ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Havaianas lança novidade para o Dia dos Namorados

Casais divertidos e surpreendentes estampam modelos especiais da Havaianas

Havaianas para o dia dos namorados
Dia dos Namorados sem coração, sem serenatas, sem vermelho-paixão. Não, o cupido não esta em greve. Este ano a data será celebrada cheia de autenticidade com Havaianas nos pés. A marca estampa dois modelos diferentes de sandálias com democráticos casais apaixonados. Um para ele – cinza e preto – e outro para ela – branco e pink – estas Havaianas especiais para o Dia dos Namorados prometem ser uma divertida declaração de amor.

Preços:
Havaianas para ele: R$ 25,90
Havaianas para ela: R$ 28,90

Espaço Havaianas
Rua Oscar Freire, 1116 (55 11 3079 3415)

Franquias Havaianas: consulte endereço no site www.havaianas.com.br

Civilização Maya no Centro Cultural BNB-Fortaleza

Exposição mostra história da cultura e da civilização Maya no Centro Cultural BNB-Fortaleza







Uma exposição que mostra parte da história da civilização Maya será aberta no Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108), na próxima sexta-feira, 29, às 18 horas. Denominada ROTA MAYA, a exposição ficará em cartaz até o próximo dia 08 de maio. Com entrada franca, a mostra resulta de parceria entre o BNB e a Câmara de Comércio El Salvador-Brasil.
O acervo da exposição conta com mais de 140 peças, entre réplicas e originais com mais de 1.800 anos de existência. As peças variam entre máscaras, frascos de perfumaria, pratos e estatuetas, além de variadas peças arqueológicas. Os textos, fotos, estandartes e materiais adequados ao tema compõem o cenário perfeito para mergulhar no universo desta exposição cheia de mistérios, ciência, arte, escrita, arquitetura, matemática e astronomia.
A história da civilização Maya começou no ano de 1.800 a. C., quando surgiram os primeiros acampamentos na região de Soconusco. Com o tempo nasceram grandes centros de cultura, religião e comércio, que impulsionavam os Mayas ao desenvolvimento.
Durante a história dos Mayas, foi desenvolvido um acervo cultural admirado até hoje. A arte Maya, com seus entalhes em madeira e pedra, é considerada por muitos como uma das mais belas da era Clássica. Muitas amostras de arte Maya permanecem disponíveis atualmente – incluindo cerâmica, murais, esculturas e a impressionante arquitetura dos seus sítios arqueológicos. Os Mayas também são responsáveis pela primeira linguagem escrita do continente americano – o alfabeto conhecido como hieróglifos Mayas.
Desde a queda da civilização Maya, em 1695, seu legado cultural continua encantando milhões de pessoas mundo afora. Em 2005, o sítio arqueológico de Chichen Itza, foi eleito uma das 21 maravilhas construídas pelo homem no mundo atual, ao lado de monumentos como a Torre Eiffel, a Grande Muralha da China e o Cristo Redentor.

Cultura e civilização Maya
A cultura Maya floresceu há 4.600 anos, quando tribos nômades agruparam-se e se estabeleceram em terras hoje situadas no México, Belize, Guatemala, Honduras e El Salvador. Representantes da cultura mais desenvolvida da América pré-colombiana, os Mayas dominavam conhecimentos como complexa arquitetura monumental, sistema numérico com base em sequência vigesimal, calendários precisos, inclusive calendário solar de 365 dias que permitia precisar data passada ou futura em espaços de milhares de anos, assim como conhecimentos astronômicos que permitiam definir ciclos estelares regulares e que continham uma cosmovisão integradora de espaço e tempo.
A civilização Maya teve características próprias que a situa entre as grandes civilizações da história da humanidade, cidades-estado governadas por uma pessoa que concentrava o poder político, civil e religioso, sociedade estratificada e linguagem que combinava logogramas e símbolos fonéticos que permitiam expressar qualquer ideia e relatar feitos heroicos. Os Mayas foram os únicos a alcançar tal conhecimento em toda civilização pré-colombiana.
A região da América Central, com uma extensão de aproximadamente 540 mil km2, ofereceu aos Mayas montanhas de bosques, vulcões, onde eles construíram sítios arqueológicos imprescindíveis, além de possuir vales férteis, lagos e praias banhadas pelas águas do Pacífico e Atlântico com suas areias de erupções vulcânicas. Como contrapartida, recebeu um abundante acervo arqueológico, em grande parte ainda inexplorado, e uma vasta cultura representada na produção de artigos de barro, cerâmica, bambu, plumas, madeira e têxteis confeccionados pela criatividade dos artesãos mayas e transportados para a exposição ROTA MAYA.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

ALDO REBELO: DIVERGÊNCIAS SUPERADAS

As divergências em torno da reforma do código florestal estão praticamente superadas, garantiu nesta quarta feira (13/04) o relator do projeto que propõe mudanças no Código, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP). A declaração foi dada à imprensa após reunião com o presidente da República em exercício, Michel Temer, e diversos parlamentares, inclusive os ligados aos movimentos ambientalistas. Aldo Rebelo ressaltou que já há consenso em torno dos principais pontos do seu relatório.

“Nós nos aproximamos do acordo, se não definitivo, pelo menos em torno de 98%, 99% do relatório”, disse Rebelo.

O deputado ressaltou que deve manter em seu relatório a proibição de novos desmatamentos por um prazo de cinco anos. Ele chegou a cogitar retirar o dispositivo do texto do projeto para atender ao apelo de diversos governadores, dentre eles, o de Tocantins e do Piauí. Mas hoje, durante a reunião no Palácio do Planalto chegou-se a um acordo com os ambientalistas para manter o chamado desmatamento zero. O deputado afirmou ainda que os produtores rurais que desmataram, desrespeitando a lei, terão tratamento diferente dos que a respeitaram. A grande crítica ao projeto era a anistia indiscriminada aos desmatadores.. “Essas diferença podem ser introduzidas no texto sem qualquer problema”, afirmou Aldo.

O ex-presidente da comissão especial criada para analisar propostas da reforma do código florestal, o deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR), disse que o encontro com Temer contribuiu para superar as divergências. Segundo Micheletto, o relatório de Rebelo está pronto para ser votado pela Câmara.

“Houve esse entendimento entre o relator e as lideranças e acho que, com isso, aprimoramos mais o relatório do deputado Aldo Rebelo. Percorremos o Brasil por um ano e meio, mas fica ainda um ponto discutível quanto ao aspecto da largura da mata ciliar dos rios. A partir dessa reunião com o presidente em exercício, Michel Temer, é que houve um avanço extraordinário entre aquele que produz alimento e o meio ambiente. Esse é o ponto que podemos destacar”, relatou Micheletto.

Para o deputado Moreira Mendes (PPS-RO), a reunião com Temer demonstrou a posição do governo de querer resolver o assunto. “Não diria que foi o ponto final, mas foi um sinal positivo do governo se manifestando que quer resolver o assunto. Na minha avaliação, acho que temos todos os elementos ao plenário na primeira semana após a Semana Santa”.

Amanhã, o presidente em exercício tem encontro marcado com os ministros do Meio Ambiente, da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário para definir a postura do governo em relação à reforma do código florestal.

FABIANA SAMPAIO

Cursos Online na área de Ciências Agrárias e da Terra

sábado, 9 de abril de 2011

Tecnologia Bluetooth para deficientes auditivos será apresentada na Reatech 2011

O aparelho assimila as regulagens manuais feitas pelo próprio usuário, assim, com o tempo de uso, programa as preferências do paciente e reduz a necessidade de ajustes. Soluções podem ser usadas também para gagos.

Tecnologia, e soluções práticas para quem enfrenta deficiências auditivas são a meios para melhorar a desenvoltura da audição. Prova disso são as novidades que serão apresentadas pelo grupo Microsom na X Reatech (Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade), realizada de 14 a 17 de abril, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.

Dois lançamentos serão apresentados: o Passport e Latitude, são modelos que oferecem diversas vantagens, entre elas escutar músicas de um tocador de MP3 ou até mesmo falar ao celular sem precisar estar com o telefone móvel próximo da orelha. Esta interação entre os aparelhos é permitida porque o som que sai do equipamento portátil é enviado via Bluetooth para um acessório utilizado no pescoço do usuário (espécie de um colar) e convertido para uma tecnologia que transmite as informações para o aparelho auditivo.

Segundo o diretor comercial do Grupo Microsom, Dilson Pavezi, será exposto também o SpeechEasy, único aparelho no mundo para tratamento da gagueira e comercializado com exclusividade pelo Grupo Microsom no Brasil desde 2008. “O objetivo da empresa é apresentar aos visitantes a linha completa de aparelhos auditivos a fim de proporcionar melhor qualidade de vida às pessoas com perda auditiva e com gagueira”, afirma Pavezi.

