ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Lenine, Marcello Antony e Jarbas Homem de Mello esquentam o Metrópolis de domingo (24/5)




O músico pernambucano canta faixas de seu recém-lançado disco, Carbono, e conta detalhes do projeto. Já os atores falam sobre o musical Chaplin, em cartaz em São Paulo. O programa vai ao ar às 20h, na TV Cultura

Neste domingo (24/5), o Metrópolis recebe o cantor Lenine, que acaba de lançar seu último trabalho autoral: o disco Carbono. A edição também destaca outra novidade da cena cultural paulistana: o espetáculo Chaplin – O Musical. Para falar sobre a peça, o programa conta com a participação de seus protagonistas, Marcello Antony e Jarbas Homem de Mello. Apresentado por Adriana Couto, Cunha Jr. e Marina Person, o Metrópolis vai ao ar às 20h, na TV Cultura.

Gravado em estúdios no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Amsterdã, o álbum Carbono é a base do show homônimo de Lenine lançado no dia 30 de abril. A turnê, iniciada na capital paulista, irá percorrer o Brasil e o mundo. No palco do Metrópolis, o músico pernambucano mostra algumas das músicas que integram o projeto e detalha o processo de produção do disco, que vai da viola pantaneira ao afro jazz.

Já os atores Jarbas Homem de Mello e Marcello Antony, em cartaz em São Paulo com Chaplin – O Musical, conversam com os apresentadores sobre o espetáculo. Eles dão vida, respectivamente, a Charles Chaplin e Sydney, o irmão mais velho do ator e cineasta. Produzida por Claudia Raia, a peça, original da Broadway, percorre a carreira do artista desde sua infância até a consagração perante o público e a crítica, e desde o último dia 14 está no Theatro Net SP.

Serviço
Metrópolis

Domingo (24/5), às 20h, na TV Cultura



CATe está com mais de 4 mil vagas sem exigência de experiência anterior


A Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE), por meio do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), disponibiliza mais de 4 mil vagas ao público, destas 1.705 não exigem experiência anterior. As oportunidades são nas áreas do comércio e serviço.

Para repositor de mercadoria há 250 vagas – salário de R$ 1.085,00. Será necessário ter concluído o ensino fundamental para participar do processo seletivo.

Já operadores de telemarketing encontram 540 oportunidades entre ativo e receptivo, além da atuação conjunta. Destas vagas, 20 são para quem busca estágio nesse segmento e o salário é de R$ 550,00 por quatro horas diárias.

Quem não tem experiência e está cursando o ensino fundamental pode disputar uma das 159 vagas para atendente de balcão – salário de R$ 1.085,00. Há também oportunidades para esteticistas com duas vagas; ciclista de carga com um posto aberto; farmacêutico, também com uma vaga, e cuidador de idosos.

Profissional com deficiência - Para operador de caixa sem experiência, são 50 oportunidades que também não exigem experiência anterior – salário de R$ 1.085,00. E para quem busca trabalho na área educacional como professor de educação infantil, é exigido o ensino médio completo, o salário é de R$ 1.906,74. Para recepcionista em geral, o salário é de R$ 882,00.

Os interessados podem optar pelo envio do currículo pelo e-mail: eficientes@prefeitura.sp.gov.br.

Para se cadastrar e participar dos processos seletivos, o candidato precisa comparecer a uma das unidades do CAT com RG, CPF, carteira de trabalho e número do PIS. Outras informações e a tabela de vagas estão disponíveis no sitewww.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou na Central de Atendimento ao Munícipe, pelo telefone 156.

Agora os munícipes podem acompanhar as informações do CATe pelo sistema Android, basta baixar o aplicativo CATe eletrônico e verificar as vagas.

Importante: A quantidade de vagas veiculadas pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e do Empreendedorismo pode sofrer alterações conforme a procura e o preenchimento das mesmas.

terça-feira, 19 de maio de 2015

Vacinação derruba em 62% internações de idosos por complicações da gripe em SP

Dados da Secretaria de Estado da Saúde ainda mostram queda da mortalidade

Pesquisa inédita da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo realizada em parceria com o Instituto de Infectologia Emílio Ribas aponta que as internações de idosos com 60 anos ou mais em hospitais públicos do Estado por complicações decorrentes da gripe caiu 62% depois que a vacinação contra a doença foi introduzida no calendário da rede pública de saúde.

