segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Pratos saudáveis ajudam a prevenir câncer




Programa do HC-FMUSP e Incor mostra que é possível se alimentar de maneira correta para evitar a doença

         O câncer é uma doença perigosa, mas em muitos casos pode ser evitada com a ajuda de hábitos, estilo de vida e alimentação adequados.
         Na semana em que se celebra o Dia Nacional de Combate ao Câncer (27 de novembro), o programa “Meu Prato Saudável”, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e do Incor, unidades da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, mostra que a alimentação tem papel fundamental na prevenção de vários tipos de tumores.
         Alguns alimentos como frutas, legumes e verduras, auxiliam na prevenção do câncer, pois são fontes de fibras, vitaminas e minerais, contendo antioxidantes.
         As vitaminas, fibras e outras substâncias ajudam as defesas naturais do corpo a destruirem agentes cancerígenos antes que eles causem danos graves às células. Esses tipos de alimentos também podem bloquear ou reverter os estágios iniciais da formação de um tumor.
         Outras substâncias anticancerígenas são encontradas em alimentos como brócolis, tomate e soja, que devem ser consumidos de forma moderada.
         “Existem três hábitos fundamentais para levar uma vida saudável e prevenir-se contra o câncer: ter uma alimentação equilibrada, manter um peso adequado e praticar atividades físicas”, explica Elisabete Almeida, diretora-executiva do programa “Meu Prato Saudável”.
         Ela lembra, ainda, que a redução do consumo de sal, bebidas alcoólicas, carnes gordurosas ou processadas (embutidos, enlatados, defumados) e alimentos ricos em açúcares também ajuda a evitar a doença.
         “Esses alimentos contêm altas taxas de gordura, que prejudicam o organismo e aumentam os riscos de câncer”, afirma Elisabete.
         Para aumentar a ingestão desses alimentos, ricos em substâncias protetoras, segundo Elisabete, deve-se preencher metade do prato com verduras e legumes (crus e cozidos), variando bastante a qualidade dos legumes e verduras, ingerindo alimentos de cores diferentes.
         Para a outra metade, coloque 1/4 de alimento rico em proteínas (carne de boi, frango, peixe, ovos, com pouca gordura), que pode ser complementada com leguminosas (feijão, grão de bico, soja, lentilha); e o outro 1/4 com alimentos ricos em carboidratos, de preferência em sua forma integral, rico em fibras (arroz, massas, batatas, mandioca, mandioquinha, farinhas).

Outras dicas de alimentação que podem prevenir o câncer:

·         Aumentar o consumo de frutas e vegetais para pelo menos cinco porções ao dia. Estss alimentos proporcionam diversos componentes preventivos, incluindo fibras, antioxidantes (betacaroteno, vitaminas A, C e E), e uma variedade de fitoquímicos (em alimentos como o alho, cebola, soja, chá verde e gengibre).
·         Aumentar o consumo de alimentos preventivos do câncer, como brócolis, pimentão, cebola, alho, chá verde, rabanete.
·         Aumentar o consumo de fibras para 25g a 35g por dia. O consumo de seis porções diárias de grãos integrais e pães e cereais ricos em fibras ajudará a atingir este objetivo.
·         Reduzir o consumo de gorduras, dando preferência a preparações naturais, assados, grelhados ou cozidos.
·         Limitar o consumo de carnes vermelhas para menos de três vezes por semana, e mesmo assim dar sempre preferência a carnes magras. As carnes brancas, como filé de peito de frango, filé de peito de chester ou filé peixe são boas opções.
·         Evitar o consumo de alimentos em salmoura, curados, em conservas e defumados.
·         Evitar ou moderar o consumo de bebidas alcoólicas.
·         Acumular 30 minutos de atividades físicas durante 30 minutos por dia, cinco dias por semana.

*
*
*
Publicidade:

terça-feira, 6 de novembro de 2012

ELIANA MALIZIA REGISTRA O MUNDO SOB DUAS RODAS



Se o fato de ser uma das poucas mulheres a encarar esse tipo de aventura fosse pouco, imagine que ela ainda arruma tempo para dedicar-se ao boxe, corrida, ciclismo e aviação, isso mesmo, Eliana Malizia atesta que a sua brevê (carteira de aviação) está bem próxima.

A paixão pelas duas rodas despertou logo cedo, aos 18 anos, quando ainda era menina transitava pela cidade em cima de uma scooter, a partir daí a paixão foi crescendo e paralelamente suas máquinas também!

Pelas suas contas Eliana Malizia já percorreu aproximadamente 25.000 km em suas viagens desde 2008 e esse número não para de crescer.

Temos muitas histórias e diversa fotos de suas viagens em alta resolução.



CURIOSIDADES POR ELIANA MALIZIA

- A mais distante viagem que fiz de moto foi no final do ano passado, parti de São Paulo e segui até Punta del Leste no Uruguai, de lá, conheci Montevideo, Colônia del Sacramento , peguei uma balsa e fui até Buenos Aires, e de lá voltei para SP. Foram 5500 Km rodados. Essa viagem realizei em grupo, um grupo chamado EDA ( Embriagados do Asfalto). Essa viagem virou matéria e claro falei sobre o grupo, mas não deixei os leitores saberem o que significa a sigla EDA, mas estou contando aqui no pânico. 
- Morei nos EUA e lá tive uma Kawasaki Ninja 600CC, logo que cheguei em L.A. procurei na internet passeios e encontros de motociclistas. Fui ao encontro de uma turma em HOLLYWOOD,  começamos a rodar a cidade e de repente toda a galera de moto começou a fugir da policia. Sem entender o pq tive que fugir também. Depois fui descobrir que esses motociclistas, eram famosos em abusar da velocidade (Velozes e Furiosos), fazer manobras e barulho nas ruas de forma ilegal. Quase me encrenquei logo que cheguei na cidade.

