ASSISTA OS NOSSOS PROGRAMAS

quarta-feira, 29 de julho de 2009

AÇÃO CONJUNTA ajuda a combater a exploração sexual infanto-juvenil na cidade de LORENA

Prefeitura de Lorena faz parceria com a Polícia Rodoviária Federal e WCF Brasil para combater a exploração sexual infanto-juvenil

Ação será feita na Via Dutra e BR-459

Uma reunião entre representantes da Polícia Rodoviária Federal, o Instituto WCF Brasil, organização comandada pela rainha Silvia, da Suécia, e representantes de conselhos tutelares e integrantes dos conselhos de direitos, discutiu novas formas e métodos de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes, às margens da Via Dutra e da BR-459, que liga Lorena a Itajubá (MG).

A Secretária Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, de Lorena, Eliane Salomão e a coordenadora do Creas - Centro de Referência Especializado de Assistência e Desenvolvimento Social, da SADS, Ana Maria Leite participaram da reunião, juntamente com representantes da Secretaria Municipal da Educação e do Conselho Tutelar.

A Secretária Eliane Salomão, explicou de que forma a ação será desenvolvida. “ A idéia é fazer com que os empresários do ramo de transportes e frotas de caminhões nos auxiliem na divulgação do programa “Na Mão Certa” e conscientizem seus motoristas e caminhoneiros, de que eles também devem atuar na proteção a essas crianças em situação de risco”.

Segundo a coordenadora do Creas, Ana Maria Leite, sem o envolvimento de todos os integrantes do processo que são: as empresas, os motoristas, os órgãos de assistência e as famílias desses jovens; a cadeia de exploração a crianças a adolescentes, se perpetuará. “Por isso é de extrema importância que possamos contar com a expertise das empresas que conhecem a linguagem de seus integrantes, para que assim eles se sintam como parte de uma rede protetora às crianças”.

A reunião foi realizada, nesta segunda-feira, 27/07, com cerca de 50 pessoas de diversas cidades da região do Vale do Paraíba, na sede da Polícia Rodoviária Federal, em Cachoeira Paulista.

Uma equipe do WCF Brasil realizou uma pesquisa de cunho científico sobre o perfil da criança vítima da violência e, em Lorena, dois casos fizeram parte desse estudo, que deverá ser divulgado no mês de setembro.
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado: