ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

domingo, 21 de março de 2010

Consumidor tem direito a sacolas plásticas mais resistentes

No dia 15 de março, em que se comemora o Dia Mundial do Consumidor, a Plastivida lembra que é direito da população exigir sacolas plásticas fabricadas em conformidade com a norma ABNT para a segurança das compras e a redução do uso excessivo.


No dia 15 de março, quando se comemora o Dia Mundial do Consumidor, a Plastivida Instituto Sócio-Ambiental dos Plásticos vem lembrar à população que é seu direito exigir sacolas plásticas feitas com a qualidade determinada pela Norma Técnica ABNT NBR-14.937.

Quando a sacola é produzida de acordo com a Norma, ela fica mais resistente e garante que o consumidor possa carregar suas compras com segurança. E há ainda outra vantagem: com sacolas resistentes, que trazem impresso o Selo de Qualidade que informa o peso que podem suportar (6,0 kg), não há necessidade de se colocar uma dentro da outra para levar as compras ou usar a metade de sua capacidade, reduzindo o desperdício. Portanto, exija sacolas plásticas com o Selo de Qualidade. Esse é um direito seu!

A Plastivida tem trabalhado em todo o Brasil para promover o conceito dos 3R's: Reduzir , Reutilizar e Reciclar. “Principalmente no caso das sacolas plásticas, a entidade acredita que será através da conscientização de todos sobre a importância de ações responsáveis no consumo e no descarte que alcançaremos o equilíbrio entre a economia, o conforto da população e a preservação ambiental”, afirma Francisco de Assis Esmeraldo, presidente da entidade.

Com pouco mais de dois anos, o Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas, criado pela indústria do setor, já conta com a participação de três dos seis grandes grupos varejistas do Brasil, de inúmeras outras redes, além do apoio da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e de suas congêneres estaduais.

Voltado para a conscientização da população sobre uso responsável e descarte adequado de sacolas plásticas, o Programa já alcançou resultados significativos sobre a redução do uso de sacolas plásticas. Em 2007, o consumo de sacolinhas, no Brasil, foi de 17,9 bilhões. Já em 2008, passou para 16,2 bilhões e a estimativa para 2009 é termos atingido 15 bilhões, uma redução de 16,2% do início do programa até agora. Hoje, o Programa está em vigor em São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Goiânia (GO) e Brasília (DF). E chegará, este ano, a Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Campo Grande (MT), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG).

Econômicas, resistentes, práticas, higiênicas e inertes, as sacolas plásticas são reutilizáveis e 100% recicláveis. Por isso, 100% das donas de casa reutilizam as sacolinhas para embalar o lixo doméstico, 75% são a favor do seu fornecimento pelo varejo e 71% delas acham que são o meio ideal para transportarem as compras, como mostra pesquisa Ibope. Dessa forma, o consumidor que exige sacolas plásticas com o Selo de Qualidade, além de garantir a integridade de suas compras, também reduz o uso excessivo. Isso, aliado à destinação correta dessas embalagens (a reutilização e a reciclagem), irá resultar em benefício ao consumidor e ao meio ambiente.


Visite o site da Plastivida: www.plastivida.org.br
Acesse a página da Plastivida no Twitter: www.twitter.com/recicleideias
Conheça o Blog da Plastivida: sacolinhasplasticas.blogspot.com
No Facebook e no Orkut: Recicle Suas Ideias
No You Tube: www.youtube.com/reciclesuasideias