ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

domingo, 17 de outubro de 2010

Dengue e Leishmaniose se alastram no Jardim Montanhês

O Conselho local de Saúde do bairro Jardim Montanhês, em Belo Horizonte, se reuniu no mês de setembro e discutiu, entre outros assuntos, o crescimento significativo dos casos de dengue e leishmaniose na região. Somente neste ano, já foram notificados 630 casos de dengue no bairro e foi detectada a presença do vírus tipo 4, em Goiás, cuja circulação não ocorria no país desde 1982, de acordo com informações do Ministério da Saúde. Como a maioria dos brasileiros não tem imunidade contra o vírus 4, aumentam as chances de uma epidemia, segundo o Ministério.
Na Vila São José, a maior preocupação vem sendo o entulho dos barracos que estão sendo demolidos, com a mudança dos moradores para os prédios do conjunto habitacional, e que podem se transformar em criadouros de Aedes aegypti, o mosquito transmissor da Dengue. Lembramos que a obra da avenida Pedro II é do PAC – Programa de Aceleração de Crescimento – do Governo federal, em parceria com a PBH e a remoção dos entulhos está prevista para fevereiro de 2011. Portanto estamos discutindo junto a Regional e comitê de combate a dengue, ações para evitar que tenhamos uma epidemia de dengue nos próximos meses.
No caso da leishmaniose, que também vem se alastrando no bairro, o maior problema detectado pelos técnicos de saúde são os cães abandonados, que são alimentados por moradores e ficam pelas ruas oferecendo risco à população. Algumas casas do bairro foram borrifadas, para o controle do vetor que transmite a leishmaniose.
Leia mais em http://www.comunidademovimentobh.com.br/