ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

terça-feira, 6 de abril de 2010

Inventores brasileiros já comercializam suas criações

Woman Free e Boneco Wilson são dois dos produtos que trilham caminhos bem-sucedidos. Com auxílio da Associação Nacional dos Inventores, inventos práticos para a vida cotidiana conquistam o mercado


Ideias na cabeça para tornar a vida mais prática não bastam: é preciso colocá-las no papel e patenteá-las. O passo seguinte é conseguir parcerias para a fabricação e as vendas. É o caso de três produtos que entraram no mercado e fazem sucesso:

Woman Free – É a liberdade esperada por muitas mulheres: trata-se de um produto descartável, atóxico, higiênico e anatômico, feito em papel 100% celulose e película de polipropileno. Possibilita às mulheres exercer o ato de urinar como o homem, em pé, o que dá mais tranquilidade na hora de usar banheiros públicos. Basta abrir a embalagem, desdobrar o produto, abri-lo como um funil e encaixá-lo na virilha, direcionando a parte mais fina para o vaso sanitário.. Depois, é só descartá-lo no cesto de lixo. Testado e aprovado por vários tipos físicos de mul heres, pode ser usado até por crianças a partir de 8 anos. Recentemente, após sugestão de clientes, a embalagem do produto tornou-se ainda mais discreta e adequada para as bolsas, o que incrementou as vendas. “O investimento foi alto, e o retorno ainda é modesto, porém as vendas têm crescido pouco a pouco”, diz o administrador de empresas Marcio Martinho Ferreira, inventor do produto. O valor unitário é de R$ 1,60 – R$ 15,60 para embalagens com 12 unidades. Pode ser adquirido pelo site www.womanfree.com.br, ou pelo telefone (11) 3501-1906. No site também é possível conhecer os pontos de venda.

Boneco Wilson – O nome é inspirado no filme O Náufrago (em que, numa ilha deserta, o personagem de Tom Hanks “adotou” uma bola Wilson como “amigo”), por ser um companheiro. Criado pelo empresário Roberto Amaral, tem como público-alvo as pessoas que andam sozinhas no carro e têm medo de ser abordadas, principalmente mulheres. Confeccionado em nylon, é um boneco inflável com a forma da silhueta de uma pessoa, e deve ser colocado no banco do passageiro. Para inflá-lo, basta conectá-lo ao acendedor de cigarros e, quando sua ‘companhia’ não for mais necessária, é só desplugá-lo que ele pode s er embalado numa prática sacola de transporte em nylon. O Boneco Wilson é vendido há pouco mais de um ano e sua divulgação é feita principalmente no “boca a boca”, segundo Amaral. Informações e vendas no site http://www.bonecowilson.com.br.


Serviço:

Inventores que desejem patentear sua ideia, e empresários interessados em negociar licenciamento, sociedade ou compra de patentes de produtos podem entrar em contato com a Associação Nacional dos Inventores pelo telefone (11) 3873-3211.

Sobre a Associação Nacional dos Inventores

Tudo começa com uma boa ideia na cabeça.Depois do desenvolvimento de um protótipo e da realização de testes, o inventor tem a certeza de que o fruto daquela boa ideia vai melhorar a vida de muitas pessoas. A partir daí, muitos deles se perguntam: “O que fazer agora?”.

A Associação Nacional dos Inventores foi criada exatamente para que as invenções brasileiras sirvam a toda a sociedade e para estimular os inventores a continuar dedicando-se à descoberta de novidades. “Nosso papel é incentivar e popularizar as inovações tecnológicas no País”, afirma o presidente e fundador da entidade, Carlos Mazzei. “Trabalhamos na orientação e regularização das patentes de projetos e na posterior comercialização dos inventos em escala industrial”.

Mazzei, também conhecido como “empresário dos inventores”, dedica-se integralmente à busca pelo reconhecimento dos inventos brasileiros. “Quando se fala em invenção, muitos pensam apenas em projetos ‘malucos’. Eles também existem, mas anualmente, são desenvolvidos diversos produtos e soluções para os problemas cotidianos”.

Muitos projetos de extrema importância ainda aguardam investidores decididos a produzi-los em escala industrial. Outros já estão no mercado, trazendo bons lucros a quem os criou.