ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Fuja dos “Relacionamentos Fantasmas” e curta o dia dos namorados solteiro

Psicólogo Alexandre Bez dá dicas de como esquecer os maus momentos do passado e aproveitar o dia 12 de Junho


Foto: Divulgação

Um dia com troca de presentes, jantares românticos e declarações de amor. Essa é a programação do “Dia dos Namorados” para a maioria dos casais, que a cada ano vem dando mais espaço e importância para esta data. Essa mudança pode ser constatada pelo crescente número de reservas em restaurantes e na quantidade de caixas de bombons e buquês de flores vendidos. A necessidade que o indivíduo tem de participar desse tipo de evento, já pode ser comparado às grandiosas festas de fim de ano, e uma eventual exclusão social pode levar a crises de ansiedade, desilusão, depressão e até mesmo a um estado extremo de frustração.

Em época de datas comemorativas, o inconsciente do indivíduo pode dominar o estado psicoemocional e trazer à tona lembranças desagradáveis de antigos relacionamentos que aparentavam estar resolvidos, mas que continuam em estado latente de repressão, os chamados “Relacionamentos Fantasmas”. Junto disso, sentimentos como tristeza, angústia e mágoa voltam a aflorar.

De acordo com o psicólogo Alexandre Bez – especializado em Ansiedade e Síndrome do Pânico pela universidade da Califórnia e Relacionamentos pela Universidade de Miami, Flórida: “Em situações onde há um ex somado a presença dos filhos da antiga relação a situação pode se agravar. O sujeito pode tentar proporcionar um falso revival, o conhecido flashback, trazendo complicações a tona relacionadas a rotina de ambos, o que não é aconselhável. O medo da solidão, principalmente no dia 12 de Junho, pode fazer com que casais separados tentem retomar um relacionamento que já não existe, não se propondo a conhecer novas relações. “Ex é ex” e merece receber cordial respeito e não reaver algo que passou. Freud já dizia: O passado foi feito para ser ultrapassado”, finaliza.


Saiba como aproveitar o dia 12 de Junho e não sofrer com as relações fantasmas:

- Viva a data normalmente, sem se preocupar com as reminiscências psicológicas do passado;
- Procure sair com os amigos para lugares que não remetam as antigas relações;
- Saiba relembrar os momentos do relacionamento anterior de forma saudável e positiva;
- Tente praticar alguma atividade física no dia. Essa pode ser uma grande oportunidade de melhorar os maus hábitos, além de ser uma excelente maneira de esquecer os momentos da antiga relação;
- Procure não transferir características pessoais e fantasiar momentos de seu antigo relacionamento ao atual se tiver;
- Dê o devido valor ao sua relação atual, desfrutando o momento e não fantasiando em cima da relação anterior;
- Fuja da depressão. Ficar em casa em uma data como esta só acarretará maus pensamentos;
- Caso a data coincida com a visita de seu ex-parceiro aos filhos, faça o possível para não ter um encontro indesejado.

Fonte: Assessoria Márcia Stival