ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Chega ao Brasil o aparelho de ultra-som UltraContour

Acaba de chegar ao Brasil o aparelho de ultra-som UltraContour, aparelho inovador que promove a quebra de gorduras com muito mais potência.

A tecnologia de ultra-som é antiga e já é usada para fins estéticos, porém os resultados anteriores eram mais modestos, pois se tratavam de ultra-sons de intensidades menores. O UltraContour se diferencia por ser de alta intensidade e focalizado, atingindo as células de gordura com mais potência. As ondas ultra-sônicas de UltraShape emitidas na freqüência específica criam um efeito mecânico sobre o tecido adiposo de forma que as membranas das células de gordura se rompem. Ao mesmo tempo, um sistema de imagens ultra-sônicas fornece uma resposta acústica em tempo real no decorrer do tratamento, permitindo controle absoluto sobre a emissão adequada de energia. A tecnologia de última geração orienta e monitora em tempo real o tratamento e garante uma cobertura homogênea da área tratada. Ela incorpora um algoritmo especial de segurança que mapeia claramente a área já tratada e impede a duplicidade ou falta de tratamento na área pré-determinada.
As principais propriedades da tecnologia responsáveis pela eficácia e segurança do tratamento são os modos pulsados da energia, o fato do ultra-som ser focalizado e capacidade de promover um efeito mecânico seletivo.
Qualquer região do corpo onde há acúmulo de gordura localizada pode ser tratada, como abdômen, flancos, braços, coxas, costas. A recomendação é que se tratem no máximo duas regiões por sessão, sendo o intervalo recomendado de quinze dias. O número de sessões varia individualmente, de acordo com a quantidade de gordura na região. O tratamento é indicado para pacientes saudáveis com espessura de tecido subcutâneo de no mínimo 1,5 cm em áreas de abdome, coxa ou flancos. A gordura deve estar numa área localizada e o tamanho dessa área deve ser maior que 100 cm2.
A perda de medidas ocorre logo após a aplicação, sendo a redução média entre 2 a 4 cm de diâmetro. A perda não ocorre por perda de líquidos, e sim por destruição da gordura. Prova disso é que a redução já é visível antes mesmo da fase da drenagem realizada pelo aparelho. Áreas muito extensas podem ter resultados menores, sendo recomendado concentrar nos locais de maior acúmulo. É comum o paciente ainda perder de 1 a 2 cm ao longo da primeira semana após a sessão.
A eficácia na remodelação do contorno corporal foi realizada através de um estudo multicêntrico que incluiu cinco diferentes clínicas localizadas nos EUA, Reino Unido e Japão. Cento e trinta e sete voluntários foram submetidos a uma única sessão de Contour I by UltraShape, em áreas que incluíram o abdome, coxa e flancos. Os pacientes foram acompanhados por 12 semanas. Foi observada uma redução média de 2 cm na circunferência após uma única sessão. A maioria do efeito foi mensurável nas primeiras três semanas e persistiu nas doze semanas seguintes à avaliação. O estudo comprovou a segurança da tecnologia, sem efeitos adversos e nenhuma modificação clínica significativa na taxa sérica dos lipídios. Este estudo clínico foi recentemente publicado no renomado Journal Plastic and Reconstructive Surgery, em setembro de 2007.
O UltraContour está disponível na clínica Motta localizada em Moema, São Paulo.
Mais informações através do site http://www.clinicamotta.com.br/