Segundo o estudo, entre 1995 e 1998 a média de internações de idosos por doenças respiratórias associadas ao vírus Influenza em hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde) era de 5.982 por ano. De 1999 (ano de introdução da vacina) a 2009, a média caiu para 2.275.

Os dados também apontaram queda de 43,4% nas mortes de idosos causadas por doenças respiratórias associadas à gripe. De 1995 a 1998 a média foi de 1.921 mortes por ano. Já entre 1999 e 2009 a média caiu para 1.088 mortes anuais.

“A partir desta análise, não resta dúvida de que as pessoas não devem perder, de forma alguma, a oportunidade de se vacinar contra a gripe, em especial aquelas que têm mais probabilidade de desenvolverem complicações do vírus Influenza, como é o caso dos idosos, por exemplo”, afirma a médica infectologista Ana Freitas Ribeiro, médica do Emílio Ribas e ex-diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria, responsável pela pesquisa.

Além dos idosos, crianças de seis meses a cinco anos, puérperas (que tiveram bebês nos últimos 45 dias), pessoas com doenças crônicas, profissionais de saúde, indígenas, a população carcerária, trabalhadores do sistema penitenciário e gestantes são considerados grupos mais expostos e vulneráveis às complicações da gripe. A campanha de vacinação contra a gripe vai até o próximo dia 22 de maio em São Paulo.

Gestantes

Na mesma linha de trabalho, a médica também fez um outro estudo voltado especificamente à investigação de mulheres grávidas que tiveram gripe A H1N1 durante a pandemia de 2009. Os dados mostram que não só as mães, como também os bebês podem sofrer as consequências da gripe durante a gestação.

O levantamento mostrou que 48 gestantes morreram no Estado de São Paulo com quadro de doença respiratória aguda na época. Em 26 dos casos (ou 54%), houve perdas fetais (aborto ou morte do bebê) em função das complicações na saúde da mãe.

Outras 185 mulheres que foram internadas por conta de gripe conseguiram sobreviver à doença, porém 24 (ou 12%) delas acabaram dando à luz enquanto estiveram internadas e em quase metade destes casos (11), os bebês nasceram prematuros. A vacinação contra a gripe para as grávidas começou no ano seguinte, em 2010.

Cinco passos para oficializar o casamento

É preciso levar testemunhas no agendamento e na cerimônia realizada em cartório


‘Casar de papel passado’. Esta expressão é usada popularmente para designar o casamento civil. Independentemente do sexo ou religião, o matrimônio, regularmente realizado em cartório, é válido em todo o território nacional. Ele produz efeitos em ampla escala, como a determinação do regime de bens e herança.

“O casamento civil é um contrato firmado entre duas pessoas com o objetivo de constituir uma família. Ele é formalizado por meio de uma celebração feita por um juiz de paz ou de direito. Ato contínuo, essa certidão é registrada na Serventia de Registro Civil, gerando uma certidão de casamento”, explica o advogado especialista em direito civil Fabricio Sicchierolli Posocco, do escritório Posocco & Associados – Advogados e Consultores.
Confira abaixo os cinco passos para oficializar o casamento, indicados por Posocco:

1º: Os noivos devem ir ao cartório de Registro Civil mais próximo da residência de um deles. Se forem solteiros, apresentem a cédula de identidade e a certidão de nascimento dos dois. Levem também duas testemunhas maiores de 18 anos. As testemunhas podem ser amigos ou parentes, menos pai e mãe.

2º: O cartório irá verificar se os documentos estão em ordem e se os noivos estão livres e desimpedidos para o casamento.

3º: Estando tudo certo, o oficial do cartório publica o edital do casamento na imprensa local para conhecimento público.

4º: É preciso aguardar entre 20 e 30 dias, para finalmente agendar a data da cerimônia.

5º: A celebração é realizada no próprio cartório, na presença dos padrinhos. Caso, os noivos optem por outro local, terão de solicitar a presença do juiz de casamento.

Vale ressaltar que o cartório irá cobrar taxas referentes ao casamento civil e ao edital. E, que os valores da cerimônia realizada nas dependências do cartório de Registro Civil têm preço diferenciado às celebrações externas.

