ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Delegacia do Aeroporto de Congonhas ganha novas instalações

O delegado-geral de polícia destacou a importância
 da obra na preparação para os Jogos Olímpicos
Ampliação da unidade vai beneficiar cerca de 50 mil pessoas que passam por dia pelo aeroporto; este ano, a delegacia especializada instaurou 41 inquéritos

A 2ª Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur), do Aeroporto de Congonhas, foi reformada e ampliada para melhor atender a população que passa por um dos maiores aeroportos do país. A entrega oficial da unidade aconteceu na manhã desta quarta-feira (16).

“Esta é uma importante obra para a eficiência da Polícia Civil dentro do aeroporto”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes. “A ampliação personifica o trabalho integrado que fazemos com a União, Forças Armadas e Infraero, já visando as Olimpíadas de 2016”.

As obras, que duraram cerca de seis meses, começaram em junho e terminaram na primeira quinzena deste mês. A Infraero concedeu mais espaço à delegacia e foi responsável pelo investimento na reforma e na ampliação da unidade. O valor destinado à reforma não foi divulgado.

A delegacia prendeu 14 adultos e apreendeu um adolescente por crimes praticados dentro Aeroporto de Congonhas, de janeiro a outubro deste ano. O trabalho da unidade especializa também resultou na recuperação de sete veículos roubados ou furtados e na instauração de 41 inquéritos no período.

Com a reforma, cuja placa de inauguração foi descerrada durante o evento, a delegacia do aeroporto passa a contar com oito diferentes salas, além de um banheiro. Esse investimento beneficia as cerca de 50 mil pessoas que passam por dia por Congonhas e as 3,7 mil que são atendidas por ano na unidade.

“Agora temos uma estrutura digna de um aeroporto como Congonhas. Foi de suma importância que a obra ficasse pronta em um momento como esse, na preparação para os Jogos Olímpicos”, ressaltou o delegado geral, Youssef Abou Chahin.

A 2ª Deatur conta com 30 policiais civis, sendo quatro delegados, 14 investigadores, cinco escrivães, três agentes de telecomunicações, um agente policial e dois auxiliares de papiloscopista. O atendimento ao público e às ocorrências registras na unidade é feito com o apoio de 4 viaturas.

Atendimento ao turista

A delegacia do Aeroporto de Congonhas faz parte da Divisão Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur) do Departamento Estadual de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade). Essa divisão especializada da Polícia Civil conta com outras cinco unidades espalhadas por polos estaduais:

A 1ª Deatur fica na Rua da Cantareira, no centro paulistano, próxima ao Mercado Municipal. A 3ª delegacia fica no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Rodovia Hélio Smidt, em Cumbica, no município da Grande São Paulo.

A 4ª unidade especializada fica no Aeroporto Internacional de Viracopos, no quilômetro 66 da Rodovia Santos Dumont, em Campinas, no interior do Estado. A 5ª unidade de atendimento ao turista fica no porto da Avenida Cândido Gafre, nas Docas, em Santos, no litoral paulista.

A 6ª Deatur é a Delegacia do Metropolitano (Delpom), que fica na estação Palmeiras-Barra Funda da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo, localizada na Avenida Auro Soares de Moura Andrade, zona oeste da Capital.