domingo, 24 de maio de 2009

Serra e Kassab abrem XIX Congresso Mundial de Otorrinolaringologia

Transplante de laringe, mapeamento genético da audição e controle da labirintite estão entre os destaques do evento
O governador de São Paulo, José Serra, o prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab, e o Ministro da Educação Fernando Haddad abrem oficialmente no dia 1º de junho, no Anhembi, em São Paulo/SP, o XIX Congresso Mundial de Otorrinolaringologia da IFOS (International Federation of Otorhinolaryngological Societies), realizado pela primeira vez no Brasil e organizado pela ABORL-CCF (Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial). O Congresso vai reunir durante cinco dias (1º a 5 de junho) mais de 6 mil congressistas, sendo 2 mil estrangeiros de 80 países, e uma grade de palestras recheada de temas de interesse publico que poderão ser grandes ícones da medicina mundial num futuro muito próximo. Temas como Sinuplastia (nova cirurgia para tratamento da sinusite), uso de células-tronco para reabilitação auditiva, mapeamento genético da audição, aparelhos de audição implantáveis, as novidades quanto ao transplante de laringe, o método de realidade virtual para controle da labirintite e os aspectos trabalhistas e epidemiológicos da disfonia relacionada com os profissionais da voz são só alguns dos destaques do Congresso.

 O presidente do XIX Congresso Mundial, o otorrinolaringologista Dr. Paulo Pontes, diz que o trabalho para organizar um evento desse porte e com tanto conteúdo foi extenso. "Foram quinze anos de trabalho, sendo que nos dois últimos foram feitos contatos com os especialistas do mundo inteiro. Precisamos agradecer, também, o apoio governamental, especialmente do prefeito de São Paulo, que nos facilitou todos os trâmites oficiais", diz Pontes. A emancipação da especialidade médica, bem como a importância dela para a medicina, também são comentadas pelo presidente. "A Otorrinolaringologia vem se tornando a especialidade de maior ligação com as outras áreas, o que exige do médico grandes conhecimentos de clínica médica e treinamento cirúrgico nas diversas técnicas, que não tem paralelo em qualquer outra área de especialidade", comenta.
Secretário geral do Congresso e Presidente da ABORL-CCF, Dr. Ricardo Bento diz que o Brasil estará definitivamente no mapa da ORL mundial após este evento. "O XIX Congresso Mundial será a projeção da ORL brasileira para o mundo. O momento do Brasil se colocar cientificamente e politicamente entre os líderes da ORL mundial", diz.Além de conhecimento, o Congresso terá uma grande festa chamada "Brazil Tropical", no dia 4 de junho, repleta de música, samba e muitas surpresas. Até samba-enredo foi feito para que os gringos caiam no samba na capital paulista, que será por uma semana a capital mundial da Otorrinolaringologia.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt