ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Alckmin entrega casas em Ribeirão Preto e matrículas de imóveis da CDHU em Sertãozinho


Casas têm muro divisório entre os lotes; famílias terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento, com prestações subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar - Foto: Ciete Silverio
 Conjunto de Ribeirão Preto é destinado à remoção de favelas do aeroporto; mutuários que quitaram o financiamento, em Sertãozinho, poderão obter a escritura do imóvel

Alckmin realiza entrega de chaves do imóvel
 para moradora que vivia em área irregular
no entorno do Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto
Foto: Ciete Silverio
O governador Geraldo Alckmin e o secretário da Habitação, Silvio Torres, participaram neste sábado, 12, da entrega dos imóveis a 160 famílias que viviam em ocupações irregulares no entorno do Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto. Em Sertãozinho, a comitiva entregou matrículas de imóveis da CDHU para 520 famílias.

Ao todo, o conjunto habitacional Ribeirão Preto M terá 692 unidades. As primeiras 60 unidades foram entregues em dezembro de 2010. O investimento total previsto é de R$ 44,1 milhões. O empreendimento integra o Projeto Favelas Aeroporto, que conta com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e tem como objetivo o reassentamento habitacional de famílias a serem removidas de favelas do entorno do Aeroporto Leite Lopes.

"Nós vamos fazer um investimento grande habitacional aqui em Ribeirão Preto e região. (O secretário) Silvio Torres já está autorizado a fazer entendimentos com a iniciativa privada e com a prefeitura pra gente localizar terrenos", disse o governador após a entrega dos imóveis.

Unidades habitacionais entregues em Ribeirão Preto têm área construída entre 43,18m² e 59,97 m²,
dois e três dormitórios, sala, cozinha e banheiro
Construídas em consonância com o novo padrão da CDHU, as unidades habitacionais entregues em Ribeirão Preto têm área construída entre 43,18m² e 59,97 m², dois e três dormitórios, sala, cozinha e banheiro. Contam ainda com pé-direito ampliado de 2,4m para 2,6m, aquecedor solar, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos até o teto na cozinha e no banheiro e laje. Na parte externa, o botijão de gás ganhou abrigo e a área de serviço foi coberta. As casas ainda têm muro divisório entre os lotes e o conjunto recebeu tratamento paisagístico e pavimentação nas ruas, calçadas e espaços livres.

As famílias terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento e as prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários vai desembolsar 15% dos rendimentos. Em Ribeirão Preto, 96% das famílias que receberam as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 76,50.

"Nós vamos iniciar novos programas habitacionais no interior de São Paulo e um programa novo chamado Lote Urbanizado: a prefeitura nos cede o terreno e o Estado põe água, esgoto galeria , asfalto e financia o material de construção e as famílias constroem as casas e ainda damos a assistência técnica'', declarou o governador.

Sertãozinho

Na sequência, a comitiva se dirigiu até Sertãozinho entregar matrículas de imóveis da CDHU para 520 famílias. Os beneficiados residem nos conjuntos Áurea Mendes Gimenez (Sertãozinho E) e Jardim Vicente Brasca (Sertãozinho A).

"Os títulos são importantes porque essa matrícula é o documento, é a propriedade da casa ou do apartamento, ou seja, um grande programa de regularização que a CDHU está fazendo", declarou Alckmin. Com as matrículas dos imóveis individualizadas, os mutuários poderão registrá-los em cartório e obter a escritura definitiva após quitarem o financiamento. Dessa forma, os proprietários podem transmitir o bem por herança, comercializá-lo ou oferecê-lo como garantia no mercado formal de crédito.

Ao registrar o imóvel em cartório, o proprietário será beneficiado pela Lei Estadual nº. 13.290, conhecida como a Lei dos Emolumentos, que reduziu em mais de 90% o valor cobrado pelos cartórios para o primeiro registro de imóvel de Interesse Social.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Grau inadequado das lentes progressivas leva a desconforto visual

Tontura, dor de cabeça, dor na nuca e irritação nos olhos são algumas queixas dos usuários de óculos com grau incorreto

A saúde ocular influencia diretamente na qualidade de vida das pessoas. O uso de óculos com grau inadequado, por exemplo, pode causar uma série de problemas, como tonturas, desconforto visual, dor de cabeça, dor na nuca, irritação ocular e prurido ocular (coceira). “Cerca de 80% das nossas sensações diárias são recebidas através de estímulos visuais. Esse dado revela como é importante manter os óculos atualizados e precisos”, alerta Luiz Gustavo Simões Menino, responsável pela área de atendimento técnico da Tecnol, empresa que acaba de lançar no Brasil as lentes progressivas Prime Lens Free Form. A realização de exame médico oftalmológico frequentemente, além de prevenir uma série de doenças, faz com que as pessoas mantenham seus óculos com o grau correto.

Para obter os óculos com extrema precisão, Luiz Gustavo sugere que, primeiramente o consumidor procure uma ótica de confiança para confeccionar seus óculos. “Todos os óculos montados devem passar por várias conferências: no laboratório, na montagem, na loja antes de serem entregues ao consumidor e no consultório do oftalmologista, para garantir que nenhum processo tenha falhado. Acredito que a conferência no oftalmologista é uma forma de zelar mais pela boa visão do paciente”, reforça.

E, a indústria óptica tem evoluído para atender ainda melhor a necessidade de médicos e pacientes. Um exemplo dessa inovação é dado pelas lentes Prime Lens, que possuem tecnologia de alta precisão, que permite a personalização na prescrição oftalmológica dos usuários. “Além de possuir mais precisão no grau do cliente, a tecnologia Free Form proporciona personalização dos campos visuais da lente, ao passo que as lentes progressivas clássicas usam como referência apenas a distância e altura pupilar”, pontua ele.

“Quando se compara a diferença na precisão entre as lentes que são fabricadas no sistema convencional versus a tecnologia digital Free Form, podemos dizer que nas lentes tradicionais as variações de grau são em média próximas a 0,12 e nas lentes tradicionais são de 0,01. Isso significa que a Prime Lens oferece mais fidelidade à receita prescrita pelo médico oftalmologista”, explica.



Conheça a Prime Lens



Produzida pela Tecnol, maior fabricante de armações e óculos de sol do Brasil, a PRIME LENS Free Form representa uma nova geração de lentes progressivas. A novidade é comercializada com exclusividade na rede de Óticas Íris, braço de varejo da Tecnol, que já conta com mais de 80 unidades em operação no interior de São Paulo.



A PRIME LENS é desenvolvida “ponto a ponto”, respeitando o comportamento visual de cada pessoa. Através de equipamentos com a mais alta tecnologia alemã é possível customizar o desenho das lentes progressivas em função dos parâmetros da armação e do usuário e oferecer a melhor qualidade óptica possível.



As lentes progressivas Prime Lens - Free Form ampliam o campo de visão, por meio de uma progressão suave e garante um desempenho visual de maior qualidade. Com isso, oferecem o máximo conforto, facilidade de adaptação e respeitam o comportamento visual do usuário. A lente também é desenvolvida com diversas alturas de montagem do frontal, o que permite o uso de diferentes designs de armação.



Para esse novo ramo de negócio, a Tecnol investiu em um sistema fabril de última geração, produzidas com tecnologia alemã da Satisloh, e firmou parceria com Fabio Zanchetta, fundador e diretor da Cristal Color e da Free Form Solutions. A linha de produção das lentes está instalada no novo parque fabril que a Tecnol inaugurou, no primeiro semestre de 2010, em Campinas (SP).





Para saber mais informações, acesse o site da Prime Lens www.primelens.com.br







TECNOL, a empresa que cuida da saúde visual do brasileiro



Com 38 anos de história, a Tecnol é uma empresa 100% brasileira, com sede em Campinas, São Paulo, que fabrica óculos solares e oftálmicos das marcas Forum, Benetton, Guttier, Iron, Jean Monnier, Paddock, Kipling, Pierre Cardin, Playboy, Platini, Senninha, Tecnol, Turma da Mônica e Vilenev e vem se tornando cada vez mais forte no mercado nacional e internacional. Sempre atenta às tendências internacionais de moda aplicadas às necessidades do mercado brasileiro e oferecendo o que há de melhor ao mais variado público, a empresa foca estrategicamente seus investimentos em modernização de fábricas, qualidade de vida dos colaboradores, tecnologia, marketing, responsabilidade social, relacionamento com clientes, desenvolvimento e lançamento de novos produtos. Gerar empregos, desenvolver produtos de moda e cuidar da saúde visual dos brasileiros são os pilares que sustentam a trajetória de sucesso da Tecnol.

EVENTO BENEFICENTE NO JOCKEY CLUB EM PROL DA PARÓQUIA NSA. SRA. DO BRASIL

Paróquia Nsa. Sra. do Brasil - SP
O Jockey Clube será palco de um jantar beneficente para arrecadar fundos às creches mantidas pela paróquia


No dia 24 de fevereiro, o Jockey Clube de São Paulo sediará um importante jantar em prol das crianças assistidas pela Paróquia Nossa Senhora do Brasil. O evento beneficente pretende arrecadar fundos para os projetos sociais da paróquia.

O jantar será realizado com o intuito de angariar fundos para manutenção e melhoria das creches mantidas pela igreja, através de doações, vendas de convites e patrocínio. Toda a renda será destinada à Casa Nossa Senhora do Brasil que administra as creches.

A Paróquia Nossa Senhora do Brasil mantém duas creches, uma em Cerqueira César e outra na Vila Madalena, destinada ao atendimento da população de baixa renda. As creches proporcionam alimentação, alfabetização, evangelização, aula de música, artes e computação às crianças de três a seis anos, além de oferecer cestas básicas e remédios às famílias.

O jantar que beneficiará as ações sociais da Paróquia Nossa Senhora do Brasil acontecerá no dia 24 de fevereiro, a partir das 20hs. Os convites podem ser adquiridos na secretária da paróquia.



Serviço:

Secretaria da Paróquia Nossa Senhora do Brasil

Endereço: Praça Nossa Senhora do Brasil, s/ número- Jardim Paulista

Horário: das 08ha às 18hs (segunda a sexta-feira)

Das 08hs às 14hs (sábado)

Tel: 3082-9786 (falar com Gisele)

Seis anos depois do assassinato de Irmã Dorothy Stang conflitos continuam

A Coordenação Nacional da CPT, por motivo do sexto aniversário da morte de Irmã Dorothy Stang, no dia 12 de fevereiro, ao mesmo tempo em que presta uma justa homenagem a esta pessoa que acompanhou com total dedicação os homens e mulheres da região de Anapu (PA), que buscavam terra para trabalhar dentro de uma proposta que garantisse uma convivência harmoniosa com a floresta, quer denunciar que a situação que levou ao assassinato de Dorothy continua a provocar tensões e conflitos na área.

No mês de janeiro, conforme foi noticiado pela imprensa nacional, os assentados do PDS Esperança, onde Dorothy foi morta, bloquearam as estradas que davam acesso à área, para impedir a continuidade da retirada ilegal de madeira. Com esta ação os assentados pretenderam chamar a atenção das autoridades para a completa falta de fiscalização e controle dos órgãos públicos na região.

Na realidade os interesses do capital e dos grupos que assassinaram Irmã Dorothy continuam presentes. Destacam-se, sobretudo, as madeireiras que envolvem e cooptam organizações de trabalhadores, como sindicatos, para defender a exploração da madeira. A estratégia para isso foi a infiltração, no PDS, de famílias que não participaram da luta para a construção do mesmo e, portanto, alheias ao espírito e aos princípios que nortearam sua criação. Estas abriram brechas no PDS para a derrubada e retirada de árvores da floresta. Com isso, as madeireiras, com a participação da direção do sindicato, conseguiram semear o confronto e a discórdia entre os próprios trabalhadores. Isso ficou explícito nos dias de maior tensão em janeiro. Para manifestar sua contrariedade pela ação dos asssentados do PDS, o sindicato dos trabalhadores rurais junto com outras entidades bloqueou a Transamazônica, acusando os agentes da CPT de serem os responsáveis pela ação dos assentados e até exigindo seu afastamento da região. A realização de uma Audiência Pública, em 25 de janeiro, da qual participaram representantes de diversos órgãos públicos estaduais e federais e que reuniu mais de 1.000 pessoas, tentou amenizar as tensões com a promessa de serem atendidas as reivindicações dos assentados.

O que acontece em Anapu, se repete em muitas outras áreas da Amazônia, como a mesma Coordenação Nacional da CPT denunciou em 2010, com um crescente aumento da violência. Em 2010, o setor de Documentação da CPT registrou, no Pará, 18 assassinatos de trabalhadores do campo, 100% a mais do que em 2009, quando foram registrados nove.

Os interesses econômicos, com seu olhar focado exclusivamente no lucro, recusa-se a ver outras dimensões e valores da natureza e utiliza diversos estratagemas para minar a resistência popular, inclusive jogando trabalhadores contra trabalhadores. O próprio governo é refém desta visão economicista, à medida em que apoia declaradamente o agro e hidronegócios e a mineração na Amazônia e, a qualquer custo, quer impor seus grandes projetos de infraestrutura para dar sustentação à exploração econômica. É o caso da construção de hidrelétricas, como a de Belo Monte, que mesmo diante de todos os argumentos contrários, vai sendo levada adiante, sem mesmo observar o que ditam as leis.

A Coordenação Nacional faz um apelo veemente às autoridades deste país. O sangue vertido por irmã Dorothy clama para que a vida e os interesses das comunidades ribeirinhas e das florestas esteja acima dos interesses econômicos. Um desenvolvimento harmonioso, respeitando a natureza e suas riquezas e as comunidades indígenas e camponesas, precisa ser colocado como horizonte de um país novo e justo, sem violência.

* Comunicação CPT

domingo, 6 de fevereiro de 2011

KLASS VOUGH APRESENTA PINCEL DIGITAL

KLASS VOUGH APRESENTA PINCEL DIGITAL DUO FIBER DW1 PARA UM ACABAMENTO PERFEITO NO MAKE-UP

Muitos cuidados devem ser levados em consideração na hora de iniciar o processo de maquiagem no rosto, mas uma etapa que é fundamental e merece atenção redobrada para tornar o make-up um sucesso é o seu acabamento. Para isso, a Klass Vough, renomada marca de pincéis profissionais e acessórios para beleza com reconhecimento mundial, trouxe para o Brasil uma grande novidade: o Pincel Digital Profissional Duo Fiber DW1.


O pincel digital de uso profissional Duo Fiber DW1 Klass Vough é uma combinação de fibras naturais e sintéticas que proporcionam um acabamento mais uniforme e suave na pele cumprindo assim a sua função que é tornar o rosto mais belo e corrigir possíveis imperfeições. As cerdas de fibras ópticas encontradas em sua composição são indicadas para trabalhos em televisão, pois promovem melhor resultado no acabamento final de uma maquiagem.

Este pincel possui cabo longo e pode ser utilizado tanto em aplicação de pós ou cremes como também na aplicação de base líquidas, molhando a ponta do pincel de fibra óptica na base e espalhando em movimentos circulares para, ao mesmo tempo, finalizar e dar polimento.

Além de pincéis profissionais, a Klass Vough trabalha também com outros tipos de acessórios para beleza como esponjas para limpeza de rostos, pinças, curvex, apontador profissional dupla face, maletas, nécessaires, estojos e kits completos para maquiagem. A marca trabalha com o conceito de apresentar produtos profissionais não somente aos profissionais da beleza, mas também ao consumidor final.

Pincel Profissional Digital Duo Fiber DW1 Klass Vough. Preço sugerido R$ 49,90 cada.

SAC Klass Vough (11) 3276-2566. Site: http://www.klassvough.com/ . Os produtos da Klass Vough podem ser encontrados em diversos pontos de distribuição e também na Audrey Make-up Center, que está localizada na Rua Galvão Bueno, 69 - Liberdade - São Paulo - SP. Telefone (11) 3209-2168.

* Priscilla Lima

São Leopoldo Mandic alerta para elevado número de casos de câncer de boca

Laboratório de Patologia da Faculdade de Odontologia diagnosticou 72 casos da doença no ano passado e incentiva a população a fazer a detecção precoce

Para marcar o Dia Mundial Contra o Câncer, comemorado em 04/2, a Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic faz um alerta à população sobre o elevado número de casos de câncer bucal. Somente em 2010, o Laboratório de Patologia da São Leopoldo Mandic diagnosticou 72 casos da doença, mas o número pode ser bem maior, já que muitas pessoas não visitam regularmente o dentista.
Preocupada em identificar e tratar o problema o quanto antes, a Faculdade São Leopoldo Mandic incentiva a realização do autoexame, fundamental para a detecção precoce e que deve ser feito regularmente. Diante do espelho, em local bem iluminado, observe lábios, língua (principalmente as bordas) assoalho (região embaixo da língua) gengivas, bochechas, palato (céu da boca) e amígdalas. Mudança de cor, áreas irritadas debaixo de próteses (dentaduras, pontes móveis), feridas que não cicatrizam em uma semana, dentes fraturados ou amolecidos, caroços ou endurecimento devem ser observados por um profissional da área da Odontologia.

A preocupação da São Leopoldo Mandic explica-se pelo fato de que o câncer de boca já ocupa o 7° lugar no Brasil em número de casos diagnosticados. Os dados são do Instituto Nacional de Câncer (INCA). No mundo ocorrem cerca de 210 mil novos casos por ano, sendo que a incidência em homens é 2,5 vezes maior do que nas mulheres. Este ano, o Brasil deve registrar mais de 14 mil novos casos de câncer de boca. Para se ter uma ideia da gravidade do problema, segundo dados do INCA de 2007, 6.064 pessoas morreram da doença no País, sendo 4.814 homens e 1.250 mulheres.



Dentistas da São Leopoldo Mandic avaliam casos de queilite actínica
 Alta mortalidade

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a mortalidade por câncer de boca corresponde a menos de 30% dos casos novos, o que significa um prognóstico razoável para quem combate a doença ao sinal dos primeiros sintomas. A sobrevida média estimada em cinco anos é de cerca de 60% nos países desenvolvidos, e 40% naqueles em desenvolvimento. A média mundial estimada é de 46%.
Para auxiliar no diagnóstico precoce da doença, o Laboratório de Patologia da São Leopoldo Mandic - unidade Campinas -oferece o serviço gratuitamente para todos os pacientes atendidos nas clínicas de sua Faculdade de Odontologia, como para instituições públicas, como o Hospital Municipal Mário Gatti e o Instituto Corsini, de Campinas, Prefeituras Municipais de Hortolândia, Cosmópolis, Sumaré, Louveira e Itatiba, no interior de São Paulo, além de Palmas (TO) e Manaus (AM).

Homens x Mulheres
A incidência dos casos de câncer de boca são maiores nos homens, pois entre os principais fatores de risco, além da exposição excessiva ao sol, estão o consumo de álcool e o tabagismo, hábitos mais comuns em indivíduos do sexo masculino.

Além disso, o cuidado das mulheres com a beleza pode ser apontado como um fator favorável na prevenção de doenças que predispõe o câncer labial, como a queilite actínica. "Os batons em geral, até mesmo os que não possuem fator de proteção solar, formam uma barreira que dificulta a absorção dos raios solares e previne o aparecimento da queilite", explica a professora doutora Flávia Flório, coordenadora do curso de graduação da Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic.

Dia Mundial Contra o Câncer
O Dia Mundial do Câncer foi instituído em 2005 pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC). A data tem como objetivo chamar a atenção do mundo sobre o crescimento dos casos de câncer no planeta. Todo ano, mais de 12,7 milhões são diagnosticadas com câncer e 7,6 milhões morrem vítimas da doença. No Brasil, são esperados quase 500 mil novos casos neste ano.

Uma projeção da UICC aponta que se não forem tomadas medidas de longo e largo alcance, haverá 26 milhões de casos novos e 17 milhões de mortes por ano no mundo em 2030.

* Vera Longuini

A ExpoBelta 2011 Traz para o Brasil as Melhores Instituições de Ensino do Mundo

Principal feira de intercâmbio do país será realizada em março, apresentando o que há de melhor em educação internacional para os brasileiros

A ExpoBelta, mais importante feira de intercâmbio do país, será marcada, em sua 12ª edição, pela qualidade e variedade de opções de estudo no Exterior. Realizada nos dias 19 e 20 de março em São Paulo e no dia 22 do mesmo mês em Belo Horizonte, terá como país convidado o Reino Unido, além de representantes de mais de 50 países.

"Será uma grande oportunidade para se conhecer o que o mundo tem de melhor em educação internacional, para entrar em contato com as melhores agências e operadoras de intercâmbio do país e para falar diretamente com escolas do Exterior. Será possível também, durante a ExpoBelta, conversar com profissionais de órgãos oficiais sobre vistos, sistemas de ensino em seus países e programas que oferecem", disse Maura Leão, presidente da Belta (Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais), organizadora do evento.

O Reino Unido, país convidado deste ano, que ficará em espaço privilegiado e contará com auditório de palestras exclusivo, quer mostrar para o brasileiro toda a variedade e qualidade do sistema educacional britânico. "Temos 500 instituições de ensino e 600 mil cursos diferentes. Vamos trazer para o Brasil desde cursos de idioma até graduação, pós, mestrado, especializações etc. Pela primeira vez, em uma única feira, iremos colocar juntos todos os tipos de cursos oferecidos pelo Reino Unido", disse Rodrigo Gaspar, gerente de promoção de educação do British Council. Uma das universidades mais tradicionais de Londres, a University of the Arts London, já confirmou presença.

Outro país com participação de destaque neste ano será o Chile, que trará seis universidades de Valparaíso e Viña Del Mar. Além de Reino Unido e Chile, os principais líderes em educação internacional no mundo já confirmaram presença na ExpoBelta, como Estados Unidos, Canadá, França, Austrália, Holanda, Alemanha, Nova Zelândia, Espanha, Argentina, África do Sul, entre outros.

"A experiência do intercâmbio vai além do conhecimento de uma nova cultura e aperfeiçoamento de idioma estrangeiro. Com as experiências e situações vividas, transformamos nossa forma de ver o mundo e nosso jeito de ser. Ficamos mais resilientes, determinados, tolerantes e flexíveis", explica Maura Leão, reforçando a importância de se estudar no Exterior e a grande oportunidade oferecida pela ExpoBelta, que reunirá as principais instituições de ensino do mundo.

Durante a ExpoBelta ocorrerá também palestras e workshops com especialistas de diversos países sobre temas relevantes para a educação internacional e concursos para bolsas de estudo.