Além da exposição de produtos tecnológicos, a Reatech contará com uma extensa programação de artes cênicas e grupos de dança compostos por artistas com deficiências; atividades de Pet e Equoterapia; galeria de arte; parque infantil adaptado; quadras adaptadas para a prática de esportes; test-drive de carros adaptados, de cadeiras de rodas motorizadas e scooters; palestras, congressos médicos, seminários e atividades abertas ao público entre outros. Incorporando os conceitos de acessibilidade corporativa e empregabilidade, diversas empresas também utilizam a feira como mecanismo de captação de currículos de pessoas com deficiências. Só na última edição, foram oferecidas pelos expositores mais de 6 mil vagas diversas de trabalho para pessoas com deficiência.

Informações sobre a próxima edição estão disponíveis no site http://www.reatech.tmp.br/  ou pelo fone (11) 5585-4355.

SERVIÇO

Reatech –X Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade
Local: Centro de Exposições Imigrantes - Rodovia dos Imigrantes Km 1,5 - São Paulo (SP)
Dias 14 a 17 de abril
Horário: quinta e sexta das 13h às 21h; sábado e domingo das 10h às 19h
Mais informações: http://www.reatech.tmp.br/  ou pelo telefone (11) 5585-4355

Entrada gratuita

OBS: Também será oferecido diariamente transporte gratuito (ida e volta), saindo da Estação Jabaquara do Metrô (Rua Nelson Fernandes, 400 – ao lado do terminal de ônibus)

* Katiuscia / Vanessa

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Consumo de Peixe aumenta durante a Semana Santa

O consumo de peixes e frutos do mar aumenta na Semana Santa, quando muita gente evita o consumo de carne vermelha. No entanto, especialistas alertam que o incentivo ao consumo deste alimento deve ser frenquente e não apenas em datas especiais. O peixe deve estar presente nos menus de todas as famílias, pois é excelente fonte de proteínas completas e, principalmente, de minerais como fósforo e potássio, que auxiliam na formação e fortalecimento dos ossos e renovação das células do corpo, respectivamente.

Além disso, os peixes de águas geladas, como salmão e atum, são ótimas fontes de ácido graxo Ômega 3 – um tipo de gordura importante para a saúde do nosso coração, redução da pressão arterial, ação antiinflamatória e diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total do sangue. Apesar de ser um alimento completo, os brasileiros consomem muito pouco peixe – possivelmente em razão do custo alto- cerca de 30% mais alto do que frango ou carne vermelha e também por falta de hábito da população.Segundo especialista é importante diminuir o consumo de carnes gordurosas e frituras que não agregam valor nutricional e incorporar os pescados na alimentação do dia a dia.



Dicas de conservação do alimento


Para conservar o pescado de maneira correta, algumas dicas são necessárias:
• A carne precisa ter uma boa qualidade inicial;
• Peixes pequenos podem ser congelados inteiros, enquanto peixes grandes precisam ser cortados em filés ou postas;
• Remova primeiramente as barbatanas e escamas;
• Em seguida, faça um corte no ventre para eliminar as vísceras;
• Retire cauda e cabeça;
• Lave bem, enxugue e envolva em plástico transparente, apertando bem;
• Se dividido em filés, congele separadamente em papel filme, sempre datado.



Fonte: Weruska Barrios, nutricionista do Hospital Samaritano de São Paulo

Arcor lança Experiência Butter Toffees Mousse de Maracujá em 3D no Shopping Cidade Jardim

Filme em 3D ressalta o diferencial do novo sabor mousse de maracujá

São Paulo, abril de 2011 – O lançamento do caramelo Butter Toffees Mousse de Maracujá, da Arcor, está sendo apresentado em um filme com tecnologia 3D no Shopping Cidade Jardim. A ação, que teve início no mês passado se estenderá até agosto e poderá ser apreciada pelos visitantes que circularem nos corredores do local.

O filme ressalta os grandes diferenciais do produto: o sabor único do mousse de maracujá, a cremosidade da calda de caramelo, a sofisticação da embalagem e os logos Arcor e Butter Toffees.

O lançamento está sendo apresentado em 6 telas 3D LCD (42’’) estrategicamente posicionadas no Shopping, durante 8 horas por dia.
Segundo Gabriel Porciani, Diretor de marketing de Chocolates e Guloseimas da Arcor, “O Shopping Cidade Jardim foi escolhido para este lançamento por apresentar a sofisticação que o produto representa, garantindo-lhe a exposição a um público de cerca de 400.000 visitantes por mês”.

As balas Butter Toffees estão disponíveis no mercado brasileiro na versão Leite, nos sabores Café, Chocolate, Coco, Leite e Torta de Limão, na versão Chokko, nos sabores Cereja, Menta, Chokko e Trufa e a novidade Mousse de Maracujá na versão Leite.

Sobre a Arcor

A Arcor é líder mundial na produção de balas, principal exportadora de guloseimas do Brasil, Argentina e Chile e uma das maiores fabricantes de chocolates da América Latina. É também a maior empresa do segmento de biscoitos da América do Sul.

Dançaria Passos & Compassos oferece bolsas de estudo para dança de salão

A escola, localizada na Vila Mariana, já abriu inscrições para a seleção de bolsistas, que irá acontecer no dia 28 de abril. As vagas são voltadas para homens e mulheres, na faixa etária entre 15 e 50 anos, e não é necessário ter experiência na área. Os que se destacarem na função, ainda terão a chance de participar do grupo de dança da escola.

O teste da Dançaria Passos & Compassos será realizado no dia 28 de abril (quinta-feira) às 18h, durante uma aula de dança, onde serão avaliadas as características ritmo, postura, coordenação, criatividade, raciocínio e consciência corporal. Serão selecionadas 30 pessoas (15 homens e 15 mulheres) com idade entre 15 e 50 anos, mesmo sem qualquer experiência na área. O principal requisito é gostar muito de dançar.

Os selecionados devem ter disponibilidade para frequentar a escola por um período de 9 horas semanais (aproximadamente três vezes por semana), além das aulas e reuniões especiais para bolsistas. Além disso, receberão bolsa de estudo integral para qualquer curso de dança de salão na Dançaria Passos & Compassos, cujo preço é de R$ 110 por mês.

Os que se destacarem serão convidados para integrar o grupo de dança da escola, participando da montagem de coreografias e apresentações. Os mais interessados podem participar do curso de formação de professores da Passos & Compassos, após o período mínimo de 6 meses como bolsista.

Mais informações e inscrições na Dançaria Passos & Compassos (R. Afonso Celso, 95 - Vila Mariana), pelo telefone (11) 3294-0101 ou pelo email dancecom@passosecompassos.com..br.
www.passosecompassos.com.br

Presidenta recebe mulheres do Movimento dos Atingidos por Barragens‏

A presidenta Dilma Rousseff recebeu hoje (7/4) no Palácio do Planalto, em Brasília, cerca de 450 mulheres do Movimento de Atingidos por Barragens - MAB. No encontro a presidenta recebeu a pauta nacional da entidade, que completa 20 anos e promove na capital federal o I Encontro de Mulheres Atingidas por Barragens em Luta por Direitos e pela Construção de um Projeto Energético Popular.

A presidenta assegurou a continuidade do diálogo com os movimentos sociais. "Todos os ministérios do meu governo estão à disposição para negociar com o MAB", afirmou Dilma Rousseff. "Escutarei todos e farei tudo que for possível para atender 100% das reivindicações. Iremos nos empenhar para encarar as grandes demandas que emergem deste movimento", disse.

A reunião contou com a participação dos ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza), além de Márcia Camargo, coordenadora do nucleo estratégico de gestão sociambiental, do Ministério de Minas e Energia.

O ministro Gilberto Carvalho, responsável pela interlocução com os movimentos sociais no governo Dilma informou que oprocesso de negociação com o movimento já começou. De acordo com o ministro, será criado um grupo de trabalho interministerial, que se reunirá de dois em dois meses, com a participação do MAB. O objetivo é regulamentar o decreto editado em outubro do ano passado, resultado de negociação entre o governo federal e o MAB.

O decreto instituiu o cadastro socioeconômico para identificação,qualificação e registro público da população atingida por empreendimentos de geração de energia elétrica, reivindicação histórica do movimento.

De acordo com Sonia Mara Marenho, da coordenação do MAB, o papel do movimento é cobrar do governo a preservação dos direitos dos atingidos e o resgate da dívida social. Conforme o MAB, existem no país 500 mil atingidos por barragens. A pauta nacional da entidade engloba itens como o debate sobre a política energética e de recursos hídricos, pré-sal, tarifa social de energia elétrica, assim como a garantia dos direitos dos atingidos por barragens.

Amaerj comenda Trajégia em Realengo (RJ) e presta suas condolências‏

Tragédia em Realengo: “Infelizmente, a Justiça jamais será capaz de reparar uma perda como essa, que atinge tanto as famílias como toda a comunidade”, diz o presidente da Amaerj, desembargador Antonio Siqueira.

A AMAERJ, em nome dos magistrados do estado do Rio de Janeiro, lamenta o brutal assassinato das 11 crianças que estudavam na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, nesta manhã, e se solidariza com as famílias neste momento de dor. “Hoje é um dia muito triste para o Rio de Janeiro e o Brasil. Infelizmente, a Justiça jamais será capaz de reparar uma perda como essa, que atinge tanto as famílias como toda a comunidade”, destaca o presidente da Associação dos Magistrados do Rio, desembargador Antonio Cesar Siqueira.

Coincidentemente, esta quinta 7 de abril marcou o início da temporada 2011 da parceria do programa Conhecendo o Judiciário (Juristur), da AMAERJ, com a Secretaria Municipal de Educação. Por meio dela, alunos do 7º, 8º e 9º anos de dez escolas municipais do Rio são apresentados, de forma lúdica e interativa, à história e ao funcionamento do judiciário estadual. Um dos principais objetivos é estimular a formação do sentimento de justiça nestes jovens cidadãos.

Durante a recepção da primeira escola visitante – Escola Municipal Mascarenhas de Morais, localizada no bairro do Caju – o presidente da Amaerj pediu um minuto de silêncio em homenagem aos estudantes mortos na manhã desta quinta-feira. “A violência deve ser sempre combatida com amor e educação”, defendeu o desembargador diante dos estudantes.

Além de 11 mortos, o ataque deixou 13 crianças feridas, 4 delas em estado grave.

*Amaerj (Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro).

PARALISAÇÃO DE 7 DE ABRIL

Movimento médico comemora vitória em protesto e se prepara para novos desdobramentos

“Atingimos nosso objetivo com o protesto de 7 de abril. O alerta foi dado às operadoras de planos de saúde e à sociedade com relação aos problemas percebidos pela categoria médica. De agora em diante, esperamos que seja feita uma negociação real pelas empresas para acabar com a defasagem dos honorários e a interferência na autonomia dos profissionais”. Essa foi a avaliação do coordenador da Comissão Nacional de Saúde Suplementar (Comsu), Aloísio Tibiriçá Miranda, sobre o dia de mobilização dos médicos contra os planos de saúde.
Ele acompanhou a movimentação nos estados a partir de Brasília e recebeu, ao longo do dia, informes de várias entidades regionais. “Houve grande adesão em todos os estados. Recebemos relatos de que quantidade significativa de médicos participou do protesto e suspendeu suas atividades. No entanto, sem causar prejuízos para o usuário dos planos de saúde”, lembrou o coordenador, que também é vice-presidente do CFM. De acordo com Tibiriçá, os procedimentos desmarcados serão reagendados e os casos de urgência e emergência foram atendidos.

Em 30 dias os líderes do movimento de 7 de abril se reunirão para reavaliar o andamento das negociações com os representantes dos planos de saúde. Este trabalho será conduzido pelas entidades médicas em nível regional. Paralelamente, algumas outras iniciativas acontecerão na esfera política. Já está prevista a realização de uma audiência pública na Câmara dos Deputados para discutir o tema e encontrar uma solução. Contudo, os parlamentares responsáveis pela solicitação não descartam o pedido de abertura de CPI para apurar supostas irregularidades na saúde suplementar.

No Senado – Pela manhã, a Paralisação dos Médicos chegou também ao Congresso Nacional. A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal promoveram audiência pública especial em torno das reivindicações dos médicos. Sensibilizado pelo apelo dos profissionais, o senador Paulo Paim (PT-RS), presidente do grupo, anunciou a criação de uma subcomissão de saúde dentro da Comissão. “Esta mobilização dos médicos é um grito do povo brasileiro em relação à saúde”, ressaltou o parlamentar.

O coordenador do movimento, Aloísio Tibiriçá Miranda, que participou da audiência, propôs aos senadores a montagem de uma agenda comum, inclusive com visitas aos hospitais públicos para constatar a situação da oferta da assistência sob a ótica dos direitos humanos. Paulo Paim transformou o pedido em ato normativo diante do 3º vice-presidente do CFM, Emmanuel Fortes, e do conselheiro suplente de Alagoas, Alceu Pimentel, que também compareceram no Senado.

