ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

São Paulo ganha o primeiro Centro de Referência em Segurança Alimentar

O prefeito de São Paulo inaugurou no sábado, dia 7, o primeiro Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CRSANS), localizado no parque Raposo Tavares, Butantã, na Zona Oeste. O equipamento promove atividades educativas e será ponto de debates sobre alimentação saudável e conscientização ambiental.

"É uma ação intersecretarial, com diversos programas se instalando aqui. Era um sonho antigo da comunidade, no qual nós investimos recursos e que agora estamos inaugurando", afirmou o prefeito.

A inauguração do CRSANS teve início com a apresentação da Dança do Pau-de-Fita, bailado folclórico típico da região sul do Brasil, por um grupo de crianças do Centro Educacional Gracinha. As atividades do centro serão iniciadas com oficinas de avaliação nutricional, de plantio em pequenos espaços e de artesanato, além da degustação de barras de cereais artesanais. Também há uma exposição fotográfica e um vídeo sobre a trajetória do equipamento.



Alimentação saudável
O objetivo é incentivar a manipulação e o consumo adequado dos alimentos, valorizando o significado cultural e social das refeições. As ações ocorrem com a participação da comunidade e de entidades locais. Já estão em desenvolvimento oficinas de aproveitamento integral dos alimentos, cursos sobre cultivo de hortaliças, atividades de conscientização ambiental, atrações culturais e esportivas. A idéia é que os conceitos e as técnicas relacionados ao cultivo de alimentos saudáveis e de nutrição sejam multiplicados pelos próprios moradores da região.

O conceito de segurança alimentar e nutricional é a realização do direito ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais. Alimentação deve ser uma atividade social, econômica e ambientalmente sustentável.

O foco da atenção na área de segurança nutricional são os idosos e as crianças, grupos que mais sofrem com carências alimentares. No centro, a implantação de políticas públicas também ocorre a partir de parcerias com faculdades e universidades, que desenvolvem diagnósticos, estágios e pesquisas. Há ainda o diálogo com supermercados locais, cujas doações são direcionadas a entidades da região do Jardim Jaqueline, na Zona Oeste.



Estrutura
O CRSANS está instalado em uma área de 430 m² e teve investimento de R$ 353 mil. O local abriga uma biblioteca e sala de vídeo, uma horta-escola, uma cozinha-escola, salas multiuso e um telecentro. "Este é o 360º telecentro que a Prefeitura inaugura, naquele que é o maior programa de inclusão digital público do mundo", explicou o secretário municipal de Participação e Parceria. O equipamento conta com 20 computadores disponíveis diariamente, tanto para cursos quanto para uso livre.

Também participaram da inauguração o secretário municipal de Coordenação das Subprefeituras, o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente e o subprefeito do Butantã.