Nossos Vídeos

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Meninas têm dia de princesa na Happy Town > 8/8

Loja terá tarde de beleza para apresentar linha de maquiagem que será comercializada pela marca

Qualquer menina vaidosa sonha com uma tarde inteira para ter o cabelo arrumado, fazer as unhas e aprender a se maquiar. A criança que passar pela loja da Happy Town no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, no próximo dia 8 de agosto, terá seu dia de princesa. Uma maquiadora passará a tarde na loja conceito da marca deixando as meninas mais bonitas, fazendo penteados, maquiagem e pintando as unhas com a linha de produtos da Just 4 Princess, marca de cosméticos infantil que a Happy Town comercializará em um primeiro momento, na loja do Shopping Cidade Jardim.

Os meninos não vão ficar de fora! Eles terão os cabelos arrumados com gel e aprenderão a fazer esculturas de balão no formato de espada, escudo, capacete e cinturão. Tratamento digno de príncipes!

Além disso, quem for até a loja poderá conhecer a linha de “amigos” personalizados da Happy Town. São mais de 50 opções como alce, panda, cavalo, porco, cachorro, urso, hipopótamo, sapo, coelho, entre outros. Como em uma linha de produção, cada pessoa cria mascote de pelúcia em mais de 10 máquinas cenográficas. As etapas vão desde a escolha da espécie do animal, passando pela seleção de roupas, dos acessórios, do perfume, da mensagem gravada pela própria voz do cliente, até a definição da característica da personalidade e certidão de nascimento.

Just 4 Princess

A Just 4 Princess é a única maquiagem infantil aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária -ANVISA.São gloss que hidratam a boca com efeito molhado, brilhos, batons, esmaltes, que juntamente com grampos decorados para o cabelo ou anéis em formato de coração, formam kits que se tornarão indispensáveis no dia-a-dia das meninas.

Para ficar ainda mais atraente, a linha apresenta gloss de diferentes sabores e formatos, para qualquer ocasião. Os preferidos pela garotada são os de sabores cereja e morango. Um dos lançamentos de destaque é o gloss em formato de celular, para estar bela e conectada ao mesmo tempo.


Serviço
Dia da Princesa... e do Príncipe também!
Local: Loja Happy Town- Shopping Cidade Jardim
Data: 8 de agosto
Horário: 15h às 19h
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

Brasileiros oferecem ‘conforto’ durante a Missão Promessa Contínua 2009

O navio-hospital USNS Comfort (T-AH 20) navega desde 1o de abril pela América Latina e pelo Caribe como parte da Promessa Contínua 2009 (CP09). A CP09 é uma missão humanitária e de assistência a civis de quatro meses de duração que combina esforços do governo dos Estados Unidos, de organizações não governamentais, do pessoal da nação beneficiária e de parceiros internacionais para fornecer serviços e projetos médicos, dentários, veterinários, educacionais e de engenharia para comunidades locais.

O pessoal das Forças Armadas brasileiras a bordo do Comfort contribuiu não somente com sua experiência médica e conhecimento da região, mas também com solidariedade e altruísmo. Atualmente, há dois brasileiros trabalhando no Comfort para auxiliar nas cirurgias, tanto em terra quanto no navio.

De acordo com a primeiro-tenente Isabele Bulhões, médica otorrinolaringologista a bordo do Comfort, eles estão aqui para ajudar na missão, bem como para aprender sobre as cirurgias no navio-hospital, de modo que possam adquirir conhecimentos para aplicação nos navios-hospitais do Brasil. “Sinto que este é apenas o início da parceria das Américas”, disse ela. “Estamos aprendendo muito sobre os navios-hospitais dos Estados Unidos, o que servirá de ajuda para os navios-hospitais do Brasil. As missões são diferentes, mas estamos aprendendo muito e talvez no futuro possamos auxiliar nos navios dos EUA e em suas missões humanitárias."

Uma das metas da CP09 é o estabelecimento e a manutenção de parcerias e relações diplomáticas saudáveis entre os Estados Unidos e seus vizinhos da América Latina e do Caribe.

Isabele Bulhões vem trabalhando com a equipe de cirurgiões do Comfort e com os clínicos gerais e pediatras nos postos médicos em terra. “Atender pacientes e ter contato com as pessoas em terra eram minhas atividades favoritas nesta missão”, declarou. “É surpreendente ver os rostos dos pacientes a quem podemos ajudar.”

Para mais informações sobre a missão do navio-hospital USNS Comfort (T-AH 20), clique aqui:
http://www.southcom.mil/appssc/factfiles.php?id=103


Foto:
TUMACO, Colômbia – A primeiro-tenente Isabele Bulhões, membro da Marinha brasileira e cirurgiã em emergências médicas a bordo do navio-hospital USNS Comfort do Comando Militar de Transporte Marítimo (T-AH 20), dá os últimos pontos em um colombiano em uma das salas de cirurgia do navio, após a operação realizada em 10 de junho aqui. O USS Comfort é uma das missões humanitárias e de assistência a civis de duração de quatro meses para a região da América Latina e do Caribe, chamada Promessa Contínua 2009. A missão combina efetivos das Forças Armadas dos EUA com equipes de várias agências, organizações não governamentais, marinheiros do serviço público civil, acadêmicos e nações parceiras para fornecer serviços médicos, dentários, veterinários e de engenharia, a bordo e em terra, junto com equipes da nação beneficiária.
(Foto do Departamento de Defesa, pelo piloto-aviador de primeira classe Benjamin Stratton)
*
*
*
Assista um vídeo da missão:
**
*
*
*
Publicidade:

FESTAS E EVENTOS:


LEMBRANCINHAS DE ANIVERSÁRIO, PASCOA, NATAL, ETC:
Imãs de geladeira, porta retratos, diplominhas...


RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS:
Removo manchas, marcas de expressão, sujeiras, fundos e pessoas. Restauro fotos antigas e faço montagens de fotos infantis para lembrancinhas de aniversário.


EDIÇÃO DE VÍDEOS PARA YOUTUBE E COMEMORAÇÕES
Edição de vídeos caseiros e montagem de vídeos com fotos para youtube ou apresentações em DVD.


www.kidbrinde.webnode.com.pt

Tratamentos de Pele no Inverno

*Vera Lucia de Toledo Mendes

Como no inverno há menos exposição ao sol, a pele fica mais protegida e livre de agressões. Por isso, é a época ideal para tratamentos. Um deles é o peeling, que deixa a pele lisinha e sem marcas.

Em maio e junho, quando a temperatura começa baixar, há um aumento na procura por terapias mais efetivas na pele. Como o procedimento provoca uma agressão controlada, é preciso evitar mais fatores irritantes como as radiações solares.

As vantagens sobre o tratamento são inúmeras. Uma delas é que acelera e intensifica a esfoliação da pele, promovendo a retirada de células mortas e estimulando o crescimento de novas células.

Os peelings químicos são indicados para problemas com acne, cicatrizes superficiais e rugas. Todos os tipos de pele podem ser submetidos ao procedimento, mas a escolha do agente químico será feita em função do fototipo. Existem vários tipos de peelings, os físicos (feitos com laser) e os químicos (feitos com substâncias químicas, os ácidos). Os químicos são classificados em superficiais, médios e profundos, dependendo da camada da pele que será atingida pelo ácido. Esses procedimentos são feitos exclusivamente por médicos. E há também o que chamamos de peelings muito superficiais, que são realizados por esteticistas ou fisioterapeutas com especialização em dermato-funcional, com a finalidade apenas de hidratar e fazer uma esfoliação pouco profunda da pele.

O peeling superficial pode ser feito por qualquer pessoa, até as adolescentes para se livrarem da acne e jovens querendo prevenir as rugas e renovar a cutis. O médio e o profundo são indicados para mulheres mais maduras e que já ganharam algumas rugas ou manchas. O número de aplicações varia de acordo com o diagnóstico e o tempo que a pessoa tem disponível para tratar a pele.

Os peelings realizados em seu consultório são feitos com muita cautela. O diferencial é sempre realizar esse método de forma cuidadosa, para que os pacientes não fiquem com a pele muito vermelha e possam prosseguir com as suas atividades normalmente, não há necessidade de deixar a pele extremamente agredida.

Em maior e menor intensidade sempre há um tratamento que ajuda qualquer pessoa a melhorar a auto-estima. È importante seguir as orientações de especialistas para conseguir o resultado almejado e, usar diariamente o bloqueador solar estando em tratamento ou não, para que possa se previnir de futuras machas e caso posteriormente realize algum procedimento estético ele seja concluido com mais eficacia.
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

Portal aborda a importância de formular projetos consistentes

A qualidade das pesquisas científicas inscritas no Prêmio Santander de Ciência e Inovação cresce a cada edição. Por isso, é muito importante ter atenção na etapa de elaboração do projeto. Somente trabalhos bem estruturados têm a chance de seguir na premiação. O Universia conversou com Adolpho Melfi, coordenador da comissão julgadora do Prêmio, que deu dicas para os candidatos serem bem-sucedidos.
No conteúdo do Portal, o especialista fala da importância do caráter inovador para que a pesquisa tenha sucesso junto aos avaliadores. Melfi explica, ainda, que o sumário executivo é o único contato que a banca examinadora terá com a proposta. Dessa forma, o documento deve conter a descrição detalhada e atualizada do projeto e dos objetivos pretendidos, além das metas enumeradas.
É possível conferir todas as dicas do coordenador da comissão julgadora no endereço www.universia.com.br/materia/materia.jsp?materia=17930 . As inscrições seguem até o dia 23 de agosto.