ExpoBelta 2011

São Paulo
Local: Centro de Convenções Frei Caneca
Endereço: Rua Frei Caneca, 569
Data: 19 e 20 de março
Horário: das 14h às 19h

Belo Horizonte
Local: Centro de Convenções Mercure Lourdes
Endereço: Avenida do Contorno, 7315
Data: 22 de março
Horário: das 15h às 21h

Belta

Criada há 19 anos, a Belta - Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais - é a primeira associação latino-americana do segmento de educação internacional. Com o objetivo de ampliar o mercado de educação internacional no país, a Belta investiu na promoção do segmento e na qualidade e confiabilidade dos programas internacionais oferecidos por suas associadas. A Belta avalia e credencia operadoras de intercâmbio. Possui mais de 70 empresas-membro entre operadoras no Brasil e organizações internacionais. A qualidade destas empresas é atestada pelo selo Belta, que faz com que sejam consideradas as melhores do País, dando credibilidade tanto no Brasil quanto no Exterior.

A ExpoBelta 2011 é organizada pela Belta, com Patrocínio da Experimento, London Connexion, Banco Rendimento/ Cotação e London School of Business & Finance; Apoio do Centro de Eventos Frei Caneca e São Paulo Convention & Visitors Bureau; Media Partner Panrotas; e parceria das seguintes organizações internacionais: Australian Education International / Study in Australia, Consulado Geral da Austrália / Austrade, ALPHE Workshops, British Council, Education UK, Consulado Britânico, Consulado Geral do Canadá, CampusFrance , Atout France, Consulado da Nova Zelândia, Departamento de Turismo da Embaixada da Espanha, Education New Zealand, FAUBAI - Associação de Assessorias de Instituições de Ensino Superior Brasileiras para Assuntos Internacionais , ICEF - International Consultants for Education and Fairs, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Serviço Comercial dos EUA, Education USA, EduSA - Education South Africa, Nuffic - Netherlands Organisation for International Cooperation in Higher Education, Pro-Chile, DAAD.

Visite o site http://www.expobelta.org.br/
Convite gratuito no site: os ingressos são obtidos gratuitamente pelo site www.expobelta.org.br. Apenas em São Paulo, para aqueles que não apresentarem convite, será cobrada a entrada de R$ 10,00, com renda revertida para uma ONG ligada a sustentabilidade.

AMARAL ARRECADA DOAÇÕES PARA VÍTIMAS DE CATÁSTROFE

Fotos: Ariane Urbanetto/ Assessoria de Imprensa HAC

Amaral mobiliza comunidade e arrecada doações para vítimas de catástrofe
Instituição coleta mais de dois mil itens e 600 quilos de roupas

A Fundação Amaral Carvalho encabeçou de 18 a 21 de janeiro campanha em benefício da população acometida pelas enchentes e deslizamentos de terra na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro, que atingiram o local na primeira quinzena do mês. Foram arrecadados mais de dois mil itens entre provisões básicas alimentícias e higiênicas, além de cerca de 600 quilos de roupas.
Dentre as doações, o Hospital Amaral Carvalho conseguiu somar mais de 180 quilos de macarrão, 200 litros de leite, 200 litros de água mineral, 300 sabonetes e 600 quilos de roupas, que junto a outros itens foram encaminhados às vítimas das chuvas.
A iniciativa partiu do próprio corpo de funcionários da instituição. "Diante das notícias encontrávamo-nos solidários com os familiares das vítimas das enchentes no Rio. Fizemos todas as solicitações dentro da instituição e conseguimos auxílio de vários setores, que foram primordiais durante toda a campanha", diz Evandro Pecori, encarregado do Almoxarifado do HAC, que ao lado de Elaine Bueno, enfermeira-chefe da Central de Materiais Esterilizados, organizou a campanha dentro da instituição.
As doações vieram de vários funcionários e da comunidade jauense. A Entidade de Voluntárias Anna Marcelina de Carvalho, também ligada ao HAC, ajudou com uma quantidade significativa de alimentos, roupas, calçados e materiais de higiene. Os materiais coletados foram encaminhados às vítimas nesta semana por meio da rede de supermercados Jaú Serve.
"O apoio da comunidade de Jaú e dos colaboradores da FAC foi de extrema importância para as vítimas. Entendemos que esta foi uma oportunidade de retribuir uma pequena parte do que muitas pessoas fazem pela FAC. O nosso sentimento foi de extrema satisfação em poder ajudar o próximo diante da grande tragédia", conclui a enfermeira Elaine.

