ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Rivaroxabana é indicada pelo FDA para redução de eventos cardiovasculares em pacientes com síndrome coronariana aguda

São Paulo, 30 de janeiro de 2012 – O Food and Drug Admistration (FDA), órgão responsável por medicamentos nos Estados Unidos, acaba de indicar a rivaroxabana (Xarelto®, da Bayer HealthCare Pharmaceuticals) para a redução do risco de recorrência de eventos cardiovasculares em pacientes com Síndrome Coronariana Aguda (SCA). O órgão norte-americano concedeu o status de “fast track” a essa nova indicação, o que permite acelerar a aprovação do medicamento para pessoas com SCA, sendo esse o único novo anticoagulante oral submetido à análise para esses casos.

A nova indicação foi apoiada por dados do estudo fundamental global de Fase III, ATLAS ACS 2-TIMI 51. Os resultados do estudo foram apresentados nas Sessões Científicas de 2011 da American Heart Association (AHA) e publicados pelo periódico New England Journal of Medicine. De acordo com a pesquisa, a combinação de rivaroxabana com a terapia antiplaquetária padrão em pacientes que sofreram SCA recente reduziu significativamente os eventos de morte cardiovascular, infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral em comparação com aqueles que receberam somente a terapia antiplaquetária habitual.

Sobre a Síndrome Coronariana Aguda

A síndrome coronariana aguda (SCA) é uma complicação da doença cardíaca coronariana, que constitui uma das mais prevalentes doenças não transmissíveis no mundo e a principal causa de morte nos EUA. A SCA ocorre quando um coágulo bloqueia uma artéria coronária, reduzindo o fornecimento de sangue ao coração. Essa interrupção do fluxo sanguíneo pode causar um ataque cardíaco de forma direta ou dor intensa no peito (angina instável), indicando a iminência de um ataque cardíaco.

Sobre a rivaroxabana
A rivaroxabana é um anticoagulante oral que foi descoberto nos laboratórios da Bayer HealthCare, em Wuppertal, na Alemanha, e está sendo desenvolvido em conjunto pela Bayer HealthCare Pharmaceuticals e a Johnson & Johnson Pharmaceutical Research & Development, L.L.C.

Comercializado sob a marca Xarelto®, tem um rápido início de ação com uma dose-resposta previsível e alta biodisponibilidade, não exige o monitoramento da coagulação e também possui baixo potencial de interação com alimentos e outros medicamentos,
Xarelto® já é comercializado para prevenção do tromboembolismo venoso (TEV) em pacientes adultos, após cirurgias eletivas de substituição do joelho ou quadril e é o único anticoagulante oral que demonstrou eficácia superior em relação à enoxaparina para esta indicação. Xarelto® também foi aprovado pela ANVISA para prevenção de Acidente Vascular Cerebral (AVC) em pacientes com Fibrilação Atrial (FA) e Tratamento de Tromboembolismo Venoso. Até o momento, a rivaroxabana foi lançada com sucesso em mais de 85 países pela Bayer HealthCare Pharmaceuticals para esta indicação.

Sobre a Bayer HealthCare Pharmaceuticals
A Bayer HealthCare Pharmaceuticals, divisão da Bayer HealthCare, reúne 38 mil funcionários, em mais de 150 países e está entre as 10 maiores corporações de especialidades farmacêuticas do mundo com faturamento anual superior a €10 bilhões. A Bayer HealthCare Pharmaceuticals é formada pela união mundial da Bayer e da Schering AG, oficializada em 2006. A unidade brasileira é a sua maior subsidiária na América Latina. A atuação no Brasil contempla diferentes áreas de negócio: Saúde Feminina, Medicina Especializada, Medicina Geral e Diagnósticos por Imagem.

Curso online de Biossegurança em Laboratório Clínico