Sobre o Posocco & Associados – Advogados e Consultores

O Posocco & Associados - Advogados e Consultores é um escritório de advocacia full service altamente qualificado, dinâmico e especializado. Fundado em 1999, para dar voz à sociedade e garantir seus direitos, atende o Brasil todo, através de unidades na Baixada Santista, São Paulo e Brasília, e de correspondentes fixados em diversas capitais do país. Para mais informações ligue para (13) 3467-1149, (11) 3373-7174, (61) 3226-8215 ou envie um e-mail para contato@posocco.com.br.

Por Emanuelle Oliveira (Mtb 59.151/SP)
Foto Pixabay/Dave175

quinta-feira, 7 de maio de 2015

MAGIA DO CINEMA COM UM TOQUE DE SUSTENTABILIDADE






* Desde junho de 2013, o projeto brasileiro CINESOLAR pega a estrada para levar sessões gratuitas de cinema a várias cidades do país. E tudo isso só é possível com a energia solar

** próximas sessões: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso, Tocantins, Pará e Goiás.

Você já se imaginou em uma sessão sustentável de cinema? Esta é a proposta do CINESOLAR, iniciativa brasileira que exibe filmes a partir da energia solar. Este cinema itinerante é o primeiro a utilizar a tecnologia no Brasil. O veículo, que está na estrada desde 2013, contabiliza números positivos a cada sessão e já alcança um público espectador de mais de 20 mil pessoas.

Patrocinado pela empresa Votorantim Cimentos, CINESOLAR promove a segunda temporada do circuito nacional a partir de abril. Durante a programação serão realizadas exibições de curtas e longas-metragens, além de oficina de produção audiovisual. Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público.

“O Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis. E por que não se beneficiar no campo do entretenimento, das artes e da cultura? Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, explica Cynthia Alario, idealizadora e coordenadora do CINESOLAR.

A segunda edição do projeto atingirá as cinco regiões do país. A ideia é democratizar e ampliar o acesso ao cinema brasileiro para os lugares que não têm salas de cinema comerciais ou carência de equipamentos culturais. Serão visitadas cidades dos estados de Goiás, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Tocantins e Mato Grosso durante os meses de abril, maio, junho e julho.

Os longas-metragens brasileiros que integrarão a programação de exibição do CINESOLAR já foram escolhidos e pretendem conquistar o gosto do público. São eles: O Palhaço, de Selton Mello, e O Menino no Espelho, de Guilherme Fiúza.

Os caminhos do projeto

Em abril do ano passado, o CINESOLAR iniciou seu primeiro circuito itinerante patrocinado pela Votorantim e levou exibições de filmes e oficinas de música orgânica para 20 cidades paulistas. Foram mais de 3,5 mil pessoas alcançadas em quatro meses de atividades.

SOBRE O CINESOLAR

O CINESOLAR é equipado com placas solares que possibilitam através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. No interior do veículo também há cadeiras para o público, sistema de som e projeção, telão e até uma cabine de DJ. Desde o início das atividades, o cinema já realizou mais de 130 sessões em quase 100 cidades, sem contar a economia de energia elétrica que chega a 300 mil Watts, equivalente a cerca de 750 horas de uma geladeira ligada sem interrupções.

Os filmes exibidos sempre trabalham questões ligadas à sustentabilidade com foco em três eixos: social, econômico e ambiental. Além das sessões, a iniciativa ainda promove oficinas de música orgânica e ecografite para crianças e adolescentes. Estas atividades propõem a reciclagem de materiais para a criação de instrumentos musicais e o preparo de pigmentos naturais, como argila e urucum, nas pinturas produzidas pelos participantes.

Mais informações: www.cinesolar.com.br


O Palhaço
PRÓXIMAS SESSÕES:

27/04 - em Seropédica/RJ
Quando? Segunda, dia 27/04, às 13h (sessão infantil) e às 19h (sessão do filme principal)
Onde? Anfiteatro Gustavo Dutra – UFRRJ (Rodovia BR 465 - Km 7 - Campus Universitário - Zona Rural)

28/04 - em Japeri/RJ
Quando? Terça-feira, dia 28/04, às 18h (sessão infantil) e às 19h (sessão do filme principal)
Onde? Quadra Poliesportiva do bairro Nova Belém