Sobre os Prêmios
Prêmio Santander de Empreendedorismo
O Prêmio Santander de Empreendedorismo é destinado a graduandos e pós-graduandos que desenvolverem o melhor plano de negócios, com prêmios de R$ 50 mil para o vencedor de cada uma das quatro categorias: Indústria, Cultura e Educação, Tecnologia da Informação e Comunicação, e Biotecnologia.
Todos os planos que concorrerem ao Prêmio Empreendedorismo serão avaliados pelos objetivos gerais e específicos, viabilidade financeira e de infra-estrutura, valor criado para organização brasileira, indicadores dos resultados esperados (quantitativos e qualitativos), caráter inovador, potencial para a geração de riqueza, e análise de impactos social e ambiental. A seleção e validação dos projetos estão sob a responsabilidade do professor e consultor Fernando Dolabela e do professor Afonso Cozzi, do Núcleo de Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral.

Prêmio Santander de Ciência e InovaçãoO Prêmio de Ciência e Inovação contempla pesquisadores-doutores que produzirem as melhores pesquisas científicas de caráter inovador, nas categorias: Indústria, Tecnologia da Informação e Comunicação, Biotecnologia, e Saúde. O vencedor de cada categoria receberá R$ 50 mil.
Para a definição dos projetos finalistas do Prêmio Ciência e Inovação serão considerados os objetivos gerais e específicos, viabilidade financeira e de infra-estrutura, valor criado para a sociedade brasileira, indicadores dos resultados esperados (quantitativos e qualitativos), caráter inovador, potencial para a geração de riqueza, análise de impactos social e ambiental, e eventual parceria firmada com uma organização brasileira para a implementação do projeto.
A avaliação e o julgamento dos projetos serão realizados por uma comissão de pesquisadores vinculados a instituições científicas, sob a coordenação do professor e pesquisador Adolpho Melfi, vice-presidente regional da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Sobre o Universia
O Universia é uma rede de cooperação universitária que reúne 1.126 instituições de ensino superior na América Latina e Península Ibérica, e tem como parceiro financeiro-estratégico o Grupo Santander. A Rede Universia atua em quatro eixos estratégicos: fomento à empregabilidade (emprego), incentivo à formação (formação), desenvolvimento dos meios científico e acadêmico (observatório), e apoio às comunidades e eventos para o relacionamento universitário (redes sociais).
O objetivo da Rede Universia é contribuir com serviços de valor agregado às universidades, apoiando o desenvolvimento de projetos comuns e a geração de novas oportunidades para a comunidade universitária, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento sustentável dos países onde o Universia está presente.
O principal elemento integrador desta rede é o portal Universia, que desenvolve conteúdo e serviços gratuitos para o meio acadêmico, em línguas portuguesa e espanhola. O Portal está presente em 18 países: Andorra, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela, congregando 72% do público universitário, com 12,1 milhões de alunos e professores.
Lançado no Brasil em março de 2002, o portal Universia (www.universia.com.br) conquistou em sete anos, a parceria com 257 universidades, alcançou a marca de 2,4 milhões de usuários cadastrados e uma média mensal de 1,2 milhão de usuários únicos (Fonte: Nielsen//NetRatings).
Os conteúdos e os serviços atendem aos pré-universitários, universitários, pós-universitários, docentes e gestores das instituições de ensino superior. Os serviços oferecidos são: estágios, cursos on-line, salas de aula virtuais, e informações sobre bolsas de estudo, intercâmbio, empreendedorismo, pesquisa científica, carreira, entre outros.

Sobre o Santander Universidades
O apoio à educação superior é o principal foco de sustentabilidade do Grupo Santander, que mantém convênios com mais de 700 universidades no mundo e cerca de 320 parceiras no Brasil. Desde a criação do Santander Universidades em 1996, o Banco investiu mais de R$ 1 bilhão em iniciativas de apoio à Educação no mundo. Até o final de 2009, serão concedidas mais de 16,5 mil bolsas de estudos nacionais e internacionais para aprimorar a formação de universitários e professores brasileiros em diferentes áreas do conhecimento. Além dos Prêmios Santander e das bolsas de estudos, outra iniciativa importante é o Espaço Digital Santander Universidades, que ampliam o acesso ao mundo digital em diferentes regiões do país.

Sobre o Grupo Santander Brasil
O Grupo Santander Brasil, que reúne os bancos Santander e Real, em dezembro de 2008 contava com ativos totais de R$ 315 bilhões, R$ 204,3 bilhões de captações totais – R$ 124 bilhões em depósitos e R$ 80,4 bilhões em fundos de investimentos, mais de 8 milhões de correntistas ativos e uma rede de 3.592 pontos de venda, entre agências e postos de atendimento.

Sobre o Grupo Santander no mundo
O Santander (SAN.MC, STD.N), com sede em Madri, tem como atividade fundamental o banco de varejo, o qual complementa com desenvolvimentos globais em banco de atacado, cartões, gestão de ativos e seguros. Ao final de 2008, o Santander tinha €1,168 trilhão em ativos administrados de mais de 80 milhões de clientes atendidos em mais de 14 mil agências. Fundado em 1857, o Santander é o primeiro grupo financeiro na Espanha e na América Latina e conta com uma importante presença na Europa Ocidental e no Reino Unido. Em 2008, o Banco obteve um lucro líquido atribuído de € 8,876 bilhões, um crescimento de 9% em relação ao mesmo período de 2007 sem incluir os ganhos extraordinários.
Na América Latina, o Santander é responsável pela gestão de um volume de negócios superior a US$ 200 bilhões (incluindo créditos, depósitos, fundos e patrimônios administrados), por meio de 6.089 agências. Em 2008, o Santander obteve na América Latina um lucro líquido atribuído de € 2,945 bilhões, um aumento de 10% em relação a 2007.
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

ACSP realiza Encontro Setorial com foco na área farmacêutica

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) promove, na quinta-feira (13/08), a partir das 8h30, mais um Encontro Setorial em sua sede situada na Rua Boa Vista nº 51, 9º andar, Centro de São Paulo . Desta vez, a ênfase das discussões é direcionada ao setor farmacêutico.

O evento tem o objetivo de reunir competências dos principais setores da economia para a discussão de temas relevantes que propiciem traçar o cenário de cada grupo e entender suas principais necessidades. As análises geradas em cada Encontro Setorial da ACSP serão utilizadas para apoiar as implementações que impulsionem os negócios nas empresas.

Confira abaixo a programação do evento:

8h30
Credenciamento e welcome coffee

9h00
Abertura
Sandra Turchi – Superintendente de Marketing da ACSP

9h05
Palestra “Varejo para baixa renda”
Renato Meirelles – Sócio-diretor da Data Popular

9h45
Coffee break

10h00
Ciclo do crédito para o setor farmacêutico

10h15
Como a ACSP pode contribuir para o setor
Sandra Turchi - Superintendente de Marketing da ACSP

10h40
Palestra “O consumidor contemporâneo e as tendências no varejo farmacêutico e cosmético"
Beth Furtado – Sócia-diretora da Alia Consultoria de Marketing

11h45
Encerramento

Sobre a ACSP

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus mais de 100 anos de história, atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, tem estado sempre ao lado do pequeno, médio e grande empresário. No ambiente de negócios, a ACSP administra o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), que dispõe do mais moderno e completo banco de dados de informações comerciais, com dados de pessoas e empresas e cobertura nacional.
Para mais informações, visite o site www.acsp.com.br ou ligue para (11) 3244-3030.
*
*
*
Publicidade:

FESTAS E EVENTOS:


LEMBRANCINHAS DE ANIVERSÁRIO, PASCOA, NATAL, ETC:
Imãs de geladeira, porta retratos, diplominhas...


RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS:
Removo manchas, marcas de expressão, sujeiras, fundos e pessoas. Restauro fotos antigas e faço montagens de fotos infantis para lembrancinhas de aniversário.


EDIÇÃO DE VÍDEOS PARA YOUTUBE E COMEMORAÇÕES
Edição de vídeos caseiros e montagem de vídeos com fotos para youtube ou apresentações em DVD.


www.kidbrinde.webnode.com.pt

AÇÃO CONJUNTA ajuda a combater a exploração sexual infanto-juvenil na cidade de LORENA

Prefeitura de Lorena faz parceria com a Polícia Rodoviária Federal e WCF Brasil para combater a exploração sexual infanto-juvenil

Ação será feita na Via Dutra e BR-459

Uma reunião entre representantes da Polícia Rodoviária Federal, o Instituto WCF Brasil, organização comandada pela rainha Silvia, da Suécia, e representantes de conselhos tutelares e integrantes dos conselhos de direitos, discutiu novas formas e métodos de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes, às margens da Via Dutra e da BR-459, que liga Lorena a Itajubá (MG).

A Secretária Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, de Lorena, Eliane Salomão e a coordenadora do Creas - Centro de Referência Especializado de Assistência e Desenvolvimento Social, da SADS, Ana Maria Leite participaram da reunião, juntamente com representantes da Secretaria Municipal da Educação e do Conselho Tutelar.

A Secretária Eliane Salomão, explicou de que forma a ação será desenvolvida. “ A idéia é fazer com que os empresários do ramo de transportes e frotas de caminhões nos auxiliem na divulgação do programa “Na Mão Certa” e conscientizem seus motoristas e caminhoneiros, de que eles também devem atuar na proteção a essas crianças em situação de risco”.

Segundo a coordenadora do Creas, Ana Maria Leite, sem o envolvimento de todos os integrantes do processo que são: as empresas, os motoristas, os órgãos de assistência e as famílias desses jovens; a cadeia de exploração a crianças a adolescentes, se perpetuará. “Por isso é de extrema importância que possamos contar com a expertise das empresas que conhecem a linguagem de seus integrantes, para que assim eles se sintam como parte de uma rede protetora às crianças”.

A reunião foi realizada, nesta segunda-feira, 27/07, com cerca de 50 pessoas de diversas cidades da região do Vale do Paraíba, na sede da Polícia Rodoviária Federal, em Cachoeira Paulista.

Uma equipe do WCF Brasil realizou uma pesquisa de cunho científico sobre o perfil da criança vítima da violência e, em Lorena, dois casos fizeram parte desse estudo, que deverá ser divulgado no mês de setembro.
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Os Dalits nossos de cada Dia

Lena Almeida e Eunice MendesConsultoras Sênior do Instituto MVC, autoras do livro FALAR BEM É FÁCIL e do programa e-learning Técnicas de Apresentação
http://www.institutomvc.com.br/

QUER CONHECER UM HOMEM? DÊ-LHE PODER!
(Anônimo)

A palavra indiana dalit significa quebrado, esmagado, oprimido. Para os indianos pertencentes às castas, os dalits representam a poeira nos pés de Deus. São os párias, os proscritos, cuja vida é regida por um sistema de apartheid. Até o esbarrar em suas sombras pode poluir o corpo e a alma dos homens de casta. Os dalits não podem orar nos templos, e nas escolas não lhes é dado o direito de entrar em sala de aula; se entram, só podem se sentar nas últimas fileiras. A voz deles quase nunca é ouvida. Por isso os dalits são quase sempre analfabetos e a taxa de mortalidade infantil entre eles chega a 10%. São os últimos no ranking social e sequer são considerados como parte do sistema.

Esta realidade mostrada na novela Caminho das Índias, da TV Globo é um claro exemplo de discriminação. Talvez nos espante o tratamento dado aos dalits, mas nos esquecemos de olhar os dalits do nosso cotidiano. Esquecemos que, muitas vezes, também somos acometidos de uma cegueira preconceituosa causada pela nossa prepotência.

O psicólogo Fernando B. Costa é autor de uma tese de mestrado muito reveladora sobre a invisibilidade social. Ele vestiu um uniforme de gari e por oito anos varreu um campus universitário, para observar o tratamento dispensado aos profissionais que exerciam trabalho braçal mal remunerado naquele local. Essas pessoas pareciam invisíveis, eram os nossos dalits,aqueles que varriam as ruas, recolhiam os tocos de cigarro, as fezes dos cachorros, enfim, faziam o trabalho considerado sujo e não apropriado para quem tem acesso à informação, faz faculdade, conquista um emprego e tem chance de ascender na escala social. Os invisíveis jamais recebiam um bom-dia, um sorriso, um olhar, uma conversa amistosa… O autor da tese concluiu que, naquele ambiente, as funções sociais eram mais valorizadas do que os indivíduos.

Quem tratamos como dalits no nosso dia a dia?

Comece a prestar atenção nas ruas e perceba a reação de algumas pessoas se um mendigo se aproxima ou se uma criança pede um lanche. A maioria finge que não vê, muda de calçada, alguns até soltam palavras de ódio contra quem ousa lhes dirigir a palavra.

Nas empresas acontece o mesmo. Vamos repensar como estão as nossas relações interpessoais? Como exercemos o poder? Como pedimos aos boys para fazer suas tarefas? Cobramos sem ensinar? Como tratamos a moça do café, a que limpa os banheiros, o funcionário novato que não conhece as regras da empresa?

Nós não transformamos em dalits somente os que exercem as funções mais humildes, mas também nossos pares. Quem escolhemos para ser nosso saco de pancadas, a quem estendemos o dedo acusador só por crueldade?

Ninguém é permanentemente generoso. Nós também somos sádicos e perversos, bichos raivosos prontos para atacar, principalmente quem não pode, por mero instinto de sobrevivência, se defender…

Para Refletir:

Será que é possível fazer uma autoanálise consciente para ter mais respeito, empatia, compaixão?

Não se engane: cada um de nós também é um dalit para alguém, quando:

a) Um novo profissional exerce o mesmo cargo que o seu e entra na empresa ganhando o dobro do seu salário;
b) O Diretor não o convida para o fim de semana na casa de praia, mas convida todo o resto do seu grupo;
c) Aquele trainee trata você com arrogância e nem quer saber o que você pode lhe ensinar;
d) Na reunião, o cliente só olha para os outros sócios e não presta atenção no que você diz;
e) Você se sente um estranho no ninho em um determinado ambiente;
f) Em uma roda social, você percebe que alguém faz uma ironia ou ignora a sua presença;
g) Você é discriminado pela sua cor, posição social ou postura política.

Ninguém quer ser invisível nem quer ser ignorado. A indiferença é para muitos uma espécie de morte moral.

A sobrevivência saudável também precisa de atenção, elogios, reconhecimento e respeito.
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Saiba mais sobre a região pré-sal

Esclarecimento sobre perfurações na região pré-sal
Em relação à matéria divulgada no Jornal Valor Econômico hoje (28/07) sob o título "No pré-sal, 32% dos poços abertos são pouco viáveis", a Petrobras esclarece que na região do pré-sal da Bacia de Santos, a taxa de sucesso é de 100%.
O mapa já divulgado (área azul) com a área do pré-sal, que se estende pelas Bacias de Santos e Campos, não corresponde a um único campo de petróleo. Além da existência da rocha reservatório, a descoberta de um campo petrolífero decorre da identificação e ocorrência simultânea de uma série de fatores geológicos, os quais definem o posicionamento dos poços exploratórios em determinada bacia sedimentar.
Ao longo da história de exploração das Bacias de Campos e Santos, vários poços identificaram os referidos reservatórios, mas, no entanto, os mesmos não foram perfurados em situações geológicas ideais e não tinham como objetivo específico buscar descobertas em reservatórios do pré-sal. A partir de 2006, quando as rochas carbonáticas do pré-sal foram efetivamente comprovadas como potenciais reservatórios para acumulações de petróleo, a Petrobras perfurou 11 poços na área central da Bacia de Santos tendo estes reservatórios como objetivos principais. Todos estes poços resultaram em descobertas (taxa de sucesso de 100%), cujos Planos de Avaliação estão sendo realizados, conforme aprovado junto a ANP e amplamente divulgado pela Companhia.
Conforme divulgado no Form-20F (Relatório Anual da Security Exchange Comission) até o final de 2008 foram perfurados 30 poços na região do pré-sal, que se estende da Bacia de Campos até a Bacia de Santos, tendo sido obtida uma taxa de sucesso de 87% na comprovação de presença de hidrocarbonetos.
Em relação ao poço 6-BG-6P-SPS, conhecido como Corcovado-1, localizado no Bloco BM-S-52, a Companhia reforça as informações divulgadas pelo operador (BG Group) e posteriormente pela Petrobras através comunicado ao mercado em 08/04/2009, que anunciou a existência de indícios de hidrocarbonetos.
Em nota divulgada hoje a BG Group informa que a perfuração do segundo poço ainda não foi concluída e que no momento não pode comentar sobre os resultados. O BM-S-52 é explorado pelo consórcio formado pela Petrobras (60%) e BG Group (40% operadora durante a fase exploratória).
É entendimento da Petrobras que são improváveis as ocorrências de poços secos, fora dos padrões normais da indústria de petróleo, na área do pré-sal da Bacia de Santos, devido ao conhecimento dos modelos geológicos, da quantidade de dados sísmicos e do número de poços já perfurados com sucesso.
A Petrobras ratifica as informações divulgadas pela Companhia em 01 e 15 de outubro de 2008, onde esclarece que embora a notificação de indícios de hidrocarbonetos seja um dado positivo ela não implica em descoberta comercial de óleo ou gás. A comercialidade de um campo só é possível após o envio e aprovação da declaração de comercialidade na ANP. Por fim esclarecemos que até o momento na área do pré-sal da Bacia de Santos e Campos não foi enviada nenhuma declaração de comercialidade à ANP.

Mapa da região pre sal :
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

segunda-feira, 27 de julho de 2009

III JORNADA BRASILEIRA DE CINEMA SILENCIOSO na Cinemateca Brasileira > De 7 a 16/08

De 7 a 16 de agosto próximo será realizada, na Cinemateca Brasileira, a III Jornada Brasileira de Cinema Silencioso, evento que se integrou definitivamente ao calendário cultural da cidade e do país, e que neste ano apresenta 77 títulos das três primeiras décadas do século XX, mais um programa composto por 74 filmes curtíssimos dos irmãos Lumière.

Todos os filmes serão exibidos com acompanhamento musical ou sonoro, na sala Cinemateca BNDES. Neste ano a jornada conta com 34 artistas convidados para acompanhar todas estas sessões. Os mesmos filmes terão projeção silenciosa na Sala Cinemateca Petrobras. Nos dias 13, 14, 15 e 16 de agosto a Jornada também contará com exibições especiais na Sala São Paulo.

As apresentações nas salas da Cinemateca Brasileira terão entrada franca, e na Sala São Paulo haverá venda de ingressos.


MOSTRA FRANCESA
Como nas edições anteriores, uma cinematografia nacional do período silencioso será privilegiada, de forma a destacar os trabalhos dos arquivos de filme de um determinado país. Nesta terceira edição, aliando-se às manifestações relativas ao Ano da França no Brasil, receberemos o cinema silencioso francês através da contribuição vinda dos Arquivos Franceses do Filme/Centro Nacional de Cinematografia, da Cinemateca Francesa e dos Arquivos Albert Kahn.

Entre os destaques da mostra francesa, será exibida uma coleção dos primeiros trabalhos dos irmãos Lumière, inventores do cinema na França, documentários curtos sobre a Córsega, a Tunísia, a Abissínia, e filmes de longa metragem - comédias, romances e filmes policiais da década de 1920, em cópias maravilhosamente tingidas, como se usava na época. Entre as grandes realizações artísticas, as atrações ficam por conta de L'homme du large / O homem do mar (1920) e de Maldone (1928), realizados respectivamente por Marcel L’Herbier e Jean Grémillon, cineastas marcantes da vanguarda cinematográfica francesa. Salammbô (Pierre Marodon, 1925), filme histórico de grande espetáculo, adaptado do romance de Gustave Flaubert, encerrará a Jornada.

Ainda como parte da mostra francesa será apresentado, na Sala São Paulo, de 13 a 16, o filme Études sur Paris, realizado por André Sauvage em 1928, com partitura original para grande orquestra composta especialmente por um de nossos maiores músicos eruditos contemporâneos, José Antônio de Almeida Prado.

Contribuição também a esta seção será uma coletânea de filmes da produtora Gaumont, restaurada pela Cinemateca da Suécia, com várias realizações de Alice Guy, primeira diretora de cinema do mundo.

A conferência inaugural da III Jornada, ficará a cargo de Caroline Patte, especialista do Centro Nacional de Cinematografia e pesquisadora, que abordará o cinema silencioso francês, conhecido e preservado até os dias de hoje, no dia 8 de agosto na Sala Cinemateca BNDES.

Três conferências serão proferidas por Isabelle Marinone, pesquisadora do Institut d’Études Avancées du Collegium de Lyon e professora da Universidade Paris 3 – Sorbonne Nouvelle, que falará sobre as relações entre Anarquismo e cinema na França, tema de sua tese de doutorado. Articuladas ao curso dado por Isabelle Marinone serão feitas algumas projeções de filmes realizados pela cooperativa Cinéma du Peuple, primeira organização anarquista ligada à produção de filmes para a divulgação de idéias libertárias entre a classe operária. Serão exibidos La Commune / A Comuna (Armand Guerra, 1914), Les Misères de l’aiguille / As Misérias da agulha (Raphael Clamour, 1914) e fragmentos de Le Vieux docker / O Velho doqueiro (Armand Guerra, 1914); Manifestations en faveur de Sacco et Vanzetti (1921 e 1927, de Le Saint e Sauvageot respectivamente), além de La Terroriste / A Terrorista (produção da Pathé de 1907). Será lançada durante a Jornada uma edição de parte da tese de Isabelle Marinone sobre Anarquismo e cinema, especialmente preparada pela autora para o Brasil.

SEÇÃO BRASILEIRA

A seção brasileira da III Jornada será dedicada aos filmes de expedição à Amazônia nas primeiras décadas do século XX. Dois grandes documentaristas do período no Brasil, Silvino Santos e Thomaz Reis terão sessões especiais. Será também exibido, pela primeira vez no Brasil, o filme The River of Doubt / O Rio da Dúvida, sobre a expedição realizada em 1914 pelo ex-presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt em companhia do então coronel Cândido Rondon. Este filme virá especialmente da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e terá acompanhamento musical ao vivo por Marlui Miranda.

SEÇÃO PERMANENTE – GIORNATE DEL CINEMA MUTO, DE PORDENOME - ITÁLIA
Para a seção permanente da Jornada Brasileira de Cinema Silencioso dedicada às Giornate del Cinema Muto, de Pordenone – a maior manifestação cinematográfica mundial dedicada ao cinema silencioso – o comitê diretor desse evento (que este ano alcança sua edição de número 28) selecionou duas divertidíssimas comédias americanas The Patsy / Filhinha querida (King Vidor, 1928), estrelada por Marion Davies, e Exit smiling / Doce amargura (Sam Taylor, 1926), estrelado por Beatrice Lillie. Destaques femininos também são de grande importância no filme canadense Back to God’s country / De volta à terra de Deus (David Hartford, 1919), produzido e estrelado por Nell Shipman, primeira atriz a dedicar praticamente sua vida toda a questões ecológicas, e no filme chinês Tianming/Amanhecer (Sun Yu, 1933), estrelado pela distante diva Lili Li. A seleção de Pordenone ficará completa com a exibição do primeiro filme longo antimilitarista do mundo Maudite soit la guerre! / Maldita seja a guerra! (Alfred Machin, 1914), com extraordinárias pesquisas sobre o uso dramático da cor no cinema.

SEÇÃO AMÉRICA LATINA

No programa Janela para a América Latina será exibido El Húsar de la muerte / O Hússar da morte (Pedro Sienna, 1925), cedido pela Cinemateca Nacional do Chile, o maior sucesso do cinema silencioso chileno, que narra de forma irônica e divertida as peripécias de Manuel Rodríguez, figura quase folclórica ligada a episódios do período revolucionário de independência do Chile.

EXIBIÇÃO ESPECIAL
A Jornada Brasileira de Cinema Silencioso terá a satisfação de exibir dois filmes silenciosos contemporâneos realizado pela Winsconsin Bioscope, especialmente o curta realizado em 2006: A expedição brasileira de 1916, que reconstitui a viagem à lua de alguns aeronautas brasileiros.


OUTROS DESTAQUES

Graças à colaboração do Instituto Cervantes de São Paulo, o premiado músico e pianista catalão Jordi Sabatés apresentará um programa especial dedicado às obras de animação, ilusionismo, experimentais e cômicas do cineasta Segundo de Chomón, pioneiro do cinema francês.

Em especial comemoração ao centenário de nascimento da atriz brasileira (nascida no Egito) Eva Nil, destaque na concepção nas peças gráficas e vinheta da III Jornada, será realizada a pré-estréia do curta-metragem Eva Nil, cem anos sem filmes, de João Marcos Almeida.

Nesta edição, pela primeira vez, o evento contará com a participação de editores de som e sonoplastas, sonorizando um filme ao vivo. No cinema sonoro eles são responsáveis por toda a construção dos ambientes, concepção e mesmo realização dos sons adicionais e, finalmente, pela mixagem do filme, juntando diálogos, sons incidentais e música. Na Jornada, o grupo comandado por Miriam Bidderman sonorizará os filmes A Abissínia nos tempos de Menelik (1910), A Mão (1920), Balaú (1913), no dia 13 de agosto às 21h00.


CURADORIA

Com curadoria geral de Carlos Roberto de Souza, uma das preocupações da Jornada é atualizar o espetáculo cinematográfico das primeiras décadas do século XX, permitindo ao público atual conhecer significativas obras do passado, despindo esse contato de qualquer forma de saudosismo.

A curadoria musical da III Jornada Brasileira de Cinema Silencioso estará novamente sob a responsabilidade de Livio Tragtenberg, e entre alguns músicos participantes estarão Marlui Miranda, Simone Sou, Carlinhos Antunes, Carlos Careqa, Leo Cavalcanti, Antonio Eduardo, Ordinária Hit, Marco Scarassati, Felipe Julián, Duo Portal, Gisela Muller, Fábio Caramuru e Lucila Tragtenberg. Uma das concepções desenvolvidas para o tratamento sonoro desse ano foi o uso de narrações e falas sincronizadas aos filmes. Para uma das sessões do filme Exit smiling que serão apresentadas com essa abordagem (que também era utilizada nas décadas de 1910 e 20), foi convidado o ator Pascoal da Conceição que se apresentará no dia 11 de agosto às 21h15.

ABERTURA

A abertura do evento será realizada na Sala BNDES da Cinemateca Brasileira, no dia 07 de julho, às 20h30, com a exibição dos curtas: A Expedição Brasileira de 1916 (Dan Fuller, 7', 2006, 35mm, bp, EUA); Cadtastrophe (Dan Fuller, 3', 2003, 35mm, bp, EUA); Rituais e festas borôro (Thomaz Reis, 26', 1916, 35mm, bp, Brasil); A Comuna ("La Commune", Armand Guerra, 22', 1914, 35mm, bp, França) e Imagens francesas de Sieurin ("Sieurins franska bilder", Alice Guy/Gaumont Produções, 19', 1899-1900, 35mm, cor, França).
As exibições terão acompanhamento musical de Felipe Julian, Carlinhos Antunes e Simone Sou.

ACESSE AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA
Serviço:
III Jornada Brasileira de Cinema Silencioso, de 7 a 16 de agosto de 2009
Classificação: 12 anos

- Cinemateca Brasileira – Sala Cinemateca BNDES (205 lugares + 4 para cadeirantes) / Sala Cinemateca Petrobras (110 lugares)
Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino
Telefone: 11 3512-6111
Entrada franca

- Sala São Paulo (1484 lugares) – Quinta, 13/8 (21h); Sexta, 14/8 (21h); Sábado, 15/8 (16h30) e Domingo, 16/8 (17h).
Praça Julio Prestes, 16 – Centro
Telefone: 11 3223-3966
Preços: de R$ 30 a R$ 104
Aposentados, pessoas acima de 60 anos, estudantes e professores da rede pública têm 50% de desconto, mediante comprovação
Recomendação etária: 7 anos
Estacionamento: 610 vagas (592 comuns e 18 para Portadores de Necessidades Especiais) - R$ 8.
Cartões de crédito: Visa, Mastercard, American Express e Diners.
Ingressos também pela Ingresso Rápido 4003-1212 - www.ingressorapido.com.br.
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

SESC Consolação apresenta o premiado Inveja dos Anjos, da Armazém Companhia de Teatro > 07/08

Foto: SimoneM; ThalesC - (Mauro Kury)
Com patrocínio da Petrobras, companhia radicaliza nas formas narrativa e espacial para abordar as relações na família, na amizade e no amor.

Após as recentes e bem-sucedidas montagens de dois autores geniais do século XX, Bertolt Brecht (Mãe Coragem e seus Filhos) e Nelson Rodrigues (Toda Nudez será Castigada), a Armazém Companhia de Teatro retoma o caminho da dramaturgia própria. Inveja dos Anjos é mais um fruto do processo de criação forjado em 21 anos de grupo. O espetáculo estreia em São Paulo, no dia 7 de agosto, sexta-feira, no Teatro SESC Anchieta do SESC Consolação, às 21 horas, para temporada de apenas quatro semanas.

O poeta Maurício Arruda Mendonça e o diretor Paulo de Moraes assinam a dramaturgia desta montagem que venceu o Prêmio Shell de Teatro 2008, nas categorias de Melhor Autor e Melhor Atriz (Patrícia Selonk), além do Prêmio APTR 2008, nas categorias de Melhor Espetáculo e Melhor Iluminação (Maneco Quinderé).

Sinopse: Uma ferrovia que começa e termina no infinito atravessa a história de Tomás, Cecília e Luisa. A partir do encontro dos três amigos – que discutem suas memórias -, o passado vai se materializando em cena, na forma de afetos perdidos ou a serem descobertos.

O espaço cênico de Inveja dos Anjos determina experimentos dos atores com corpo e voz que ajudam a dar nexo a uma narrativa invariavelmente fragmentada mas jamais inorgânica.

O ponto de partida para a peça foi a imagem dos trilhos de trem. Paulo guarda-a desde a infância no interior paranaense, quando assistia ao vaivém dos vagões e das pessoas na estação da cidade onde nasceu. Os trilhos é o lugar do entroncamento imaginário nas histórias a que ele e Maurício deram asas.

Um carteiro, Eleazar, transita pelas relações daquela localidade. O mensageiro ora sobrevoa ora interfere diretamente nos rumos dos outros. É por meio dele que acessamos os núcleos do pai e da filha, Tomás e Natália; da mãe e da filha, Luísa e Branca; e de um casal, Rocco e Cecília. Cada qual atravessa uma crise precipitada por mortes ou nascimentos de fato ou simbólicos.

Natália tem nove anos e sua mãe está internada por dependência química. Acostumada a responsabilidades adultas, equilibrista nata em contextos sociais precários, a menina resolve bater à porta do pai que jamais conhecera. Escritor em crise e dono de um sebo, Tomás vaticinava cremar a própria memória quando a vida ganha novos significados, a partir desse encontro, justamente projetado do passado.

De natureza mais profundamente amorosa, o vínculo mãe-filha sofre um baque nos primeiros anos que jamais cicatriza. Luísa, uma angustiada confeiteira que busca tornar a existência mais doce, inverte os papéis com Branca, a velha senhora prisioneira da memória e que hoje carece de cuidados feito criança. O espectador conhecerá a razão da morte-em-vida em que a filha se encontra e da qual tenta se livrar.

A garçonete Cecília procura superar a paixão por Rocco, um pseudo-forasteiro daquelas terras às quais sempre volta. Ela cansou das dissimulações; não por acaso a mágica é um dos ofícios que ele aprendeu mundo afora aplicando golpes. A leveza pode ser insuportável. E o amor romântico será desconstruído de forma bastante original nessa trama sem final feliz, mas definitivamente transformadora para o homem e a mulher envolvidos.

Os afetos familiares são apresentados de maneira não-convencional. Contradições, desesperos, perseveranças, humores e inclusive algumas epifanias pontuam cada um dos núcleos que também possuem células intercomunicantes. “A relação que talvez mais interessa, e que vai permear tudo isso, é a da irmandade. Não a irmandade consanguínea, mas a decorrida da amizade que une desde a infância Tomás, Luísa e Cecília”, afirma Paulo de Moraes. O trio desenha uma espécie de rede de proteção que ajuda a reescrever seus destinos em meio aos tipos que simplesmente aparecem ou desaparecem.

Em sua estrutura narrativa, Inveja dos Anjos absorve elementos de um certo memorialismo literário, já que no embrião das pesquisas da equipe para esse trabalho estão os exercícios e estudos sobre a obra do colombiano Gabriel García Márquez e do americano Paul Auster. É o espírito dessa escrita que impregna o percurso de Natália, por exemplo. O tempo todo ela recorre à fábula para contornar duras realidades em mãos dadas com Chapeuzinho Vermelho ou com Alice, esta menina a quem a Armazém adotou num dos seus maiores sucessos de público e de crítica, Alice Através do Espelho (1999), livremente inspirada em Lewis Carroll. Já a velha Branca surge, a certa altura, dançando abraçada a um espantalho caracterizado pela metade de um paletó envolto em parte do corpo da atriz que a interpreta, numa tradução perfeita daqueles dias de fatos e fantasias revelados; tentativas de perpetuar ou apagar rostos e sentimentos.

As referências cruzadas na narrativa, suas quebras, são características no trabalho da companhia desde pelo menos A Ratoeira é o Gato (1993), a peça que demarcou identidade e linguagem através da expressão física dos atores-criadores ao retratar formas arcaicas e contemporâneas da violência. Sob o Sol em meu Leito após a Água (1997), que encenou o embate de dois irmãos, principiava no meio da história, ia até o fim e voltava ao começo. “A fragmentação ganha sentido para a gente por ser o movimento do mundo ordenado segundo uma lógica interna. Essa lógica interna é a nossa voz. É o lugar onde a gente se sente, realmente, representado. A fragmentação talvez seja a grande protagonista do mundo representacional da Armazém”, afirma Paulo de Mores.

Logo no início do novo espetáculo, expõem-se os códigos da fragmentação para convidar o espectador à conversa cênica. São tempos, lugares, pensamentos, diálogos, climas e até personagens em suspensão, literalmente. José, um homem sem um dos braços, ser ancestral da cidade, aparece amarrado por cabo de aço (remissão a Pessoas Invisíveis, 2002) e desce das alturas andando verticalmente sobre os trilhos direcionados para o céu. Explica-se. Quando chegar ao teatro, o espectador perceberá a reprodução cenográfica do trecho de uma estrada de ferro que corta a boca de cena de ponta a ponta. O olhar sobre as vigas de aço e os dormentes no chão, súbito, é desviado para o plano aéreo, numa variante que tem a ver com os próprios deslocamentos dos personagens ao longo do espetáculo, altos e baixos existenciais.

As cenas são consonantes ainda nuns poucos objetos em comum: a cadeira, a mesa, o sofá e a cama. Nada é de alguém, mas de todos. O campo de ação compreende cerca de vinte metros de largura por seis metros de profundidade. A platéia frontal cresce diante dos atores em apenas quatro fileiras, que comportam 126 espectadores. O fundo da cena é concreto: a parede desencapada da Fundição, tijolos e cimento aparentes. Apesar da proximidade, a visão do público é radicalmente horizontal; uma cenografia a um só tempo aberta e fechada. O drama Inveja dos Anjos deseja estimular o espectador a “editar” enquadramentos, como se lhe coubesse acompanhar o movimento dos vagões, ou melhor, dos quadros ali representados tal fotogramas do cinematógrafo, o filme da vida que passa ligeiro em situações-limites.

Espetáculo - Inveja dos Anjos
Com Armazém Companhia de Teatro - www.armazemciadeteatro.com.br
Direção: Paulo de Moraes
Dramaturgia: Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes
Elenco: Marcelo Guerra (Eleazar), Patrícia Selonk (Cecília), Ricardo Martins (Tomás), Simone Mazzer (Luísa), Simone Vianna (Branca), Thales Coutinho (Rocco/homem sem braço) e Verônica Rocha (Natália).
Iluminação: Maneco Quinderé
Figurinos: Rita Murtinho
Cenografia: Paulo de Moraes e Carla Berri
Trilha Sonora (Composição e Pesquisa): Ricco Viana
Projeto Gráfico: Alexandre de Castro
Fotografias: Mauro Kury
Produção Executiva: Flávia Menezes
Produção São Paulo: Darson Ribeiro
Produção: Armazém Companhia de Teatro
Patrocínio: Petrobras
Realização: SESC São Paulo
Estreia Dia 7 de agosto – sexta-feira – às 21 horas
Teatro Sesc Anchieta - SESC Consolação – www.sescsp.org.br
Rua Dr. Vila Nova, 245 - Vila Buarque?SP – Tel: (11) 3234-3000
Temporada – sexta e sábado (21 horas) e domingo (19 horas) – Até 30/08/09
Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (estudantes, maiores de 60 anos, professores da rede pública usuário matriculado e dependentes) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes)
Duração: 1h45 Gênero: Drama - Desaconselhável para menores de 12 anos
Capacidade: 320 lugares - Bilheteria: 2ª a 6ª (12h às 22h), sáb (9h às 21h) e dom (14h às 19h) Aceita Cheque e todos os cartões - Ar condicionado e acesso universal - Ingressos nas Unidades do SESC e CineSESC – Não faz reservas
Não possui estacionamento.

*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

SESC Consolação apresenta o premiado Inveja dos Anjos, da Armazém Companhia de Teatro

Com patrocínio da Petrobras, companhia radicaliza nas formas narrativa e espacial para abordar as relações na família, na amizade e no amor.

Após as recentes e bem-sucedidas montagens de dois autores geniais do século XX, Bertolt Brecht (Mãe Coragem e seus Filhos) e Nelson Rodrigues (Toda Nudez será Castigada), a Armazém Companhia de Teatro retoma o caminho da dramaturgia própria. Inveja dos Anjos é mais um fruto do processo de criação forjado em 21 anos de grupo. O espetáculo estreia em São Paulo, no dia 7 de agosto, sexta-feira, no Teatro SESC Anchieta do SESC Consolação, às 21 horas, para temporada de apenas quatro semanas.

O poeta Maurício Arruda Mendonça e o diretor Paulo de Moraes assinam a dramaturgia desta montagem que venceu o Prêmio Shell de Teatro 2008, nas categorias de Melhor Autor e Melhor Atriz (Patrícia Selonk), além do Prêmio APTR 2008, nas categorias de Melhor Espetáculo e Melhor Iluminação (Maneco Quinderé).

Sinopse: Uma ferrovia que começa e termina no infinito atravessa a história de Tomás, Cecília e Luisa. A partir do encontro dos três amigos – que discutem suas memórias -, o passado vai se materializando em cena, na forma de afetos perdidos ou a serem descobertos.

O espaço cênico de Inveja dos Anjos determina experimentos dos atores com corpo e voz que ajudam a dar nexo a uma narrativa invariavelmente fragmentada mas jamais inorgânica.

O ponto de partida para a peça foi a imagem dos trilhos de trem. Paulo guarda-a desde a infância no interior paranaense, quando assistia ao vaivém dos vagões e das pessoas na estação da cidade onde nasceu. Os trilhos é o lugar do entroncamento imaginário nas histórias a que ele e Maurício deram asas.

Um carteiro, Eleazar, transita pelas relações daquela localidade. O mensageiro ora sobrevoa ora interfere diretamente nos rumos dos outros. É por meio dele que acessamos os núcleos do pai e da filha, Tomás e Natália; da mãe e da filha, Luísa e Branca; e de um casal, Rocco e Cecília. Cada qual atravessa uma crise precipitada por mortes ou nascimentos de fato ou simbólicos.

Natália tem nove anos e sua mãe está internada por dependência química. Acostumada a responsabilidades adultas, equilibrista nata em contextos sociais precários, a menina resolve bater à porta do pai que jamais conhecera. Escritor em crise e dono de um sebo, Tomás vaticinava cremar a própria memória quando a vida ganha novos significados, a partir desse encontro, justamente projetado do passado.

De natureza mais profundamente amorosa, o vínculo mãe-filha sofre um baque nos primeiros anos que jamais cicatriza. Luísa, uma angustiada confeiteira que busca tornar a existência mais doce, inverte os papéis com Branca, a velha senhora prisioneira da memória e que hoje carece de cuidados feito criança. O espectador conhecerá a razão da morte-em-vida em que a filha se encontra e da qual tenta se livrar.

A garçonete Cecília procura superar a paixão por Rocco, um pseudo-forasteiro daquelas terras às quais sempre volta. Ela cansou das dissimulações; não por acaso a mágica é um dos ofícios que ele aprendeu mundo afora aplicando golpes. A leveza pode ser insuportável. E o amor romântico será desconstruído de forma bastante original nessa trama sem final feliz, mas definitivamente transformadora para o homem e a mulher envolvidos.

Os afetos familiares são apresentados de maneira não-convencional. Contradições, desesperos, perseveranças, humores e inclusive algumas epifanias pontuam cada um dos núcleos que também possuem células intercomunicantes. “A relação que talvez mais interessa, e que vai permear tudo isso, é a da irmandade. Não a irmandade consanguínea, mas a decorrida da amizade que une desde a infância Tomás, Luísa e Cecília”, afirma Paulo de Moraes. O trio desenha uma espécie de rede de proteção que ajuda a reescrever seus destinos em meio aos tipos que simplesmente aparecem ou desaparecem.

Em sua estrutura narrativa, Inveja dos Anjos absorve elementos de um certo memorialismo literário, já que no embrião das pesquisas da equipe para esse trabalho estão os exercícios e estudos sobre a obra do colombiano Gabriel García Márquez e do americano Paul Auster. É o espírito dessa escrita que impregna o percurso de Natália, por exemplo. O tempo todo ela recorre à fábula para contornar duras realidades em mãos dadas com Chapeuzinho Vermelho ou com Alice, esta menina a quem a Armazém adotou num dos seus maiores sucessos de público e de crítica, Alice Através do Espelho (1999), livremente inspirada em Lewis Carroll. Já a velha Branca surge, a certa altura, dançando abraçada a um espantalho caracterizado pela metade de um paletó envolto em parte do corpo da atriz que a interpreta, numa tradução perfeita daqueles dias de fatos e fantasias revelados; tentativas de perpetuar ou apagar rostos e sentimentos.

As referências cruzadas na narrativa, suas quebras, são características no trabalho da companhia desde pelo menos A Ratoeira é o Gato (1993), a peça que demarcou identidade e linguagem através da expressão física dos atores-criadores ao retratar formas arcaicas e contemporâneas da violência. Sob o Sol em meu Leito após a Água (1997), que encenou o embate de dois irmãos, principiava no meio da história, ia até o fim e voltava ao começo. “A fragmentação ganha sentido para a gente por ser o movimento do mundo ordenado segundo uma lógica interna. Essa lógica interna é a nossa voz. É o lugar onde a gente se sente, realmente, representado. A fragmentação talvez seja a grande protagonista do mundo representacional da Armazém”, afirma Paulo de Mores.

Logo no início do novo espetáculo, expõem-se os códigos da fragmentação para convidar o espectador à conversa cênica. São tempos, lugares, pensamentos, diálogos, climas e até personagens em suspensão, literalmente. José, um homem sem um dos braços, ser ancestral da cidade, aparece amarrado por cabo de aço (remissão a Pessoas Invisíveis, 2002) e desce das alturas andando verticalmente sobre os trilhos direcionados para o céu. Explica-se. Quando chegar ao teatro, o espectador perceberá a reprodução cenográfica do trecho de uma estrada de ferro que corta a boca de cena de ponta a ponta. O olhar sobre as vigas de aço e os dormentes no chão, súbito, é desviado para o plano aéreo, numa variante que tem a ver com os próprios deslocamentos dos personagens ao longo do espetáculo, altos e baixos existenciais.

As cenas são consonantes ainda nuns poucos objetos em comum: a cadeira, a mesa, o sofá e a cama. Nada é de alguém, mas de todos. O campo de ação compreende cerca de vinte metros de largura por seis metros de profundidade. A platéia frontal cresce diante dos atores em apenas quatro fileiras, que comportam 126 espectadores. O fundo da cena é concreto: a parede desencapada da Fundição, tijolos e cimento aparentes. Apesar da proximidade, a visão do público é radicalmente horizontal; uma cenografia a um só tempo aberta e fechada. O drama Inveja dos Anjos deseja estimular o espectador a “editar” enquadramentos, como se lhe coubesse acompanhar o movimento dos vagões, ou melhor, dos quadros ali representados tal fotogramas do cinematógrafo, o filme da vida que passa ligeiro em situações-limites.

Espetáculo - Inveja dos Anjos
Com Armazém Companhia de Teatro - www.armazemciadeteatro.com.br
Direção: Paulo de Moraes
Dramaturgia: Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes
Elenco: Marcelo Guerra (Eleazar), Patrícia Selonk (Cecília), Ricardo Martins (Tomás), Simone Mazzer (Luísa), Simone Vianna (Branca), Thales Coutinho (Rocco/homem sem braço) e Verônica Rocha (Natália).
Iluminação: Maneco Quinderé
Figurinos: Rita Murtinho
Cenografia: Paulo de Moraes e Carla Berri
Trilha Sonora (Composição e Pesquisa): Ricco Viana
Projeto Gráfico: Alexandre de Castro
Fotografias: Mauro Kury
Produção Executiva: Flávia Menezes
Produção São Paulo: Darson Ribeiro
Produção: Armazém Companhia de Teatro
Patrocínio: Petrobras
Realização: SESC São Paulo
Estreia Dia 7 de agosto – sexta-feira – às 21 horas
Teatro Sesc Anchieta - SESC Consolação – www.sescsp.org.br
Rua Dr. Vila Nova, 245 - Vila Buarque?SP – Tel: (11) 3234-3000
Temporada – sexta e sábado (21 horas) e domingo (19 horas) – Até 30/08/09
Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (estudantes, maiores de 60 anos, professores da rede pública usuário matriculado e dependentes) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes)
Duração: 1h45 Gênero: Drama - Desaconselhável para menores de 12 anos
Capacidade: 320 lugares - Bilheteria: 2ª a 6ª (12h às 22h), sáb (9h às 21h) e dom (14h às 19h) Aceita Cheque e todos os cartões - Ar condicionado e acesso universal - Ingressos nas Unidades do SESC e CineSESC – Não faz reservas
Não possui estacionamento.

*
*
*
*
*
*
*
*
Publicidade:


TREM DAS ONZE é destaque da exposição no Santana Parque Shopping > Até 16/8

Trem original da época, tema de um dos sambas mais paulistanos da história, é destaque de exposição no Santana Parque Shopping
Eternizado em 1964 pelo compositor paulista Adoniran Barbosa, o “Trem das Onze” tornou-se personagem principal de uma das músicas mais famosas da história de São Paulo. No Jaçanã, bairro citado pelo sambista na canção, de fato existiu uma estação que fazia parte da linha férrea da Cantareira e ligou o centro da cidade a Guarulhos por mais de 50 anos.

Implantado em 1893 para auxiliar na obra de um reservatório de água na região da Zona Norte, o Tramway da Cantareira tornou-se a grande atração das famílias paulistanas aos finais de semana, atraindo a todos por seu trajeto com belas paisagens. Durante anos, foi o mais importante meio de transporte de Santana e contribuiu de forma decisiva para o desenvolvimento da região. Foi desativado em julho de 1964, pouco antes do samba de Adoniran estourar.

Quem não viveu naquela época, mas tem curiosidade de ver de perto o famoso Trem das Onze, terá a oportunidade visitá-lo na exposição “Os Povos da Floresta Urbana da Cantareira”, no Santana Parque Shopping até o dia 16 de agosto. O Tramway original é o principal destaque da mostra, que conta a história da Serra da Cantareira, uma das maiores áreas verdes urbanas do mundo, e chama a atenção para importância de sua preservação.

Para relembrar:

Trem das Onze (Adoniran Barbosa)

Não posso ficar
Nem mais um minuto com você
Sinto muito amor
Mas não pode ser
Moro em Jaçanã
Se eu perder esse trem
Que sai agora às onze horas
Só amanhã de manhã
E além disso mulher
Tem outra coisa
Minha mãe não dorme
Enquanto eu não chegar
Sou filho único
Tenho minha casa pra olhar


SERVIÇO: Exposição "Os Povos da Floresta Urbana da Cantareira"
PERÍODO: De 22 de julho e 16 de agosto.
HORÁRIO: De segunda a domingo, das 10h às 22h.
LOCAL: Santana Parque Shopping - 1º Piso
EVENTO GRATUITO
ENDEREÇO: Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2.780 - Santana (Altura do nº 5.000 da Avenida Engenheiro Caetano Álvares)
INFORMAÇÕES: Tel.: (11) 2238-3002
SITE: http://www.santanaparqueshopping.com.br/
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Brasileiros podem reservar bilhetes de viagem pela internet

Brasileiros podem planejar, reservar e comprar bilhetes para viagens de “Volta-ao-Mundo” através da internet
A TAP é membro da Star Alliance desde 14 março de 2005

A Star Alliance melhorou o seu produto tarifário para viagens de “Volta-ao-Mundo” e tornou possível, a partir de agora, a aquisição destas passagens no site www.staralliance.com.

O novo Star Alliance Book e Fly permite aos clientes planejar, reservar e comprar bilhetes para viagens de “Volta-ao-Mundo” através da internet, 24 horas por dia, 365 dias por ano. Até agora, era apenas possível programar estas viagens através do site, mas as tarifas e a emissão de bilhetes teriam de ser tratados pelos call centers, lojas de vendas das companhias aéreas ou agentes de viagens. Além desta nova facilidade agora disponível no site, a aquisição dessas viagens continuará a ser possível através dos habituais canais de vendas.

"O Star Alliance Book e Fly transformou o nosso site num canal de vendas para viagens de “Volta-ao-Mundo”. Os clientes podem agora planejar, reservar e comprar através do site, conforme a sua conveniência", afirmou Christopher Korenke, vice -presidente comercial da Star Alliance. "Do ponto de vista tecnológico, a implementação de uma ferramenta automatizada para processar itinerários muito complexos é efetivamente uma novidade e uma melhoria assinalável."

Os clientes podem escolher entre um número ilimitado de opções ao planejarem uma viagem de “Volta-ao-Mundo” abrangendo múltiplas cidades na rede da Star Alliance. Por esse motivo, a ferramenta foi desenhada com o objetivo de ajudar o cliente a criar um roteiro de viagem que corresponda às suas necessidades específicas. O itinerário pode ser criado através da escolha da cidade pretendida ou clicando sobre os destinos exibidos num mapa-mundo interativo. Os destinos estão codificados por cores, para distinguir entre aqueles com oferta de vôos diretos e os outros apenas acessíveis através de vôos de ligação. Uma vez validado o itinerário construído, o sistema apresenta uma estimativa de tarifa para a classe de serviço selecionada na moeda do país de residência do cliente.

A opção de vôo para cada etapa da viagem incluem indicação da disponibilidade existente em tempo real. É também possível selecionar outros serviços adicionais, mediante a aplicação da respectiva sobretaxa.

Após a escolha de vôos para toda a viagem, é mostrado o preço final, incluindo todos os custos e taxas aplicáveis. O cliente pode então introduzir os dados pessoais necessários para a efetivação da reserva nos vôos pretendidos. Os bilhetes são pagos online, através de cartão de crédito, e o cliente recebe por e-mail o respectivo bilhete eletrônico. No caso de ser necessária mais alguma assistência, o cliente tem à sua disposição vários call centers espalhados por todo o mundo.

As viagens de “Volta-ao-Mundo” são um dos 12 produtos tarifários oferecidos pela Star Alliance. Comparativamente às passagens de ida simples ou de ida-e-volta, o produto tarifário da “Volta-ao-Mundo” tem preços muito atrativos. Os níveis tarifários são estabelecidos de acordo com a distância e a classe de serviço em que o passageiro voa.

Os clientes podem escolher entre três níveis de milhagem: 29.000; 34.000 ou 39.000 milhas. Esta tarifa está disponível para viagens em primeira classe, em executiva ou em classe econômica, sendo os bilhetes válidos por um ano. Além disso, a rede Star Alliance oferece também uma tarifa especial da “Volta-ao-Mundo”, disponível apenas para viagens em classe econômica, com um nível máximo de 26.000 milhas, que deve ser comprada sete dias antes da partida e permite três a cinco escalas.

A TAP é membro da Star Alliance desde 14 março de 2005, data em que celebrou também o seu 60º aniversário e atualmente é a companhia aérea com as melhores ligações entre o Brasil e a Europa, oferece mais de 60 freqüências semanais partindo de oito capitais brasileiras: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Natal, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo para a Europa.

Mais sobre a TAP:

A TAP é atualmente a companhia aérea com as melhores ligações entre o Brasil e a Europa, partindo de oito capitais brasileiras: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Natal, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo para Lisboa. A Companhia cobre atualmente 59 destinos em 26 países a nível mundial. Operando em média mais de 1.850 vôos por semana, a TAP dispõe de uma moderna frota de 53 aviões Airbus, aos quais acrescem mais 16 aviões ao serviço da PGA, adquirida em 2007, totalizando assim uma frota global de 69 aeronaves.

Call Center: 0300 210 6060
Site: http://www.flytap.com/

*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Novos projetos vão encantar os visitantes do Parque Villa- Lobos

Na tenda "Novidades no Parque" os freqüentadores poderão conferir as novas opções

A partir desta quinta-feira, 23.07, os freqüentadores do Parque Villa - Lobos poderão descobrir quais são as novidades implantadas pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SMA. O visitante poderá ir até a tenda "Novidades no Parque" e ver quais os novos projetos e as opções de lazer oferecidas no local.
Além disso, o Villa Ambiental, que integra o projeto Criança Ecológica da SMA, ficará aberto ao público em geral. O espaço se destaca por abordar todas as agendas ambientais - água, fauna, flora, poluição e aquecimento global - em atividades divertidas e educativas, informando para as crianças a importância de proteger o meio ambiente. No local a criançada aprende, por exemplo, a quantidade de água gasta nas atividades diárias, o habitat de diferentes animais, os problemas causados pela poluição, as mudanças no clima, tudo de maneira muito leve, parecendo brincadeira.
As visitas ao Villa Ambiental acontecem em sete horários durante o período diurno. O visitante deve retirar uma senha na tenda "Novidades no Parque" pelo menos 10 minutos antes do início do passeio. Na tenda também será possível assistir a uma animação do Projeto Criança Ecológica e conhecer toda a turma de defensores do meio ambiente. A tenda funcionará até dia 02.08.

Novidades do Parque
Ouvillas
Um espaço agradável, ao ar livre, e com música à vontade. Esse será o "Ouvillas", área do Parque onde as pessoas poderão sentar e relaxar em taludes e espreguiçadeiras ao som das obras de Heitor Villa-Lobos, compositor brasileiro que dá nome ao Parque. O repertório será cedido e selecionado pela Rádio Cultura.O "Ouvillas" está previsto para ser inaugurado em setembro de 2009.

Circuito das Árvores
Todos os visitantes do Parque Villa-Lobos terão o privilégio de andar junto com os pássaros ao conhecer o "Circuito das Árvores". A passarela elevada, que ficará em uma área próxima às quadras de tênis, chegará até 5 metros de altura, possibilitando a observação da fauna e flora que normalmente não vemos. As espécies de árvores e aves serão identificadas ao longo do caminho, que possuirá acesso para portadores de mobilidade reduzida. A inauguração do "Circuito das Árvores" está prevista para setembro de 2009.

Vai pela sombra
As árvores e plantas ajudam a manter o ambiente mais fresco e menos poluído. Com a intenção de permitir que os visitantes do Parque Villa-Lobos possam aproveitar mais a sombra e outros benefícios da vegetação, foi criada a trilha "Vai pela Sombra". A trilha é feita de pedriscos, uma boa opção para quem faz caminhada ou corre, pois reduz o impacto nas articulações. Pelo caminho placas indicativas mostrarão as principais espécies de flora presentes na trilha e suas origens. O "Vai pela Sombra" foi finalizado em janeiro de 2009.

Espaço Villa Ambiental
As crianças de 8 a 10 anos que visitam o Parque agora têm um lugar especial para aprender sobre o meio ambiente: o Villa Ambiental, um dos espaços do Criança Ecológica, projeto de educação ambiental da Secretaria Estadual do Meio Ambiente. As escolas podem participar agendando uma visita ao Villa Ambiental ou a um dos outros espaços do projeto - Verde Vivo, Bicho Legal, Água Amiga e Floresta Legal. Mais informações no site www.criancaecologica.sp.gov.br , ou pelo telefone (11) 3023-2229 / 0316. O Villa Ambiental foi inaugurado no dia 19 de março de 2009.

Orquidário Ruth Cardoso
As orquídeas possuem flores belas e delicadas que, com muito cuidado e um pouco de sorte, florescem uma vez ao ano. Os visitantes do Parque Villa-Lobos poderão acompanhar de perto as belezas dessa espécie com a inauguração do Orquidário Ruth Cardoso, que leva o nome da antropóloga como uma homenagem da SMA à ex-primeira dama. Com um belíssimo espelho d'água em volta, o Orquidário será a nova sede das oficinas de orquídeas, que ocorrem todos os meses no Parque, e oferecerá informações para os visitantes sobre os cuidados que devem ter com a planta. A inauguração do Orquidário Ruth Cardoso está prevista para novembro de 2009.

Coleta de Recicláveis
Com a idéia de possibilitar que todos cuidem melhor do meio ambiente, o Parque Villa-Lobos terá locais específicos para a coleta de recicláveis e óleo de cozinha usado. Os coletores ficarão em cada entrada do Parque para facilitar o acesso dos visitantes que desejarem fazer reciclagem, assim evitando que esse lixo polua as águas e o solo. Os cocos também contarão com uma maneira especial de serem descartados no Parque. Como uma brincadeira, basta colocar o coco no recipiente, começar a pedalar e ver o coco vazio fazer seu percurso até o lixo adequado. Todos os cocos jogados fora serão reciclados. A Coleta de Recicláveis está prevista para ser iniciada em outubro de 2009.

Centro de Referência em Educação Ambiental (CEREA)
A Educação Ambiental já pode ser considerada prioridade no Villa-Lobos. Além das atividades já desenvolvidas pelo Parque, ele terá também um Centro de Referência em Educação Ambiental - CEREA. Livros, revistas e DVDs sobre meio ambiente estarão disponíveis no novo espaço. O CEREA contará também com um anfiteatro para palestras e congressos, além de salas para reuniões e exposições. O ambiente de 3.150 m2 estará aberto ao público em geral para a realização de pesquisas e visitas. A inauguração do CEREA está prevista para abril de 2010.

