ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Exposição 'As Cinzas da Quarta' chega a Guararema (SP)

Itinerância estará em cartaz, de 3 a 28/2, na Estação Literária Professora Maria de Lourdes Évora Camargo; a visitação é gratuita


Às vésperas do Carnaval, a cidade de Guararema (SP) recebe, a partir de 3 de fevereiro (quarta-feira), a exposição “As Cinzas de Quarta”, de Gabriel Quintão. Realizada pelo Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância ligada à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, em parceria com o Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP) e a Prefeitura, a mostra será exibida na Estação Literária Professora Maria de Lourdes Évora Camargo, no Centro.

Captadas em um terreno da zona norte de São Paulo, onde as escolas de samba abandonam suas criações depois do desfile, as fotografias incentivam uma comparação entre a alegria do Carnaval e a vida real das pessoas que fazem o espetáculo acontecer. As imagens buscam retratar a fragilidade da felicidade da festa e, sobretudo, o esforço dos foliões em sustentar algo nascido pra morrer após 80 minutos de uso. A série aborda os itens usados nos desfiles que representaram vida no sambódromo, que se decompõem em meio a outras sobras do último desfile.

A exposição é abertaàcomunidade e gratuita. Até o dia 28/2, estará em cartaz de terça a sexta-feira, das 9h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. A Estação Literária Professora Maria de Lourdes Évora Camargo fica à Rua 19 de setembro, n° 233, no Centro. Outras informações pelo telefone (11)4695-3871 ou no site www.sisemsp.org.br.

Sobre o artista

Gabriel Quintão nasceu em 1984 em Araraquara (SP), onde se formou em jornalismo pelo Centro Universitário de Araraquara. Em 2006 começou a fazer seus primeiros trabalhos fotográficos, quando começou a se afastar da direção de arte e se aproximar da foto. Em 2010 mudou-se para São Paulo para estudar fotografia na Escola Panamericana de Artes e atualmente atua na capital como fotógrafo freelancer.

Sistema Estadual de Museus

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) congrega e articula os museus do Estado de São Paulo, com o objetivo de promover a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da preservação, pesquisa e difusão do acervo museológico paulista. Em mapeamento realizado em 2010, foram listadas 415 instituições museológicas, públicas e privadas, em 190 municípios paulistas. O SISEM-SP se estrutura em torno das premissas de parceria e responsabilidade compartilhada, em que as ações previstas para cada região são concebidas levando-se em conta o contexto, as demandas e as potencialidades locais. É coordenado pela Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo (UPPM/SEC), tendo como instância organizacional o Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus (GTC SISEM-SP). Para saber mais acesse: www.sisemsp.org.br

Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP)

O Museu da Imagem e do Som foi criado em 29 de maio de 1970, já vinculado à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. O MIS, gerenciado por uma parceria público-privada entre a Organização Social de Cultura Paço das Artes e a Secretaria da Cultura do Estado de São paulo, tem sua atuação baseada em áreas pensadas para agir de forma coordenada e complementar. Em 2011, por meio de um novo planejamento, o museu passou a ser um espaço de encontro para a população paulista, onde a pluralidade na programação artística e a efervescência cultural prevalecem. Para saber mais acesse: www.mis-sp.org.br

Serviço:
Exposição "As Cinzas da Quarta"
Período: de 3 a 28/2/2016
Local: Estação Literária Professora Maria de Lourdes Évora Camargo (Rua 19 de setembro, n° 233, Centro – Guararema/SP)
Horário: terça a sexta-feira, das 9h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Informações: (11)4695-3871
Entrada: gratuita

Conheça dicas para curtir o Carnaval sem sofrer no dia seguinte

Evitar excessos e hidratar o organismo são fundamentais para não perder a diversão

O Carnaval é uma das épocas mais aguardadas do ano pelos brasileiros e, para a maioria, o feriado é sinônimo de agito, badalação, muita festa, bloquinhos de rua e, consequentemente, poucas horas de sono, má alimentação e excessos. Pensando nisso, Engov – analgésico indicado para o tratamento de cefaleias, sensação de enjoo e náusea – e Epocler – medicamento indicado para o tratamento de distúrbios hepáticos – apresentam quatro dicas para ajudar os foliões a curtirem o carnaval da melhor forma.

Invista na água!

A palavra-chave para curtir o Carnaval é muita hidratação. Beber água é importante para evitar aquele mal estar do dia seguinte. Alguns excessos de alimentação e bebidas podem desidratar o corpo e deixá-lo debilitado. Por isso, o ideal é ingerir uma quantidade razoável de água durante as festas para não ser surpreendido por aquela dor de cabeça incômoda na manhã seguinte.

Tenha uma alimentação equilibrada

Outro cuidado importante para curtir o Carnaval sem neura e sem problemas é uma alimentação balanceada e leve. A falta de nutrientes pode deixar as pessoas fracas e sem energia para aguentar todos os dias de festa e, se a alimentação for muito pesada, a folia pode trazer mal-estar. Por isso, carregue sempre um lanchinho saudável e frutas na bolsa.

Cuidado com a ingestão de bebidas diuréticas

Bebidas alcoólicas e alguns refrigerantes ricos em cafeína atuam como diuréticos no organismo, levando a desidratação. A ingestão desse tipo de bebida deve ser moderada, pois os exageros poderão deixar o corpo debilitado para o dia seguinte e até mesmo irritar o sistema urinário.

O dia seguinte...

Os excessos podem ser sentidos no dia seguinte. Para melhorar rapidamente invista em algumas dicas que poderiam ter evitado os sintomas como hidratação e alimentação equilibrada, além claro de uma boa noite de sono.


Oferecimento: 





*Engov pode ser encontrado em strips de alumínio com seis comprimidos. É um medicamento isento de prescrição médica, por isso pode ser adquirido diretamente com o farmacêutico. É importante ler atentamente à bula. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

MS: 1.7817.0093.

*Epocler. MS 1.7817.0079 Indicações: no tratamento de distúrbios metabólicos hepáticos. Jan/2016.SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.