08/05- sexta-feira - em Viamão/RS
Quando? Sexta-feira, dia 08/05, às 18h30 (sessão infantil) e às 20h (sessão do filme principal)
Onde? E.E. Prof. Apolinário Alves dos Santos (Estrada RS 40, parada 85, KM 26 - Águas Claras)
Observação: Em caso de chuva, a sessão acontecerá dentro do escola

11/05 - segunda-feira - em Pinheiro Machado/RS
Quando? Segunda-feira, dia 11/05, às 18h30 (sessão infantil) e às 20h (sessão do filme principal)
Onde? Teatro Municipal Ludovico Pórzio (Rua Nico de Oliveira, 725)
Observação: Em caso de chuva, a sessão acontecerá dentro do teatro

18/05 - Itaú de Minas/MG

Quando? Segunda-feira, dia 18/05, às 18h30 (sessão infantil) e às 20h (sessão do filme principal)
Onde? Praça do Congo

20 e 21/05 - Edealina/GO

26 e 27/05 - Nobres/MT

01 e 02/06 - Xambioá/TO

05 e 07/06 - Primavera/PA

terça-feira, 5 de maio de 2015

ADYLSON GODOY E FAMÍLIA NO SESC VILA MARIANA

O Maestro Adylson Godoy que este ano etá completando 50 anos de carreira, vai realizar um show imperdível no SESC VILA MARIANA. Intitulado "Vida e Arte", o show traz sucessos autorais do compositor, acompanhados pela Camerata Erudsom composta de 16 músicos.
A surpresa desse show único será a participação da família Godoy no palco. O Maestro Amilson Godoy, o pianista Amilton Godoy e a cantora Adriana Godoy farão participação especial, marcando a data comemorativa e surpreendendo o público com o grande talento musical familiar que é uma das características da dinastia dos Godoy.



Conheça mais sobre o artista:

Maestro Adylson Godoy foi Diretor Musical dos programas “Fino da Bossa”, “Corte Rayol Show” e “Programa Hebe Camargo”. Comandou o programa “Boa Tarde Cartaz”, na TV Excelsior.

Fez os arranjos do disco, “Dois na Bossa Volume Dois”, de Elis Regina e Jair Rodrigues, entre outros tendo inúmeras composições gravadas por estes dois ícones brasileiros.

Obteve dezessete prêmios em Festivais (FIC Maracanãzinho, TV Excelsior, TV Record). Encerrou suas participações em Festivais após obter primeiro lugar no Festival Mundial da Venezuela, “Onda Nueva”, em 1972 com a música “Heróica” tocada por Zimbo Trio, interpretada por Sílvia Maria com arranjo do maestro Ciro Pereira. Vinte e seis países concorreram, bem como músicos de alta importância como Astor Piazzola e Dave Grusin. O júri era composto por nomes internacionais como Franc Purcel, Elmer Bernestain e Charlie Bird.

De 1998 a 2003 apresentou e dirigiu o “Programa Adylson Godoy - Vida e Arte” na Redevida de Televisão apresentando compositores, intérpretes e instrumentistas da música brasileira, levando mais de 200 artistas em rede nacional.

Possui mais de 250 músicas gravadas por nomes como Elizete Cardoso, Taiguara, Rosa Maria, Alaíde Costa, Silvia Maria, Maria Odete, Claudya, Walter Wanderley, Zimbo Trio, Elis Regina, Jair Rodrigues, Agnaldo Raiol, Márcia, Ronie Von, Leni Groves, Joe Pass, Nicolletta e Clara Nunes que se lançou em São Paulo no festival de TV Excelcior em 1966 com a música "Perdão".

No direito autoral, foi fundador do ECAD e na qualidade de Presidente da SICAM – Sociedade Independente de Compositores e Autores Musicais, liderou e venceu a luta contra a estatização dos direitos autorais no Brasil na época da ditadura. De 1996 a 2008 assumiu a Presidência da ASSIM – Associação de Intérpretes e Músicos (fundada por Elis Regina). Atualmente ocupa o cargo de Conselheiro na Ordem dos Músicos do Brasil em São Paulo e no Distrito Federal.

Atualmente desenvolve um projeto na área erudita com composições sinfônicas, com o objetivo de estabelecer uma ponte musical entre o erudito e o popular, notadamente com sua rapsódia escrita com 4 movimentos para piano e orquestra apresentada pela 1ª vez no memorial da América Latina com a Jazz Sinfônica Jovem regida pelo Maestro Roberto Sion e no mesmo local com a banda sinfônica jovem regida pela Maestrina Mônica Giardini.

