ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

UFSCar oferece acompanhamento fisioterapêutico para gestantes

Podem participar das avaliações e sessões de exercícios mulheres com idades acima dos 18 anos, a partir da 18ª semana gestacional, que estejam na primeira gestação e sejam gestantes de baixo risco

Pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFt) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) analisa os efeitos da preparação da musculatura do assoalho pélvico durante a gestação. O estudo é desenvolvido pelas alunas de doutorado Mikaela Corrêa e Priscila Godoy sob orientação de Patricia Driusso, docente do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da UFSCar.
Para realizar esta pesquisa serão incluídas gestantes com mais de 18 anos, a partir da 18ª semana gestacional, que estejam na primeira gestação e sejam gestantes de baixo risco. As participantes do estudo serão submetidas à avaliação da capacidade de exercício por meio do teste de esforço cardiopulmonar em bicicleta adequadamente monitorado; eletrocardiograma completo durante o repouso e exercício e avaliação e fortalecimento da força da musculatura do assoalho pélvico, além de acompanhamento na gestação e após o parto.
Os exercícios para fortalecimento desta musculatura são muito importantes durante a gestação, pois além de prevenir e tratar disfunções que podem aparecer durante esse período, como a perda involuntária de urina, ajudam na preparação para a passagem do bebê e na recuperação após o parto. As avaliações e sessões de exercícios são gratuitas e individuais e ocorrem no Laboratório de Pesquisa em Saúde da Mulher do DFisio.
Interessadas podem entrar em contato com as pesquisadoras pelos telefones (16) 3351-9577, ou diretamente com Mikaela e Priscila respectivamente pelos telefones (16) 98135-4025 e (16) 98192-9710 ou ainda pelos emails mikaela.sicorrea@gmail.com ou priscilajanuario@yahoo.com.br.