ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Artista visual pernambucano Daniel Santiago debate sobre a performance na arte contemporânea

O artista visual pernambucano Daniel Santiago (Garanhuns PE 1939) debaterá o tema “A performance na arte contemporânea”, dentro do programa de debates Papo XXI, no Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108), na próxima terça-feira, 23, às 19 horas, com entrada franca. Ele conversará sobre o tema com o artista visual Yuri Firmeza e a platéia presente ao Centro Cultural, que poderá formular perguntas por escrito. No dia seguinte (quarta-feira, 24), às 16 horas, Daniel Santiago fará uma performance na praça Murilo Borges (ao lado do CCBNB-Fortaleza).
Daniel Santiago, em 1973, ingressou na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Paralelamente, cursava jornalismo na Universidade Católica de Pernambuco. Tomou contato com produção audiovisual no curso de jornalismo, indo trabalhar na televisão como roteirista. Na UFPE, conhece Paulo Bruscky, com quem lançaria, em 1974, o Manifesto/Movimento Nadaísta, realizando exposições nas quais havia folders, coquetel, mas nada era exposto. Santiago aprendeu a desenhar ainda menino, com um tio, e não parou mais. Aos 17 anos, ingressou na Aeronáutica e foi transferido para Salvador. Nessa época já dominava todas as técnicas de desenho: grafite, bico-de-pena, aguada, aquarela e guache. Desde os anos 1970 realiza arte na rua.