Durante a audiência, o senador Paulo Davim (PV-RN) defendeu a paralisação dos médicos por acreditar que o trabalho com a vida é um “direito sacrossanto”. Por outro lado, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) enfatizou que o Congresso Nacional já tem o diagnóstico da calamidade da saúde só falta ação. “É um sistema perverso que maltrata o médico”.

Outro parlamentar que saiu em defesa da causa médica foi o sergipano Eduardo Amorim (PSC-SE). Para ele é uma perversidade que os planos de saúde sejam reajustados regularmente sem que os valores pagos aos médicos também o sejam. “Os médicos ainda recebem por uma tabela da década de 90 e muitos convênios se aproveitam disso. Assistimos o reajuste ser somente para o usuário. É justa a reivindicação da categoria médica”, apontou.

*Conselho Federal de Medicina

Eric Granado supera a dor e surpreende no último treino de pré-temporada na Espanha

Eric Granado e todo seu staff da equipe MIR Racing
Foto: Mir Racing/Y.Sports
Há menos de um mês, após sofrer uma queda no Circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha e fraturar a mão e o pé esquerdo, o jovem piloto brasileiro Eric Granado, 14 anos, surpreendeu a si mesmo e a equipe, terminando a sessão de treinos oficiais da pré-temporada para o Campeonato Espanhol de Motovelocidade - CEV-Buckler, entre os dez mais rápidos na ultima terça e quarta-feira, 05 e 06/abril.

Mesmo sentido dores na mão e no pé, Eric, que corre pela equipe MIR Racing, saiu-se muito bem, principalmente, no primeiro dia de testes. “Ele andou muito bem e ficou entre os mais rápidos. Fez um ótimo trabalho!”. Disse, da Espanha, o chefe da equipe, Julián Miralles.

Na quarta-feira e segundo dia de testes, os treinos foram interrompidos em função do mau tempo na cidade de Jerez de La Fronteira “Havia muito vento e não foi possível continuar com os testes. Apesar disso, Eric foi muito bem e o saldo é positivo. O mais importante é que ele voltou a correr e a pegar ritmo. Está muito motivado”, complementou o chefe da equipe MIR.

O próprio Eric Granado ficou muito feliz com os resultados dos últimos testes, antes do início da temporada, que começa no dia 17/04, também em Jerez. “Estou muito contente com o resultado do primeiro dia. Quando estava na pista senti muito incômodo, principalmente no pé esquerdo, mas valeu à pena. Foi importante para pegar ritmo e deixar a moto bem preparada para a abertura. Ainda não estou 100% mas vou me esforçar bastante”, disse Eric.

Dentre todos os pilotos inscritos para disputar a temporada 2011 do Campeonato Espanhol de Motovelocidade - CEV-Buckler na categoria 125GP, somente 44 terão direito a disputar, ao longo do ano, as sete corridas nos cinco circuitos diferentes do país ibérico. São pilotos vindos de vários países, como Espanha, Itália, França, Inglaterra, Austrália, Japão, entre outros, além de nosso único representante brasileiro.

Conheça um pouco mais a equipe MIR Racing

A equipe de competição, onde nosso piloto brasileiro é integrante, foi formada em 2002 e é dirigida pelo ex-piloto de motovelocidade Julián Miralles. Logo na estreia, nos anos de 2003 e 2004, a equipe participou do Campeonato Mundial de Superbike e do Campeonato Europeu de Motovelocidade. Em 2005, o filho de Miralles, de mesmo nome, foi selecionado pela Aspar Team para correr o Campeonato Mundial de Motovelocidade na categoria 125GP e nesse período, a equipe MIR Racing integrou a equipe técnica da Aspar.

No ano seguinte, Miralles deu um importante passo para o desenvolvimento da sua carreira e da MIR RACING. Ele começou construir motores próprios para equipar motocicletas da categoria 125 Pré-GP. O passo seguinte foi a construção de uma motocicleta própria para a categoria 125. O mais recente projeto de Miralles é o desenvolvimento de uma moto para a categoria Moto2.

Eric Granado corre na equipe desde o inicio da sua carreira na Europa e tem o patrocínio do Banco Rural, Grupo Mammoet Irga, Mobil Lubrificantes, Alliance Investimentos, Capacetes Shark, Óculos Oakley, Macacões Luvas e Botas Arlen Ness, Laquila, Rush Motorcycles, CNP Natação e Luna Aerografia.