ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Obras Sociais Irmã Dulce inauguram o novo Núcleo de Reabilitação Auditiva da instituição




Serviço da OSID vem ajudando, de forma gratuita e com técnicas avançadas,
a melhorar a qualidade de vida de pacientes que sofrem com a perda da audição


 

A Bahia dá um ótimo exemplo ao País no tratamento gratuito de pessoas com perda auditiva. As Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), em Salvador,  acabam de inaugurar as novas instalações do Núcleo de Reabilitação Auditiva da instituição – um dos mais completos e modernos centros do Norte e Nordeste do país, destinado ao tratamento de pacientes com deficiência auditiva. A unidade passou por um amplo processo de reforma e conta agora com novos equipamentos e uma capacidade ampliada para atendimento aos pacientes. O centro oferece à população, de forma gratuita através do Sistema Único de Saúde (SUS), serviços de alta complexidade, a exemplo do Implante Coclear (IC) – procedimento conhecido como cirurgia do “ouvido biônico” – e da adaptação de Aparelhos de Amplificação Sonoro Individual (AASI). O núcleo de saúde está localizado no Hospital Santo Antônio (Avenida Bonfim, Largo de Roma).

Estima-se atualmente, segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), que 6% dos habitantes em países em desenvolvimento sejam portadores de algum grau de deficiência auditiva. Entretanto, tal limitação, que traz como consequências atrasos no desenvolvimento da linguagem, dificuldades de escolarização e profissionalização, além de problemas de inclusão social, já dispõe hoje de modernas técnicas de tratamento. Entre as alternativas, está o programa de Implante Coclear oferecido pelo Núcleo de Reabilitação Auditiva da OSID, que vem garantindo a pacientes da Bahia e de outros estados uma melhor qualidade de vida, além de maiores chances de superação das limitações que a deficiência auditiva pode trazer. Conhecido como cirurgia do “ouvido biônico”, o implante compreende um avançado tratamento para pessoas portadoras de deficiência auditiva sensorioneural bilateral de grau severo e profundo. Indicado para crianças a partir dos três meses de vida, adultos e idosos que não obtiveram benefícios com o uso de aparelhos auditivos convencionais, o procedimento configura-se em uma valiosa ferramenta na superação das limitações geradas com a perda da audição.

“Já realizamos com sucesso centenas de operações de IC, sendo que todos os indivíduos submetidos ao implante encontram-se hoje em pleno processo de inserção social, com melhoras significativas de compreensão auditiva e produção vocal”, destaca o otorrinolaringologista Eduardo Barbosa, coordenador da unidade. O centro tem capacidade para realizar oito cirurgias de Implante Coclear por mês.

O Núcleo de Reabilitação Auditiva da OSID também está apto a diagnosticar e a realizar, gratuitamente, a adaptação precoce de Aparelhos de Amplificação Sonora Individual (AASI), permitindo assim maior agilidade na reabilitação de crianças com perdas auditivas congênitas. O centro está capacitado ainda a estabelecer parcerias com unidades de triagem neonatal para diagnosticar e reabilitar ainda mais precocemente as crianças residentes na Bahia. O serviço conta com a orientação de uma equipe multidisciplinar, composta por otorrinolaringologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, neurologistas, entre outros profissionais, além de estar apto a realizar por mês a adaptação de aproximadamente 150 AASI nas mais diversas faixas etárias.

OSID - Instituição filantrópica de fins não econômicos, as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) abrigam hoje o maior complexo de saúde 100% SUS do Norte-Nordeste, com cerca de 5,1 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano a usuários SUS, idosos, portadores de necessidades especiais e de deformidades craniofaciais, pacientes sociais e crianças e adolescentes em situação de risco social. Fundada em 26 de maio de 1959, por Irmã Dulce, a organização conta com um perfil de serviços único no país, distribuídos em 15 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de Saúde, Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino em Saúde, Educação e na preservação e difusão da história de sua fundadora.


Assessoria de Comunicação / Obras Sociais Irmã Dulce
Alan Amaral (71) 3310 -1108 / 8139-5420
Adriana Patrocínio (71) 3310 -1267 / 9972-7322
Cássia Candra (71) 3310 -1267 / 9601-0344