão recomenda que os motoristas disponibilizem álcool em gel nos carros tanto para uso pessoal, quanto para os usuários do transporte. Não tenha vergonha de sugerir ao passageiro que utilize o álcool;

2- Lave as mãos: É importante lavar as mãos com água e sabão durante diferentes períodos do dia, o que diminui as chances do vírus prosperar após o contato com uma superfície contaminada ou com um paciente infectado;


3- Use luvas para dirigir: Além do álcool e da higienização constante da mão, usar luvas é uma ótima dica, já que a mão estão sempre nos volantes, maçanetas câmbio, entre outros. Muitas vezes a correria do dia a dia pode fazer com que esqueça uma vez de usar o álcool, portanto a luva vai proteger de uma possível distração;

4-Cuidados ao tossir e espirrar: Sempre cubra a boca e nariz com o braço ao tossir e espirrar. Nunca com as mãos, que são um dos principais vetores ao contágio. Lenços descartáveis podem ser oferecidos a quem está no banco de trás, desde que sejam devidamente descartados posteriormente;

5- Deixem as janelas do carro abertas: Ambientes fechados são mais propícios para a circulação de agentes infecciosos como os vírus. É recomendável, portanto, manter a ventilação com os vidros abertos ou mesmo com o ar-condicionado (o modo de recirculação, ativado no botão com uma setinha giratória, não é recomendado neste caso).

Vale ressaltar que é importante manter a manutenção do ar-condicionado: os filtros acumulam sujeira e, se não forem devidamente higienizados periodicamente, são locais favoráveis para o desenvolvimento de vírus, fungos e bactérias;

6- Evite contato físico: Durante a corrida, evite manter contato próximo com o passageiro aos inícios e términos das viagens;

7- Higienize partes dos veículos: Ao finalizar seu dia de corridas, faça a higienização dentro do veículo, como o volante, câmbio, maçanetas e bancos;

8- Uso de máscara no carro: Especialistas em saúde pública afirmam que adquirir uma máscara só é recomendável a quem está infectado com o vírus ou que se mantém um contato próximo com o paciente, mas se estiver resfriado ou com tosse, utilize a máscara para evitar propagação e confusão de sintomas. Todo cuidado é importante neste momento;;

Para finalizar, JP ainda recomenda: “Se, mesmo tomando essas precauções, o motorista parceiro ou passageiro apresentarem sintomas parecidos com o de uma gripe, como febre, cansaço, tosse seca, dores no corpo ou dor de garganta, procure a unidade de saúde mais perto.”

Sobre a https://vai.car/

Criada em Miami, a Vai.Car, principal plataforma de compartilhamento de carros no Brasil, foi fundada em 2016 pelos brasileiros JP Galvão, Fernando Fiuza e pelo canadense Apoorv Gupta. No Brasil, a empresa foi lançada em 30 de novembro de 2017, sob o comando de Helio Netto, executivo com 30 anos de experiência no segmento de locação de carros.

Dentre as principais vantagens do serviço da Vai.Car estão o cadastro simplificado 100% pelo aplicativo, carro entregue na porta da casa, sem taxas escondidas, sem limite de quilometragem e ainda com facilidades na forma de pagamento. Além de cartão de crédito, a empresa aceita boleto bancário ou dinheiro. Para alugar um veículo na Vai.Car é preciso fechar um aluguel mensal com opção de pagamento semanal.

Vai.Car – Acesse http://www.vai.car ou baixe o aplicativo para iOS na Apple Store e Android na Google Store

CORONAVÍRUS - COMO RECEBER O AUXÍLIO EMERGENCIAL




Medida do governo federal tem o objetivo de ajudar as categorias de trabalho mais vulneráveis durante a crise econômica causada pelo coronavírus

Os MEIs (microempreendedores individuais), trabalhadores que não têm carteira assinada, autônomos, desempregados e contribuintes individuais da Previdência poderão se registrar para receber o auxílio emergencial de R$ 600 anunciado nesta terça-feira, 7 de abril, pelo Governo Federal. A cidade de São Paulo conta com mais de 770 mil MEIs que deverão consultar a disponibilidade do benefício.

A iniciativa tem como objetivo ajudar as categorias de trabalho mais vulneráveis em meio à crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus. A lei federal que cria o auxílio prevê o pagamento por ao menos três meses a trabalhadores de baixa renda sem emprego formal ou com contrato intermitente inativo.

A Caixa Econômica Federal disponibilizou um site e um aplicativo para que os trabalhadores informais, autônomos e MEIs solicitem o auxílio emergencial de R$ 600. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no CadÚnico - Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo. Para estas pessoas o pagamento será feito automaticamente.






A Caixa Econômica também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio emergencial.


Requisitos para MEIs solicitarem o auxílio

· Ser titular de pessoa jurídica MEI - Microempreendedor Individual;

· Estar inscrito no CadÚnico para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia 20 de março;

· Cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;

· Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social;

Para mais informações, acesse o site do Governo Federal: www.gov.br


Orientações para empreendedores

A Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo, está atendendo os empreendedores da capital por meio de telefone, whatsapp e e-mail, tendo em vista que as unidades do Cate e das Subprefeituras estão fechadas.

Pelos canais de atendimento, o empreendedor consegue tirar dúvidas sobre emissão de nota fiscal e outros documentos, além de fazer a formalização do seu negócio como MEI – Microempreendedor Individual.

A Ade Sampa iniciou também uma parceria com o Banco do Povo, programa de microcrédito do Governo do Estado de São Paulo, para realizar o teleatendimento a empreendedores na divulgação da nova linha de crédito de R$ 25 milhões para micro e pequenas empresas enfrentarem os efeitos econômicos da pandemia de coronavírus. A equipe técnica orienta sobre as linhas de microcrédito, condições e processos para cadastramento do pedido de crédito. Já o Banco do Povo será responsável pelo estabelecimento das linhas, análise e concessão do crédito.


Confira todas as orientações que são oferecidas:


· Formalização do MEI - Microempreendedor Individual;
· Declaração Anual do Simples Nacional;
· Alteração de CNAE -Classificação Nacional de Atividades Econômicas;
· Cancelamento do cadastro do MEI;
· Parcelamento do DAS - Documento de Arrecadação do Simples Nacional;
· Emissão da senha Web;
· Configuração de Nota Fiscal Paulista;
· Consulta do CCM - Cadastro de Contribuintes Mobiliários, CCMEI - Certificado de Condição de Microempreendedor Individual e CNPJ
· Orientações sobre linha de crédito do Banco do Povo

Abaixo, confira os contatos dos agentes locais da Ade Sampa:

(11) 94284-6067
(11) 97148-8830
(11) 94548-9513
(11) 99335-0778
(11) 99449-1311
(11) 99708-5130

domingo, 5 de abril de 2020

Como agir para cancelar ou reagendar uma viagem?

Bárbara Gonçalves - CEO da UAU pelo Mundo


Planejei minha viagem e agora? O que fazer?


Estava tudo certo para a sua viagem dos sonhos, você já estava imaginando como seria aquele abraço no Mickey, e de repente o coronavírus (Covid-19) mudou os planos de todo mundo. Empresas aéreas cancelaram voos, parques temáticos fecharam as portas e o Dólar bateu 5 Reais. Parece o cenário de um “The Walking Dead”, mas não se desespere pois eu tenho boas notícias. Nem tudo está perdido. Com um pouco de calma e as dicas abaixo, você vai colocar a sua viagem nos trilhos e já pode começar a sonhar novamente.

1- Determine uma nova data para a sua viagem. Escolha algum mês no segundo semestre ou quem sabe ano que vem. Em 2021, a Disney, em Orlando, celebrará 50 anos de inauguração e tenha certeza que a festa será linda. Segundo o governo americano toda a situação do coronavírus provavelmente estará normalizada em meados de julho ou agosto.

2- Onde você comprou sua viagem? Agências de viagem estão fazendo um excelente trabalho auxiliando seus passageiros a remarcar as suas viagens. Eles têm um relacionamento muito melhor com as empresas aéreas e operadoras de turismo e podem interceder por você. Caso tenha comprado em grandes sites ou direto com a operadora não perca tempo. Vá direto ao ponto e diga que não quer cancelar a viagem e sim remarcar.

3- Caso a empresa aérea cobre multa por remarcação de voo informe-a que o Procon e o Ministério Público Federal já se pronunciaram sobre o assunto e recomendaram a remarcação sem taxas adicionais. Caso eles insistam você poderá entrar com um processo no juizado especial de pequenas causas com grandes chances de reaver o dinheiro com juros, multas e correção monetária. Inclusive o Presidente Jair Bolsonaro editou uma MP impondo que as empresas aéreas não poderão cobrar multas contratuais em caso de remarcação das passagens.

4- A Disney já se pronunciou e garantiu a remarcação de todos os ingressos e reservas de hotéis sem custo adicional. Isso vale para os parques da Universal. O Sea World ainda não se pronunciou, mas provavelmente adotará o mesmo procedimento.

5- Aproveite a quarentena para se informar e estudar sobre Orlando, os parques e estratégias de visitação. Isso irá ocupar seu tempo e manterá o sonho vivo.

Não deixe o sonho morrer. A sua viagem para a Disney ainda acontecerá e com certeza será muito mais mágica e encantadora. Se você estiver planejando viajar com crianças que tal escrever um bilhetinho para elas como se fosse o próprio Mickey, dizendo que ele está um pouco ocupado agora, mas que já já ele estará pronto para recebê-las na casa dele?

O que me diz? Vamos planejar os mínimos detalhes desta nova aventura? Você encontrará o Castelo da Cinderela ainda mais bonito e reformado, castmembers (funcionários) ainda mais felizes e empolgados e os personagens morrendo de saudades de ver o sonho de Walt Disney repleto de sonhadores. Afinal a Disney é sobre não deixar de sonhar, mesmo em tempos difíceis.

A importância da Vitamina D para o organismo


A Vitamina D é muito importante para o corpo humano, pois ajuda na absorção e fixação do cálcio, modulação da inflamação crônica, promove a manutenção dos osso e aumenta a imunidade. A maior fonte de absorção de Vitamina D – 90%, é proveniente da exposição ao sol. Por isso, aproveite ao máximo a exposição na parte da manha, preferencialmente antes das 10h da manhã, e sugerimos deixar os braços, pernas, pescoço e rosto expostos.

Além do sol, os outros 10% da Vitamina D vêm de alimentos, entre eles leite, ovos e peixes de agua fria são ótimas opções para quem procura uma fonte de vitamina D.

Na Clinica Benessere, apoiamos sempre uma alimentação saudável, equilibrada, e com os insumos necessários para deixar seu organismo em excelente estado.