Nova Sinalização
A identidade visual do Villa-Lobos será renovada e ampliada para dar conta de suas novidades. As indicações de quilometragem nas pistas de corrida e na ciclovia serão melhores enumeradas, facilitando a prática de esportes. Também passará a ser indicada uma área de Observatório de Pássaros, onde haverá placas mostrando as espécies de aves que podem ser vistas no Parque. A implantação da nova identidade visual do Parque está prevista para setembro de 2009.

Nova sede da Polícia Militar
A atual gestão da SMA viabilizou uma nova sede permanente para o efetivo de 160 homens da Polícia Militar. O espaço de 425 m2 está localizado entre as duas entradas principais da Av. Prof. Fonseca Rodrigues e possui salas para atendimento, cozinha, vestiário e até um minianfiteatro. A nova sede da Polícia Militar está prevista para ser inaugurada em agosto de 2009.

Nova sede da administração do Parque
A mais nova sede administrativa do Villa-Lobos ficará no espaço próximo à lanchonete, perto da entrada que dá acesso às quadras de tênis. Com 770 m2, a administração possuirá depósito, oficina, cozinha, refeitório e vestiário para funcionários do Parque. A nova administração será inaugurada em setembro de 2009.
**
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Alckmin vistoria obras da Escola Técnica de Heliópolis; aulas já começam em agosto

O secretário estadual de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, vistoriou nesta quarta-feira, 22 de julho, as obras de construção da Etec (Escola Técnica) de Heliópolis, na zona sul de São Paulo. A Etec está quase pronta. O Governo de São Paulo ofereceu 520 vagas no vestibulinho realizado em julho. As aulas já começam em agosto. O prefeito Gilberto Kassab também deverá participar da inspeção às obras.
A Etec de Heliópolis fica na estrada das Lágrimas, s/n, na altura da rua Luigi Alamini. A Prefeitura cedeu o terreno e coube ao Governo do Estado construir o estabelecimento de ensino. O projeto é do arquiteto Ruy Otake. As obras custaram R$ 9,5 milhões. A nova Etec tem 5.710 metros quadrados de área construída. Possui 21 salas de aula, 12 laboratórios, auditório e biblioteca. A unidade fará parte do Centro de Convivência de Heliópolis.
As 520 vagas abertas para este segundo semestre de 2009 pelo Centro Paula Souza, autarquia da Secretaria de Desenvolvimento, abrangem os cursos de Administração, Design de Interiores, Edificações, Informática, Nutrição e Dietética.
A partir do primeiro semestre de 2010, a Etec de Heliópolis também oferecerá 720 matrículas de ensino médio. O plano de expansão do Centro Paula Souza prevê 1.560 matrículas de ensino técnico na unidade em 18 meses. Com as 720 de ensino médio, serão 2.280 matrículas ao todo.
*
*
*
Publicidade:

FESTAS E EVENTOS:


LEMBRANCINHAS DE ANIVERSÁRIO, PASCOA, NATAL, ETC:
Imãs de geladeira, porta retratos, diplominhas...


RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS:
Removo manchas, marcas de expressão, sujeiras, fundos e pessoas. Restauro fotos antigas e faço montagens de fotos infantis para lembrancinhas de aniversário.


EDIÇÃO DE VÍDEOS PARA YOUTUBE E COMEMORAÇÕES
Edição de vídeos caseiros e montagem de vídeos com fotos para youtube ou apresentações em DVD.


www.kidbrinde.webnode.com.pt

domingo, 26 de julho de 2009

ADCOS LANÇA LINHA QUE AGE NAS CÉLULAS-TRONCO DA PELE E TRAZ O REJUVENESCIMENTO

Produtos revolucionários serão apresentados no 17º Congresso Científico Internacional de Estética, em São Paulo (6 a 9 de agosto)
*O envelhecimento cutâneo é caracterizado por várias modificações, entre elas a redução do número de células dérmicas e epidérmicas, que ocorre naturalmente com a idade. Isso afeta diretamente a capacidade de sustentação da pele, deixando-a desvitalizada.
Fruto de muita pesquisa e da mais alta tecnologia anti-aging, a Linha Cell Complex ADCOS, pioneira no mercado nacional, foi desenvolvida para combater o envelhecimento. Por meio do estímulo e proteção das células-tronco adultas, promove a reposição contínua das células da pele; o resultado é uma pele rejuvenescida, ou seja, mais luminosa, mais firme e com menos rugas.
*BIOTECNOLOGIA
Os princípios ativos que fazem parte da fórmula são:
1) Phycojuvenine® – Atua nas células-tronco adultas da derme, protegendo e restaurando sua capacidade de divisão e síntese de colágeno com a mesma intensidade de um tecido jovem;
2) Phycosaccharide® – Ativo derivado de biotecnologia marinha que estimula a capacidade de divisão das células tronco epidérmicas e reconstrói esta camada da pele, preenchendo e suavizando as rugas;
3) Extrato de Myrtus Communis - é um arbusto da região do Mar Mediterrâneo, que tem o poder de limitar o aparecimento dos sinais do envelhecimento, pois aumenta a produção das SIRTs, proteínas responsáveis pela longevidade e vitalidade das células;
4) THPE – Ativo de última geração, com ação comprovadamente firmante por meio do estímulo à contração de queratinócitos.
Estes ativos combinados promovem o repovoamento das células em áreas afetadas pelo envelhecimento, estimulando a produção de fibras de colágeno e elastina, aumentando a firmeza e reduzindo rugas. Atuam também na prevenção de novas linhas de expressão pois promovem a manutenção da densidade do tecido cutâneo.
A Adcos lança no Congresso Les Nouvelles uma linha eficaz e prática para o Tratamento Profissional, destinada a esteticistas e dermatologistas, e para o Tratamento Home Care – garantindo a continuidade dos resultados no uso diário, em casa.
*
Cell Complex Gel Creme Intensivo – R$147,00

promove revitalização global no conceito 3D: a pele é tratada em sua superfície, pela melhora do relevo cutâneo; em sua profundidade, pela nutrição e estimulação; e em volume, pela redensificação da derme, resultando em maior vitalidade e firmeza, com suavização de rugas.
*
*
*
Cell Complex Área dos Olhos – R$109,00
ultra concentrado para a delicada área ao redor dos olhos, onde as linhas de expressão são ainda mais evidentes, atenua sua profundidade e incrementa a firmeza pela ação do ativo THPE.

*
*
*
*
Serviço ADCOS:
SAC: 0800-722-1123
http://www.adcos.com.br/
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA PROFESSORES DE ESPANHOL NO CEL CATANDUVA

Aprovados começam a lecionar em agosto na unidade da Escola Estadual Barão do Rio Branco

O Centro de Estudos de Línguas (CEL) da Secretaria de Estado da Educação está com inscrições abertas até o dia 24 para professores de espanhol. Os interessados devem efetuar as inscrições na própria unidade, que fica na escola estadual Barão do Rio Branco, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30. Os aprovados devem começar a lecionar em agosto.
As aulas vão acontecer nos três períodos (manhã, tarde e noite) e também haverá turmas aos sábados. Os cursos do CEL têm duração de três anos, divididos em seis semestres. A unidade vai oferecer o curso gratuito aos alunos da rede, matriculados a partir da 6ª série do Ensino Fundamental.


Terceiro Idioma

O CEL é uma oportunidade para o estudante da rede aprender gratuitamente um terceiro idioma. O programa oferece curso de alemão, japonês, francês, espanhol e italiano. Todos os alunos da rede estadual já têm aulas de inglês na grade curricular. A Secretaria mantém 84 Centros de Estudos de Línguas (CELs) espalhados pelo Estado. Somente na Capital e Grande São Paulo são 35 unidades.
"O CEL proporciona aos alunos oportunidades de desenvolvimento e amplia as possibilidades de inserção no mercado de trabalho", afirma o secretário de Estado da Educação, Paulo Renato Souza.

Período de inscrição: até sexta-feira (24/7)
Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h30
Onde: Escola Estadual Barão do Rio Branco
Endereço: Praça Roosevelt, 143 - Centro - Catanduva
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

Rosa Chá liquida tudo pela metade do preço

Desde sexta-feira, 24 de julho, todas as lojas da grife no País estão queimando seus estoques da coleção inverno pela metade do preço.

Moda masculina, feminina, acessórios e moda praia – para quem quer curtir o verão mais temperado no Hemisfério Norte – estarão expostas nas vitrines das lojas da Rosa Chá de norte a sul do País até o dia 9 de agosto.
Vale lembrar que as peças femininas da marca ícone do “brazilian lifestyle” no mundo, trazem fortes referências que vão do samba, ao trabalho de Paul Poiret e Charles Rennie Mackintosh, artistas do século XIX com influências na art deco e art noveau, respectivamente.
Os looks serão vendidos em até 3 vezes sem juros no cheque ou nos cartões Visa, Master, Dinners e Amex. Veja os endereços das lojas no http://www.rosacha.com.br/


Confira algumas opções!1) Macaquinho de seda
De R$ 990,00 por R$ 495,00

2) Jaqueta de plush dupla face
De R$ 549,00 por R$ 274,50

3) Calça de Plush
De: R$ 288,00 por R$ 144,00

*
*
*
*
*
*
*
*
Publicidade:

FESTAS E EVENTOS:


LEMBRANCINHAS DE ANIVERSÁRIO, PASCOA, NATAL, ETC:
Imãs de geladeira, porta retratos, diplominhas...


RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS:
Removo manchas, marcas de expressão, sujeiras, fundos e pessoas. Restauro fotos antigas e faço montagens de fotos infantis para lembrancinhas de aniversário.


EDIÇÃO DE VÍDEOS PARA YOUTUBE E COMEMORAÇÕES
Edição de vídeos caseiros e montagem de vídeos com fotos para youtube ou apresentações em DVD.


www.kidbrinde.webnode.com.pt