ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

sábado, 19 de março de 2016

WAGNER FREITAS (CUT) AMEAÇA JUIZ SERGIO MORO



Durante as manifestações em prol do governo do PT, o Presidente da CUT Wagner Freitas, em apoio ao Ex-Presidente Lula,  citou em tom de crítica, que o juiz Sérgio Moro fez um "grampo" no Brasil, referindo-se ao inescrupuloso e imoral diálogo entre a Presidente do Brasil Dilma Rousseff e o Ex-Presidente, aonde o povo brasileiro tomou conhecimento do nível baixo, com palavreado medíocre e o escárnio imprudente que os dirigentes tiveram com o alto poder judiciário e consequentemente ao povo brasileiro.

No palanque e em bom tom, Wagner Freitas ameaçou o Juiz Sérgio Moro ao dizer: Nós vamos nos livrar do Moro!. Em outro momento disse: "Nós temos o voto" (uma confissão inconsciente de que as urnas eletrônicas da Smartmatic são fraudadas).

Estaria ele condenando ´Sergio Moro à mesma sentença do Prefeito de Diadema Celso Daniel? Qual seria a melhor maneira do PT se livrar do idolatrado Juiz Brasileiro?

O fato é que recentemente, o jovem Juiz Sérgio Moro recebido nas ruas mais gratidão do que o Ex-Presidente do Brasil e sua cúmplice sucessora, mesmo depois de esvaziar os cofres públicos com uma política social que tem em sua sombra alto índice de corrupção, não só no Partido dos Trabalhadores, mas engendrado com co-ligações sombrias.

Mesmo que lutem com todas as forças para se manterem no Poder, Lula e Dilma poderão até ganhar, mas com certeza não vão levar.

"Pior do que roubar, é não poder carregar" essa é a definição do falatório popular.

PT RECRUTA E FINANCIA MANIFESTANTES EM TODO BRASIL



O Partido dos Trabalhadores junto com a CUT, UGT, MST, UNE, entre outras organizações sociais, patrocinou alimentação, transporte, uniforme e acessórios para manifestantes na última manifestação realizada em 18/03.

Os flagrantes foram feitos por internautas e pela reportagem da CBN. Mesmo assim, o número de manifestantes (pagos) que foram para a Avenida Paulista, cerca de 80 mil, representam menos de 10% dos que se dirigiram no último dia 13/03 em apoio ao Juiz Sérgio Moro.