Nesse espetáculo dia 15/05 - 21 horas - no Sesc Vila Mariana em São Paulo, todo esse segmento sinfônico e litero-musical, estará sendo apresentado com o seu grupo musical "Camerata Erudsom, que será regida pelo Maestro Amilson Godoy, com participação especial do pianista Amilton Godoy e da sua filha Adriana Godoy.

Site: www.adylsongodoy.com.br
Facebook: maestroadylsongodoy

sábado, 2 de maio de 2015

Fundação Síndrome de Down lança livro em 4º Fórum Internacional Síndrome de Down



Evento de abertura conta ainda com apresentação do músico Dudu do Cavaco

Mude seu Olhar, livro que será lançado no coquetel de abertura do 4º Fórum Internacional síndrome de Down, traz um convite à reflexão sobre as potencialidades das pessoas com síndrome de Down e conta com o apoio do Ministério da Saúde. O livro é também uma comemoração aos 30 anos da Fundação Síndrome de Down.

Mesmo com todo o avanço que se nota na sociedade, ainda há muita gente que não divide as tarefas com quem tem síndrome de Down acreditando que essas pessoas não conseguem cumprir certas tarefas. “Fomos rompendo com paradigmas tudo em função da nossa meta de olhar a normalidade de nossos filhos e não para as suas deficiências. E assim fazemos até hoje e queremos sempre inovar na medida em que eles possam responder. E eles sempre responderam aos desafios que fomos impondo”, comenta Lenir Santos, fundadora, vice-presidente da Fundação Síndrome de Down e uma das idealizadoras do livro.

Para mobilizar a reflexão, Mude seu Olhar reúne fotografias de crianças, adolescentes, jovens e adultos com síndrome de Down em nove tipos de situações do dia-a-dia, associadas a direitos fundamentais das pessoas com deficiência, nas várias fases da vida (da infância à vida adulta). Esses direitos estão preconizados na legislação nacional e internacional relativa à deficiência, como a, Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU. Os temas enfocados são: brincar, educação, direito de ir e vir, saúde e sexualidade, qualidade de vida, direitos civis, trabalho, lazer e moradia independente. As fotos são acompanhadas de depoimentos das próprias pessoas sobre sua vida e como se sentem em relação à situação retratada, de familiares e empregadores. Como pano de fundo para contextualizar e problematizar as situações retratadas nas fotografias, há um texto de apresentação da discussão relativa ao tema, os conceitos fundamentais relacionados, além de informações de contexto. Nesse sentido, o livro também apresenta alguns conceitos fundamentais e bastante atuais com relação à inclusão: o conceito de inclusão x integração, o conceito de deficiência da ONU, a questão das barreiras, o conceito de moradia independente.

Também no dia da abertura do 4º Fórum Internacional Síndrome de Down haverá a apresentação de Dudu do Cavaco, ator, percussionista e cavaquinista que mora em Belo Horizonte e integra o Grupo Zumberê, que se apresenta semanalmente no Espaço Cultural Obesertarório, em BH. Ele tem síndrome de Down e, junto com seu irmão Leonardo Gontijo, é idealizador do projeto Mano Down, por meio do qual leva apresentações musicais, palestras motivacionais e contação de histórias, conhecimento sobre a Síndrome de Down e uma lição de superação por meio da arte a todo Brasil.

Fórum

O 4º Fórum Internacional Síndrome de Down acontece de 20 a 23 de maio, no Auditório do Centro de Convenções da Unicamp e reúne especialistas do mundo todo a respeito da autonomia das pessoas com síndrome de Down. Entre os convidados, destaque para Maria Teresa Mantoan, doutora em Educação pela Unicamp e referência nacional no assunto; Beatriz Garvía, Josep Ruf Aixas, Andy Trias, todos da Fundação Catalana de Barcelona, Espanha; Alfredo Jerusalinsky, doutor em educação e desenvolvimento humano da USP, Carlo Lepri, pedagogo italiano que auxilia a Fundação desde 2007 no mercado de trabalho, Alberto Costa, pai, médico e pesquisador na Universidade Case Western Reserve, de Cleveland; Catriona Hippman, conselheira genética da Universidade de Columbia Britânica (Canadá) entre outros profissionais que se destacam em suas áreas (confira a programação completa no site http://www.fsdown.org.br/forum/programacao.htm)


