ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

terça-feira, 6 de abril de 2010

TERCEIRIZAÇÃO É GARANTIA DE PRODUTIVIDADE

Tema será debatido em São Paulo, durante o Congresso Mundial de Terceirização e Trabalho Temporário

O debate técnico sobre a terceirização é necessário para ampliar as ideias objetivas sobre o assunto, diz o professor José Pastore, especialista em Relações do Trabalho, referindo-se ao Congresso Mundial de Terceirização e Trabalho Temporário (CIETT), que será realizado pela primeira vez no Brasil, nos dias 27 e 28 de maio, no WTC Convention Center, em São Paulo, e que terá a participação de especialistas do Brasil e do exterior.

“A Terceirização séria protege os trabalhadores e dá segurança jurídica para as empresas, exatamente o contrário do que temos hoje no Brasil. Não há regras claras, tudo fica na subjetividade dos fiscais e dos juízes que ora admitem, mas na maioria dos casos condenam a terceirização, que é inexorável. Ela é uma necessidade que as centrais sindicais, os fiscais e os juizes não querem admitir, com raras exceções”, afirma Pastore.

A realização do CIETT é a oportunidade para comparar as relações de trabalho e a produtividade no país com as de outras nações que estarão representadas no evento. Na opinião do professor, a Terceirização tem forte impacto na produtividade porque busca a melhor combinação de talentos. “As pesquisas mostram que as empresas tecnologicamente mais avançadas, quando terceirizam, exigem bom desempenho das prestadoras de serviços, o que induz à melhoria da qualidade da mão de obra e, portanto, da produtividade”.

No Brasil, se continuar o vácuo atual, ou seja, a ausência de regulamentação clara, a precarização aumentará. “Se tivermos o contrário, a precarização tenderá a desaparecer os empregos aumentarão e os salários e a produtividade serão cada vez melhores”, acrescenta o professor, para quem a terceirização cresce em todo o mundo pela simples razão de que nenhuma empresa é capaz de fazer tudo sozinha. Uma construtora de edifícios, por exemplo, não pode cuidar da terraplanagem, do projeto, dos serviços de pedreiros, encanadores, vidraceiros, eletricistas, etc. e o mesmo ocorre com as montadoras de veículos.


Quem traz o congresso ao país é o Sindicato das Empresas de Terceirização de Serviços e Trabalho Temporário no Estado de São Paulo (Sindeprestem). Para o presidente da entidade, Vander Morales “este Congresso colocará todos os interessados numa mesma dimensão, favorecendo o amplo debate, além de ser útil para avaliar a força da nossa atividade no mundo, especialmente no Brasil”. Várias delegações estrangeiras dos Estados Unidos, Europa, Ásia e América do Sul confirmaram a participação.

CIETT 2010 Brasil - Congresso Mundial de Terceirização e Trabalho Temporário

Realizado pela primeira vez no Brasil, nos dias 27 e 28 de maio, evento terá congressistas nacionais e internacionais. Paralelamente, haverá o 1º Fórum Brasil de Relações do Trabalho na Terceirização e Trabalho Temporário, com temas de interesse para empresas contratantes e prestadoras de serviços especializados. Mais de 40 nações filiadas à Confederação Internacional do setor estarão presentes.

Quando: 27 e 28 de maio
Local: WTC Convention Center - Av. das Nações Unidas, 12.551 – São Paulo – SP
Informações: (11) 3215-8253 ou secretariaciett@sindeprestem.com.br
http://www.ciett2010.com.br/ ou http://ciettbrazil2010.blogspot.com/