ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

sábado, 11 de julho de 2009

BALLET STAGIUM em Mogi das Cruzes e Taboão da Serra

EDUCAÇÃO LEVA BALLET STAGIUM A ESCOLAS DE MOGI DAS CRUZES E TABOÃO DA SERRA
Companhia, que se apresenta em julho no Teatro Municipal, encenará espetáculo em sete escolas estaduais
A Secretaria de Estado da Educação fechou parceria com a companhia Ballet Stagium para levar sete apresentações em escolas de Mogi da Cruzes e Taboão da Serra. As performances acontecem até 25 de outubro, sempre aos domingos, às 11h, durante o Programa Escola da Família.
A ação tem como objetivo contribuir para a ampliação do universo cultural da comunidade apresentando a dança como linguagem artística. Após as apresentações, a diretora teatral da companhia, Marika Gidali, responde às perguntas da comunidade sobre a coreografia e seus significados. "Um dos eixos do Escola da Família é educar culturalmente as comunidades do entorno das unidades", comenta o secretário de Estado da Educação, Paulo Renato Souza.
Os ensaios são abertos ao público, que tem a oportunidade de acompanhar todo o processo de montagem de cenário e preparação dos bailarinos. "Para a comunidade é um exemplo de organização e trabalho em equipe", conta a supervisora de ensino de Mogi das Cruzes, Elizabete Martins Sanches.
O corpo de 36 bailarinos é formado por estudantes da rede pública de São Paulo, todos bolsistas da companhia. São crianças e adolescentes, entre 11 e 15 anos.
Cada apresentação dura, em média, 45 minutos. As coreografias são de Décio Otero e a direção teatral de Marika Gidali.
EspetáculoO espetáculo apresentado será o "Danças da Ilha de Santa Cruz", que representa uma leitura da história do Brasil por meio de danças étnicas, contemporâneas, de roda, sacras e de rua. A apresentação mistura músicas eruditas e populares ao poema Navio Negreiro, de Castro Alves, trazendo ao público um panorama da diversidade cultural do país.
Todas as apresentações contemplam a leitura do poema de Eliakin Rufino, com base no Estatuto da Criança e do Adolescente.
Ballet Stagium
O Ballet Stagium é uma das companhias de balé mais importantes do país. Criada na década de 1970, em pleno regime militar, destacou-se por denunciar as ações deste período por meio da dança. Com coreografias adaptáveis a qualquer cenário, fazem apresentações em pátios de escolas públicas das periferias dos grandes centros, favelas, igrejas, praias, hospitais, estações de metrô ou em presídios.
O Ballet Stagium é coordenado por Marika Gidali e Décio Otero e conta com mais de 80 coreografias no decorrer de quase 40 anos.
CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES