ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Ecoteca - A Biblioteca Ecológica


Educação, cultura e lazer ao alcance de todos
Criada pela escritora e educadora Kátia Rocha, do Instituto Educare, a Ecoteca - Biblioteca Ecológica - é um mini espaço cultural infanto-juvenil, que trata a Literatura de forma lúdica e divertida e, por ser quase modular e de múltiplo uso – alia uma livraria e um espaço cultural -, consegue chegar a qualquer comunidade que tenha interesse em oferecer alternativas de educação, cultura e lazer para suas crianças e jovens.

Totalmente desenvolvida a partir de materiais reciclados, a ECOTECA nasceu com a proposta de estimular a leitura, criando um espaço onde as pessoas podem perceber e interagir com os livros e suas histórias, e a partir desse contato inicial mergulhar no prazer do texto e da leitura.

Sintonizada com as demandas da sala de aula, onde cresce a cada dia a necessidade de um maior dinamismo no processo pedagógico, a ECOTECA trabalha com uma proposta de interatividade, contando com uma estrutura onde é possível produzir e realizar diversas ações culturais.

Além da livraria, o espaço dá suporte para a realização de espetáculos de teatro, fantoches, música, e ainda outras atividades.


Programa de Ação Cultural (PROAC) viabiliza patrocínio da AES Eletropaulo

Apresentada pelo Instituto Educare, a proposta rapidamente conquistou a adesão da AES Eletropaulo, que, por meio do Proac (Programa de Ação Cultural, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo), viabilizou o patrocínio para a implementação de três Ecotecas em comunidades da cidade de São Paulo e uma na cidade de Barra Bonita, no interior do Estado.

A OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) Centro Educacional Luz e Lápis será uma das instituições beneficiárias e será responsável pela gestão dos equipamentos que serão instalados nos bairros de Santo Amaro e Guarapiranga. As duas outras unidades estarão sob a responsabilidade da Casa de Cultura e Cidadania, projeto de responsabilidade social do Grupo AES Brasil. Juntas, as unidades do bairro do Guacuri, na cidade de São Paulo, na divisa com o município de Diadema, e a da cidade de Barra Bonita atendem a cerca de 2 mil crianças e adolescentes.

Um ovo conceito de Biblioteca acessível para comunidades

Mais do que um elemento estranho à comunidade, a ECOTECA se insere na paisagem da região de modo definitivo e inaugura um novo conceito biblioteca. Além de ser um espaço onde os jovens encontrarão uma grande variedade de títulos, a unidade apresenta um caráter ambiental focado na sustentabilidade, contribuindo para a difusão desse importante conceito, que hoje se coloca como um tema fundamental em todas as iniciativas sócio-culturais.

Construída com reciplac (material reciclado elaborado a partir de caixas de leite longa vida) cada unidade conta com um acervo inicial de 500 livros de Literatura e livros-brinquedos, além de bonecos de fantoche.

Dentro de sua proposta de interatividade, a Ecoteca - a biblioteca ecológica - oferece possibilidades diferentes de entretenimento, com o foco em leitura. Algumas delas são:
mini biblioteca infanto-juvenil - oferecerá empréstimo de livros à comunidade.
palco para apresentação de fantoches - serão realizadas peças de bonecos de fantoche.
saraus musicais - possibilidade de apresentações de artistas locais.
saraus literários - apresentação de pessoas da comunidade, concursos literários.

Um acervo montado para cada público

Para atender a especificidade de cada equipamento, a escolha do acervo é realizada por uma equipe pedagógica formada pelos professores da comunidade do entorno da Ecoteca. Esse cuidado tem por objetivo garantir que cada unidade possa dispor de um acervo particular, diretamente relacionado com os interesses e necessidades da comunidade. A preocupação é que os livros expostos sejam o mais próximo possível da realidade daqueles que irão se utilizar deles.

Além disso, cada Ecoteca contará ainda com uma equipe de profissionais da área da educação, arte-educação e “contação” de histórias, que atuará junto à comunidade receptora do projeto durante três meses, a fim de instrumentalizá-la ao uso do equipamento. Ao final deste período, cada unidade será a responsável por sua gestão, apropriando-se dela.

Vale ressaltar que o conceito de uso público da biblioteca estará permanentemente presente nas atividades desenvolvidas. Dessa forma, os usuários poderão retirar e devolver livros do acervo, proporcionando de forma objetiva, para os meninos e meninas, o prazer e a prática da leitura.

Praticidade e participação da comunidade

Para o uso da Ecoteca como biblioteca, o usuário deverá apenas se cadastrar na própria unidade, recebendo uma carteirinha de sócio leitor, com a qual poderá, então, fazer empréstimo de livros. O acervo contemplará crianças, jovens e até adultos.

Pensadas para ficar em áreas de fácil acesso e de grande circulação de pessoas, as Ecotecas terminam por se transformar em centros irradiadores de cultura nas comunidades onde se inserem, caracterizando-se como uma efetiva ferramenta de promoção da cidadania.

Ecotecas recentemente inauguradas:

Centro Educacional Luz e Lápis

Unidade 1
Rua Benedito Fernandes, 155 - Santo Amaro - SP

Unidade 2
Av. Dr. Caetano Petráglia Sobrinho, 40 – Vila Guarapiranga – SP

Casa de Cultura e Cidadania – Guacuri/SP
Rua Joaquim Forzono, 50 – bairro Guacuri - SP

Casa de Cultura e Cidadania – Barra Bonita/SP
Rua da Estação, s/n – bairro Campos Salles – Barra Bonita
*
*
*
*
Mural:
Curso de Conservação da Biodiversidade pela internet em 80h:
Educação a Distância
Curso de Avaliação de impacto Ambiental pela internet:
Educação a Distância