SERVIÇO

4º Fórum Internacional Síndrome de Down
Lançamento do livro, dia 20h às 19h.
De 20 a 23 de maio, no Auditório do Centro de Convenções da Unicamp (Rua Elis Regina, 131, Barão Geraldo
Inscrições abertas podem ser feitas no site: http://www.fsdown.org.br/forum/inscricoes.htm

ARTISTAS CAPIXABAS DEVERÃO SER OUVIDOS PELO SECULT-ES EM 04 DE MAIO - 14 HS

Por: Carlos Augusto Peixoto



A CULTURA CAPIXABA NA BOCA DO FUNIL
ARTISTAS ACAMPAM E DORMEM NA PORTA DA SECULT-ES DESDE DIA 27

Pasmem, mas desde Segunda-feira,  dia 27 de Abril, que se encontram diversos movimentos culturais acampados na porta da SECULT- Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo. 

Todo este manifesto se deve ao fato do descaso do Governo Paulo Hartung com a cultura, onde, descontentes com a verba distribuída para os Editais de 2015 e não vendo soluções para um acordo amigável entre as partes (Conselho de Cultura e Secult-ES), sobrou apenas a solução para este manifesto, que se pretende estender até que seja atendido todos as necessidades da cultura.

Na discussão, vem sendo debatida a importância da criação de uma Lei de Estado de Incentivo à Cultura, (tal como já existe em diversos Estados do Brasil); onde o trabalhador da cultura teria seu mercado de trabalho expandido através da produção independente e poderia garantir o pão à mesa. 

A presidente do Sated-ES Verônica Gomes, destaca que, um Estado não pode viver somente de políticas de editais (que não é uma política e sim apenas premio), e num governo que tem tantos recursos como o Espírito Santo, a Petrobras como a nossa maior fonte de renda e o pouco avanço que a cultura vem tendo por falta do interesse do Governo Capixaba, e ela esclarece: " Eles pensam que artista é criança que se gambela com um doce e nada mais. Estamos exigindo respeito a nossa Classe e políticas culturais transparentes e dentro das necessidades discursivas dos Fóruns de Estado, Conselhos e Manifesto da Categoria. Queriam manobrar e calar o conselho de cultura e o resultado surtiu neste manifesto sem dia pra terminar até que sejamos atendidos e respeitados dentro da nossa importância para a contribuição social junto a cultura capixaba ". 

Se percebeu claramente, que, Verônica e demais categorias representativas da cultura capixaba, estavam muito revoltosos quanto a toda esta desordem ocorrida na Secretaria de Cultura do Estado, onde, pelo que se percebeu, não se pode argumentar e/ou negociar as pendencias, pois lembra um tipo de regime autoritário que muito se parece com a "antiga" ditadura Brasileira. Com tudo isso, os artistas lamentam e reclamam da falta de sorte por terem escolhido viver da arte e não terem condições mínimas de sobrevivência na cultura, sem o mínimo apoio do Estado, para se destacar no seu trabalho e levar uma vida digna de cidadãos Capixabas. 

Foi marcado pelo Secretário de Estado da Cultura Senhor João Gualberto, uma reunião extraordinária do Conselho de Estado da Cultura do Espírito Santo, para tentar solucionar estas pendencias. A data será no dia 04 de Maio de 2015, dentro do Teatro Carlos Gomes de Vitória-ES, no horário das 14:00 horas. 

Estarão presentes o Conselho de Estado da Cultura, Artistas diversificados, Entidades de diversas áreas da cultura, Fóruns, lideranças de governo, tal como a possível presença solene do Governador Paulo Hartung,  já convidado via ofício da ACAMP - Associação Capixaba dos Músicos, porém, acredita-se que ele poderá não comparecer enviando um representante, até porque se trata de uma figura do primeiro escalão do governo e não ficaria de bons modos não se justificar de alguma forma. 

Um panfletaço está acontecendo no dia de hoje pelos manifestantes da cultura que prometem fazer mais pressão até ter este caso resolvido definitivamente pelo Governador. E agora Governador você vai comparecer? Os profissionais da cultura lhe cofiaram o voto e você vai trair a confiança deles?