Chuvas na região serrana
Chega a quase 30 mil o número de desabrigados e desalojados nas cidades da Região Serrana do Rio de Janeiro atingidas pelas chuvas de 11 de janeiro, informou na quinta-feira, 27, a Coordenação da Defesa Civil estadual, citando o mais recente balanço passado pelas defesas civis municipais. Segundo o relatório, são 8.814 desabrigados e 20.996 desalojados, chegando a um total de 29.810 pessoas. De acordo com as prefeituras das cidades atingidas, o número de corpos resgatados chega a 845. Pelos últimos levantamentos dos municípios, ao todo são 405 em Nova Friburgo, 344 em Teresópolis, 67 em Petrópolis, 22 em Sumidouro, 6 em São José do Vale do Rio Preto e 1 em Bom Jardim. Choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região, conforme informa o Instituto Nacional de Meteorologia. (G1).

* Bruna Oliveira

PRECISA-SE DE PROMOTORES

O Cursos 24 Horas é uma empresa que vende cursos 100% pela internet. Para que os cursos sejam vendidos, precisamos de pessoas interessadas em aprender, ou mais claramente, Clientes.
Você provavelmente possui amigos, colegas, parentes, entre outras pessoas que se interessariam em fazer os nossos cursos, porém ainda não conhecem nosso site.

E como isso vira dinheiro?

É bem simples: Você indica nossos cursos para seus amigos, colegas, parentes, etc. Cada vez que um dos seus indicados decidir fazer algum curso, você recebe uma comissão. Nada mais justo, afinal, você indicou a pessoa para nós.

Como vocês fazem para saber que eu indiquei?

Nós temos um rigoroso sistema de controle. Você fará um cadastro e receberá um endereço exclusivo do tipo: www.cursos24horas.com.br?id=seulogin.
Quando o sistema detecta que alguém entrou com este endereço é feita a associação da pessoa ao seu cadastro como promotor. Desta forma, quando a pessoa fizer o cadastro em algum curso será registrado automaticamente como seu indicado.

Qual é a minha comissão?

A comissão varia de acordo com o preço do curso que ele fizer. A tabela abaixo mostra mais detalhes:

Preço do curso / Sua comissão
R$ 20 /  R$ 3
R$ 25 /  R$ 4
R$ 30 /  R$ 5
R$ 35 /  R$ 6
R$ 40 /  R$ 7
R$ 45 /  R$ 8
R$ 50 /  R$ 9


Ainda com Dúvidas?






 



Cursos Online é Cursos 24 Horas




CURSOS À DISTÂNCIA SÃO OS MAIS PROCURADOS PELOS PROFISSIONAIS LIBERAIS

O Site Cursos24horas está atraindo cada vez mais os profissionais liberais em busca de novos conhecimentos.
Microempreendedores individuais que estão formalizando suas empresas, possuem a necessidade de desenvolverem conhecimentos nas áreas administrativas, marketing, informática, recursos humanos, entre outras, uma vez que não dispôem de verba suficiente para a contratação de profissionais.
Enquanto pequeno empreendedor, se faz necessário o conhecimento de tudo um pouco para se alavancar os negócios e adquirir novas competências.
O SEBRAE disponibiliza vários cursos gratuitos para os novos empresários e o site Cursos24horas possui também diversos cursos rápidos e pela internet com preços atrativos.


GANHE DINHEIRO COM O SEU SITE!