ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

segunda-feira, 19 de abril de 2010

FITNESS PARA O CÉREBRO

Muito se fala sobre cuidados com o corpo. Campanhas incentivam as pessoas a adotarem a prática diária de exercícios, como uma caminhada de 30 minutos, para garantir a boa qualidade de vida. O que muita gente não sabe é que o cérebro também precisa de exercícios constantes para se manter saudável.

“Se os músculos se fortalecem a partir de sua plena utilização, ou seja, com exercícios físicos, o cérebro é fortalecido a partir do exercício mental. O importante é sair do “automático”. É preciso fazer coisas que exijam atenção, concentração”, ensina a psicóloga especializada em Programação Neurolinguística e consultora de recursos humanos Carla Correia. O exercício cerebral aumenta a neurogênese - sequência de eventos que leva à formação do sistema nervoso.
Carla Correia explica que há diversas maneiras de exercitar o cérebro. Alguns exercícios são simples, como mudar trajeto habitual para o trabalho ou usar o relógio de pulso no outro braço. Quem quiser manter o cérebro em dia também pode optar por atitudes mais complexas, como se vestir de olhos vendados, tomar banho com a luz do banheiro apagada, andar pela casa de trás para frente, ver as horas num espelho ou até mesmo ouvir uma música diferente do repertório de costume, buscando identificar um determinado instrumento musical.
A psicóloga observa ainda que é comum as pessoas exercitarem mais determinadas partes do cérebro, em razão das atividades profissionais que exercem ou das preferências pessoais, deixando outras áreas cerebrais praticamente sem estímulos. Assim, o ideal é praticar exercícios cerebrais que permitam exercitar as áreas menos exigidas no dia a dia. “Uma pessoa lê muito, por exemplo, deve procurar atividades que exercitem outras áreas do cérebro, como fazer cálculos matemáticos, jogos de raciocínio ou de visão espacial”, diz.

De acordo com Carla Correia, para manter o cérebro saudável, o ideal é praticar no mínimo três exercícios diferentes por dia. “O cérebro tem capacidade ilimitada de aprendizagem. Com exercícios, ele pode aumentar sua eficiência e se manter ágil durante toda a vida”, afirma.

Carla Correia é psicóloga especializada em Programação Neurolinguística (PNL) e Liderança, consultora de recursos humanos e diretora da Estratégias & Comportamento Humano (http://www.estrategiascptohumano.com.br/).