Alessandra Batista emagrece e faz ensaio sensual







É nocaute! Ring girl do XFC, Alessandra Batista faz ensaio sensual só de calcinha
A legendete ousou nas fotos e mostrou o corpão

Ring girl do XFC, Alessandra Batista fez um ensaio que leva qualquer marmanjo a nocaute. Só de calcinha, a assistente de palco do Legendários mostrou que esbanja beleza.

Apesar das medidas invejáveis, a loira pesa 63 kg, tem 1,69m de altura, 99 cm de busto e 98 cm de quadril, ela quer secar ainda mais para o Arnold Classic, evento fitness que irá acontecer no final de maio.

Alessandra, que já foi capa da Sexy, faz maior sucesso nas redes sociais. No Instagram, ela tem quase 150 mil seguidores.

PATO FU, VANGUART E NEVILTON FAZEM CLIPES COM APOIO CULTURAL DA SMIRNOFF

SMIRNOFF MOSTRA OS BASTIDORES DA MÚSICA NACIONAL COM AROUND THE WORLD

Webserie revela making of de clipes com dez bandas brasileiras





Foi durante uma viagem de carro pelo sul dos Estado Unidos que o diretor de TV Leo Longo e a roteirista Diana Boccara decidiram unir o universo do rock com o da estrada. Assim nasceu o Around The World, reality show online que vai criar 80 clipes de bandas ao redor do mundo. Em comum, os artistas envolvidos exploram o universo do rock com influências de outros ritmos e que usam a internet e as redes sociais como ferramenta de trabalho e de relacionamento ativo com o público.

“Poder escolher junto com as bandas qual música que será usada e todos os detalhes do roteiro traz uma voz muito mais autêntica para o clipe. E esse procFAZEM Cesso fica muito claro no making of, porque as discussões do bastidor são tão ricas quanto o produto pronto”, comenta Leo Longo.

Toda segunda, um novo clipe está disponível no YouTube do projeto. Dez bandas nacionais vão participar do projeto, que estreou com o vídeo da música “Eu era feliz” do Pato Fu. Na sequência estão “Despedida” dos Selvagens Fora da Lei, “Eu sei onde você está” do Vanguart, “Noite Alta” de Nevilton, “Lucky Girl” dos Brothers of Brazil e “Por um punhado de reais” de Vivendo de Ócio. Em comum, os artistas envolvidos exploram o universo do rock com influências de outros ritmos e que usam a internet e as redes sociais como ferramenta de trabalho e de relacionamento ativo com o público.

Além de criarem os vídeos com os músicos, Leo e Diana mostram, em parceria com SMIRNOFF®, também os bastidores e o dia-a-dia das gravações.

“Existe toda uma aura de glamour que envolve a indústria da música e poder mostrar a realidade desse universo, com os erros e acertos, traz a essência da campanha #umbrindeavidareal de SMIRNOFF®, que promove um debate sobre assumir a realidade e a sua identidade em qualquer situação”, diz Isabela Abbes, gerente de marketing de SMIRNOFF®.

Confira abaixo os links dos vídeos que já foram produzidos.



#01 Pato Fu – Eu era Feliz



#02 Selvagens à Procura da Lei - Despedida



#03 Vanguart – Eu sei onde você está



#04 Nevilton – Noite Alta




Sobre SMIRNOFF®

Criada em 1860 por Piotr Smirnov, na Rússia, SMIRNOFF® é uma das mais bem-sucedidas marcas de vodca do mundo. Há alguns anos, o Brasil vem se consolidando como um mercado estratégico e acaba de se tornar o terceiro principal consumidor desse produto para a DIAGEO, atrás apenas dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Seus diferentes rótulos atendem às diversas demandas do mercado e são encontrados no País nas versões SMIRNOFF®, SMIRNOFF BLACK®, SMIRNOFF ICE®, SMIRNOFF® FLAVORS, nos sabores Cranberry, Vanilla, Green Apple e Sunset Peach, e SMIRNOFF® CAIPIROSKA, Limão, Maracujá e Frutas Vermelhas. A empresa também tem como uma de suas principais preocupações o consumo responsável de bebidas alcoólicas, destinando parte da sua verba de marketing para campanhas de conscientização. Para maiores informações sobre consumo responsável acesse: www.drinkiq.com