- Viagem inusitada e diferente: Da Espanha a Marrocos. Ser mulher motociclista em um país onde não se vê mulheres nem pedalando uma bicicleta, foi bastante curioso aos nativos.

-  Nesta viagem, ( Marrocos ). perguntei para uma muçulmana se ela gosta do jeito que vive. Ela me respondeu que gosta e que se engana se penso que a minha situação é melhor que a dela. Ela me deixou sem palavras quando disse, que a situação ruim era a minha, pois eu vivia em um país onde a mulher tem obrigações de ser independente e bem sucedida. No país dela ela não tem essa obrigação e se por acaso sentir necessidade de poder usar um jeans e mostrar o rosto e cabelos ela poderia optar em morar na Capital de Marrocos, Rabat, já que lá tudo é um pouco mais "moderno". De fato foi o único local que vi mulheres dirigindo carros, motonetas, e usando jeans e cabelos expostos.

Ainda em Marrocos os homens ofereciam camelos para casar comigo. Me ofereciam haxixe e me fizeram um convite para entrar na plantação de um deles. Eles são um dos maiores produtores de haxixe do mundo.
Um deles chegou a falar em português: Quer um “bagulhinho”?

-          Quando para de moto no acostamento nas estradas, geralmente para fazer fotos ou beber água, sempre param carros e caminhoneiros perguntando se preciso de ajuda, se aconteceu algo. Engraçado, como ainda existem homens "gentís". Inclusive no trânsito de São Paulo, percebo como as pessoas respeitam mais quando notam que uma mulher motociclista esta passando.

- Um dia desses para escrever uma matéria sobre trânsito, anotei quantas fechadas levei pilotando minha moto nas avenida 23 de maio e marginais - em 2 horas de trânsito, levei uma média de 22 fechadas.

- Em cima da moto, nas ruas e estradas acontece muito  de eu ultrapassar alguns motociclista homens, muito engraçado que de imediato quando eles percebem que uma mulher passou a frente deles, eles aceleram e fazem de tudo para me ultrapassar. Acho engraçado como muitos homens ainda são machistas e não entendo o porque se sentem inferiores quando uma mulher os ultrapassa de moto. Não estou nas ruas para disputar com ninguém.

- Já peguei estrada de chão ( terra) de moto que tinha pneu não apropriado para ocasião. Uma certa vez que arrisquei uma aventura dessas, choveu forte e a estrada virou uma lama, cai e tive que pedir ajuda para levantar a moto e fui socorrida por um trator. Cuidadosamente colocaram minha moto em cima do trator e me levaram até  a estrada de asfalto. Faz parte da aventura.

- No dia a dia, muitas pessoas duvidam e me perguntam como consigo pilotar motos tão pesadas.

- Das viagens de aventura, a mais emocionante foi um rapel em um Abismo em Bonito - Mato Grosso. Rodei em um dia só 1300 km de moto até Bonito.   A aventura maior dessa viagem foi praticar o rapel no abismo, e dentro dele mergulhar em uma lago com mais de 80 metros de profundidade. Subir de volta com o rapel, foi o desafio mais cansativo.

- Outro esporte apaixonante são os saltos de paraquedas que todo ano no mês ou dia do meu aniversário eu pratico um salto comemorativo.

- Campos do Jordão, anos atrás, quando ainda não tinha  minha moto, alugava motos para fazer trilhas. Uma vez me aventurei sozinha e fui perceber que a moto que aluguei estava sem farol , quando anoiteceu.  Fiquei por horas no meio do mato no escuro esperando algum carro passar para poder seguir a diante (seguindo o carro).

- Viajei muito de L.A. até Las Vegas, foi outra aventura inesquecível em minha vida. E viajar nas estradas dos EUA é realmente deliciosa e mais segura, de fato as pessoas são mais educadas e a polícia não dá mole.

*
*
*
Publicidade:

HAVAIANAS PARA O REVEILLON


Sete desejos para o ano novo
Havaianas se inspira na tradição brasileira de pular ondas na virada do ano e traz uma edição limitada para o Reveillon

Neste fim de ano Havaianas convida todo mundo a pular as tradicionais sete ondas e fazer sete desejos após a meia-noite. É assim que a marca lança dois modelos exclusivos para o Reveillon, um para eles e outro para elas. Uma sandália Slim com tira e logo dourados é feminina na medida certa para as mulheres e para os homens a opção é a tira bicolor em cinza e branco,
 neutra para agradar todos os gostos.
Presente certeiro para as festas de fim de ano, o modelo exclusivo poderá ser encontrado nas lojas Havaianas e no e-commerce da marca a partir de 05 de novembro.



Preços
 Feminina: R$ 36,90
Masculina: R$ 34,90
A sandália poderá ser encontrada na numeração 33/34 a 45/46.

Para encontrar uma Loja Havaianas acesse:  www.havaianas.com.br
SAC (11) 2505-7405 e outros estados: 0800 70 70 566


*
*
*
Publicidade: