ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quinta-feira, 1 de julho de 2010

DFV INAUGURA NOVA SEDE EM VALENÇA

DFV inaugura hoje, 1º de julho, sua fábrica e nova sede da empresa em Valença, no Rio de Janeiro.


Fundada há 69 anos e pioneira no setor óptico no Brasil, a DFV detém cerca de 60% do mercado nacional de microscópios direcionados à área médico-hospitalar. Hoje, 1º de julho de 2010, a empresa chega à Valença, no Rio de Janeiro, inaugurando uma nova fase de seus negócios com o início das operações de sua moderna fábrica. Projetada de forma lógica, a nova unidade irá melhorar ainda mais a qualidade dos produtos que a DFV desenvolve e os serviços que presta. Gerando, neste primeiro momento, 150 empregos diretos na região, a nova instalação nasce apostando no futuro com a expansão de novos mercados e de demandas reprimidas.

Com investimento avaliado em R$ 10 milhões, a nova fábrica da DFV conta com mão de obra altamente especializada. A escolha da cidade de Valença para construir a nova instalação foi motivada pelo fato de a cidade possui grande afinidade à atividade industrial, já que abrigou um dos maiores pólos de tecelagem do Brasil, além de possuir grande oferta de instituições de ensino superior. "Outro fator importante que determinou nossa decisão é a visão de desenvolvimento do Governo do Estado do Rio de Janeiro, que vem ao encontro de nossos planos de crescimento e modernização", informa Nelson Côrtes da Silveira, administrador da DFV.

Com espírito visionário, a DFV está atenta à possibilidade de desenvolver produtos ligados a novos mercados, como a robótica, termo-ótica, eletrônica e outros. Assim, a construção da nova fábrica corrobora os novos planos da empresa, que inclui o incremento das exportações dos seus produtos. A DFV atende os maiores consultórios e hospitais do Brasil nas demandas em microcirurgia e sua tecnologia também está presente em outros 66 países. O negócio maciço da DFV está sustentado por três pilares: óptica, mecânica de precisão e eletrônica; e o sucesso da empresa está diretamente ligado à sua tecnologia direcionada à área médica-hospitalar presente em todo o território brasileiro.
DFV - perfil

Pioneira no setor óptico do país, a DFV destaca-se por sua participação ativa no desenvolvimento do campo da microcirurgia no Brasil. Atualmente, mais de 50 mil microscópios cirúrgicos produzidos pela DFV estão instalados em hospitais e ambulatórios do Brasil e de outros 66 países. Com uma nova administração, os novos planos da empresa inclui o aprimoramento para atender ainda melhor o exigente mercado de microcirurgia, suprindo este segmento no Brasil e no mundo. Os produtos da DFV são essenciais em microcirurgia nas diversas especialidades médicas: Neurocirurgia, Ginecologia, Odontologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Veterinária.

Fundada em abril de 1941, a companhia iniciou suas atividades desenvolvendo equipamentos com finalidade militar, como instrumentos de observação de navios de costa, equipamentos de visão noturna e até instrumentos de observação em trincheiras - a tecnologia da DFV também era usada em mísseis teleguiados. Mais tarde, a empresa se especializou na produção de máquinas fotográficas, lunetas e microscópios, entre outros. No final dos anos 1970 até meados dos anos 1980, a empresa desenvolvia carburadores para o mercado de autopeças. Com o advento da injeção eletrônica na indústria automobilística, a fabricação de carburadores perdeu espaço no hall de produtos da DFV, que passou a se dedicar à indústria óptica. Para isso, absorveu e desenvolveu tecnologia vinda da mecânica de precisão.